R. Thomaz SÚmula descritiva



Baixar 18.92 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho18.92 Kb.
História, Cultura e Civilização da Índia I
Docente: Luís Filipe F. R. Thomaz

SÚMULA DESCRITIVA
Chamou alguém à Índia “a Grécia da Ásia” e, até certo ponto, o paralelo tem razão de ser, quer pela originalidade e pujância da sua cultura, quer pela extensão que, tanto no espaço como no tempo, alcançou a sua irradiação cultural. Através do budismo, nascido em solo indiano, o seu legado perpetua-se até nossos dias não só em Ceilão e na Península Indochinesa, mas também no Tibet, na Ásia Central, na China e no Japão; e mesmo em países islamizados como a Malásia e a Indonésia é ainda hoje visível a herança cultural indiana, nomeadamente na literatura e nas artes. Graças à abundância de documentos, a história religiosa e cultural da Índia pode ser seguida a pari passu desde c. 2000 A. C., época de que datam os mais antigos hinos vêdicos. O mesmo se não pode dizer da sua história social e económica, assaz obscura, sobretudo nos primeiros tempos, devido à escassez de testemunhos. A história política é-nos mais bem conhecida, quanto mais não seja através da epigrafia; mas devido ao seu carácter imbricado, por seu turno decorrente da instabilidade das dinastias e da indefinição das suseranias, torna-se enfadonha e confusa, pelo que, num curso de iniciação, não há que insistir demasiadamente sobre ela. O programa incide assim sobretudo sobre a história cultural; mas ao contrário do que fazem a maior parte dos manuais de história e civilização indiana — que, renunciando a colocar no seu contexto histórico os factos culturais, tratam separadamente da história, da religião, da arte, da filosofia, da literatura, etc. — tenta, na esteira dos trabalhos de Romila Thapar, dar uma visão integrada da evolução cultural da Índia por períodos, de modo a dar a entender que a Índia, longe de ser uma espécie de entidade imutável, perpetuamente igual a si mesma, tem, como o resto do mundo, uma história, em que os fenómenos culturais só se tornam inteligíveis no seu contexto político, social e económico.

PROGRAMA
1. Introdução: a terra e a gente

  • A Ásia; a Índia na Ásia e no Oceano Índico.

  • O sub-continente indiano; suas características.

  • A população: distribuição, tipos físicos e grupos linguísticos.

2. A civilização do Vale do Indo

  • A Origem da civilização do Vale do Indo

  • Caracteres da civilização do Vale do Indo

  • Difusão, declínio da civilização do Indo; sua herança

3. A época vêdica.

  • A invasão ariana (2º milénio a.C.)

  • A civilização dos arianos na época vêdica

  • Os Vedas e a religião vêdica

  • As upanixades e o nascimento da filosofia

4. A crise da civilização bramânica e as grandes heresias (séc. VII-IV a.C.)

5. O período proto-clássico: o primeiro império e as invasões.

  • Conquistas persas e macedónias.

  • Os Mauryas e a primeira unificação da Índia

  • A época das invasões: indo-gregos, citas, partos e tokhares; a dinastia Cuxana.

  • O despertar da Índia meridional; a civilização dravídica.

  • A literatura do período protoclássico

  • O budismo Mahâyâna

  • A arte indiana no período protoclássico; as diferentes escolas.

6. O período clássico: dos Guptas a Harxa

  • O desenvolvimento do comércio e o apogeu da classe mercantil.

  • A evolução política

  • A literatura no período clássico: o kâvya

  • A evolução religiosa: a formação do hinduísmo

  • A filosofia: os seis sistemas clássicos

  • A arte no período clássico

7. O período pós-clássico (época medieval)

  • A desagregação do poder político, a ruralização e a feudalização da sociedade

  • Principais dinastias do Norte e do Sul.

  • A evolução religiosa: xivaísmo e vixnuísmo; tantrismo; decadência do budismo.

  • A literatura em sânscrito e em vernáculo.

  • As ciências. A arte. A música.

8. A sociedade hindu

  • A família, o clã e a aldeia.

  • O sistema das castas.

  • O regímen fundiário; o problema do feudalismo.

  • A realeza e o estado



BIBLIOGRAFIA ESSENCIAL


  • Romila Thapar, The Penguin History of Early India - From the Origins to AD 1300, Penguin Books, Nova Delhi, 2003.

  • Louis Renou & Jean Filliozat, L’Inde Classique – Manuel des Études Indiennes, 2 vols., 2ª ed., Librairie d’Amérique et d’Orient Adrien Maisonneuve /École Française d’Extrême Orient, Paris, 1985.

  • L. Basham, The Wonder that was India – A survey of the history of culture of the Indian sub-continent before the coming of the Muslims, Fontana-Collins, s/l, 1954 (numerosas reimpressões).

  • P. Masson-Oursel, H. De William-Grabowska, Philippe Stern, L’Inde antique et la civilization indiene (col. “L’evolution de l’humanité”), 1951.

  • Pandurang Vaman Kane, History of Dharmasastra (ancient and medieval religious and civil law),5 vols., Bhandarkar Oriental Research Institute, Puna 1930-1962.

  • Romila Thapar, Cultural Pasts - Essays in Early Indian History, Oxford University Press, Nova Delhi, 2003.

  • Jeannine Auboyer, A vida quotidiana na Índia, desde o séc. II a.C. até ao séc. VII d.C., ed. “Livros do Brasil”, Lisboa, s/d.

  • G. T. Garratt, The legacy of India, Clarendon Press, Oxford, 1937. (Trad. espanhola, El legado de la India, ed. Pegaso).

  • Damodar D. Kosambi, The culture and civilization of ancient India. (Trad. francesa: Culture et Civilisation de l’Inde Ancienne, François Maspero, Paris, 1970).

  • L. Basham (ed.), A cultural history of India,Oxford University Press, Nova Delhi, 1975.

  • Vincent Smith, The Oxford history of India, Clarendon Press, Oxford, 1958.

  • S. Radhakrishnan, Indian Philosophy, 2 vols., George Allen & Unwin Ltd., Londres, 1948.

  • Albert Schweitzer, Les grand penseurs de l’Inde, ed. Payot, Paris, 1956.

  • Jeannine Aboyer, Arts, styles de l’Inde, col. “Arts, styles et techniques”, ed. Larousse, Paris, 1951.

  • Louis Renou, Les litteratures de l’Inde, col. “Que sais-je ?”, PUF, Paris, 1966.

  • Louis Renou, L’Hindouisme, idem, 1966.

  • Jean Filliozat, Les philosophies de l’Inde, idem, 1970.

  • Henri Arvon, Le Bouddhisme, idem, 1951.

  • François Duran-Dastés, Geographie de l’Inde, idem, 1981.

  • Louis Dumont, Homo Hierarchicus – Le système des castes et ses implications, Éd. Gallimard, Paris, 1966.

Catálogo: site -> resources -> documents -> IEO -> Mestrado%20Estudos%20Orientais
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Actividades anteriores e situação actual
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Civilizações da América Pré-Colombina II docente: Miguel Conde programa
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> História, Cultura e Civilização do Sueste Asiático II docente: Paulo Jorge de Sousa Pinto SÚmula descritiva
Mestrado%20Estudos%20Orientais -> Habilitações académicas


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal