Rainha e princesa afro



Baixar 19.89 Kb.
Encontro26.07.2016
Tamanho19.89 Kb.
PREFEITURA MUNCIPAL DE IÇARA

FUNDAÇÃO CULTURAL DE IÇARA

REGULAMENTO DO CONCURSO “RAINHA E PRINCESA AFRO”

DA PROMOÇÃO:

O presente regulamento tem por finalidade disciplinar as regras da eleição e mandato da Rainha e Princesa Afro.

O Concurso “Rainha e Princesa Afro” tem como objetivo divulgar e promover o nome da cidade de Içara, em eventos da Cultura Afro dentro e fora do município, através da escolha de uma rainha e uma princesa.

O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Içara, por meio da Fundação Cultural.



DAS INSCRIÇÕES:

Art. 1º - Para inscrever-se no concurso “Rainha e Princesa Afro”, as candidatas deverão preencher os seguintes requisitos:

I- Ser solteira;

II- Residir no município de Içara;

III- Ter idade entre 14 (quatorze) e 21 (vinte e um) anos, comprovada através do documento de identidade ou certidão de nascimento;

IV – A candidata deverá ser afrodescendente;

V- Não ter sido eleita rainha ou princesa entre 2010 (dois mil e dez) a 2013 (dois mil e treze);

VI- Caso seja eleita não poderá pertencer a outro concurso durante seu mandato.

Art. 2º A inscrição será gratuita e deverá ser requerida mediante preenchimento e assinatura de ficha de inscrição. Em caso da candidata ser menor de idade, os pais devem assinar, juntamente com a candidata, o termo de responsabilidade, dentre outros documentos citados no presente regulamento. As fichas de inscrição e os documentos deverão ser entregues na Fundação Cultural entre os dias 03(três) a 09 (nove) de abril de 2014 (dois mil e quatorze).

Art.3º- No ato da inscrição, a candidata deverá fornecer 1 (uma) fotografia atual, tamanho 10X15, para fins de identificação e divulgação, ficha de inscrição, termo de compromisso assinado pela candidata e/ou responsáveis, cópia de identidade ou certidão de nascimento, comprovante de residência e a autorização para uso gratuito de imagem devidamente assinadas.

Art.4º – Serão de responsabilidade das candidatas os dados informados na ficha de inscrição;

Art.5º – A organização do evento reserva-se o direito de não devolver a cópia do documento de identidade, bem como a foto entregue com o requerimento de inscrição e autorização para uso de imagem.



DO CONCURSO:

Art.6º - O concurso “Rainha e Princesas Afro”, acontecerá no dia 10 (dez) de abril de 2014(dois mil e quatorze), no auditório da Cooperaliança, às 19h (dezenove horas). A candidata deverá estar no local com antecedência de 30 (trinta) minutos, sob pena de serem descontados pontos em sua avaliação, a critério da Comissão organizadora:

Art.7 º - As candidatas deverão desfilar vestindo calça jeans e baby look branca.O desfile será individual, durante o desfile os jurados deverão fazer perguntas às candidatas que após serem respondidas receberão pontuação no quesito simpatia e comunicação.

Art 8º - A maquiagem, calçado e o cabelo ficam a critério das candidatas.



DA CAPACITAÇÃO:

Art. 9º - As eleitas deverão participar de capacitação oferecida pela comissão organizadora, referentes aos seguintes itens: postura, pontualidade, disponibilidade e orientação quanto ao comportamento durante o reinado nos eventos solicitados.



DO JULGAMENTO:

Art.10º - O sistema de escolha aos títulos de RAINHA E PRINCESA AFRO é estabelecido pela comissão organizadora.

Art.11º - Para o julgamento das candidatas, serão levados em consideração, pelos jurados, os seguintes requisitos:


  1. Harmonia física e beleza;

  2. Elegância e desembaraço: postura, charme, graça, encanto, delicadeza e desenvoltura no desfile;

  3. Simpatia e comunicação.

Art.12º- Não caberá qualquer espécie de recurso ou contestação à decisão dos jurados, estando as notas com respectivas assinaturas dos jurados, à disposição da comissão organizadora, para cômputo das notas.

DO MANDATO

Art.13º - O Mandato da Rainha e Princesa Afro iniciará na solenidade de coroação com término na data do próximo concurso, ato em que irão transferir às suas sucessoras eleitas, o título e a representatividade oficial do cargo.

Art.14º - As eleitas deverão obrigatoriamente se disponibilizar em representar a cidade de Içara em qualquer evento solicitado (dentro e fora do município), agendado com antecedência pela equipe da Fundação Cultural de Içara, portando traje típico e as respectivas faixas e coroas.

Art. 15º - Quando em exercício de suas funções ou fora delas, as eleitas deverão manter uma conduta social de alto nível, não denegrindo a imagem da Cidade de Içara.

Art. 16º - Quando as eleitas estiverem em uso da faixa, não será permitido ingerir bebidas alcoólicas, fumar e mascar chicletes.

Art. 17º - A Rainha e princesas eleitas comprometem-se a estarem presentes no concurso que elegerá as suas sucessoras com a finalidade de se despedirem do reinado e passarem as respectivas faixas e coroas, momento este em que a RAINHA fará seu discurso de despedida.

Art. 18º - As despesas de cabelereiro e maquiagem para as eleitas serão por conta das mesmas, fica a cargo da Fundação Cultural de Içara o Transporte e alimentação durante os eventos em que fizerem representação da cidade de Içara, dentro e fora do município.

Art. 19 º - Em caso de impedimento no exercício das tarefas acima designadas, ainda que por motivo de força maior, a segunda colocada no concurso poderá assumir a função de rainha, para aquele evento específico, se assim decidir a Fundação Cultural de Içara.

Art.20 º - É obrigatória a presença nos eventos de divulgação da Festa da Cultura Afro, bem como nos dois dias de festa que acontecerá no mês de maio de 2014 (dois mil e quatorze), na Praça da Matriz São Donato, de Içara - SC.

Art. 21 º - Em caso de renúncia ou descumprimento, por parte das eleitas, de quaisquer dos deveres a elas atribuídos, bem como, o não atendimento às normas estabelecidas neste regulamento poderá perder o respectivo título com a consequente devolução de coroa e/ou faixa e traje, inclusive perecendo o direito ao prêmio que fazia jus.

Art.22 º - O mandato renunciado ou destituído se fará de forma irreversível, bem como o direito de recebimento de qualquer indenização, seja qual título for, que passará a ser exercido pela respectiva substituta.

DOS TRAJES

Art. 23º - Durante o mandato as eleitas usarão trajes, cedidos pela Fundação Cultural, que deverão permanecer consigo durante o mandato e se responsabilizarão por qualquer dano causado aos trajes com imediata reposição. Após término do mandato o traje deverá ser entregue na Fundação Cultural de Içara. A faixa e as coroas permanecerão com as eleitas, mesmo depois do fim do mandato.

Art.24º - O ajuste dos trajes, se necessário, será por conta da Fundação Cultural de Içara.

DA PREMIAÇÃO

Art.25º - A premiação será em forma de presentes doados por parceiros do evento e entregues no momento da coroação das eleitas.



DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 26º - As eleitas não poderão usar os títulos para fins artísticos, publicitários, entre outros, sem a prévia autorização da Fundação Cultural de Içara.

Art.27 º – Qualquer alteração ou desistência da candidata deverá ser comunicado por escrito, bem como a entrega do traje para a Fundação Cultural de Içara.

Art.28º - Quaisquer esclarecimentos ou informações adicionais que se fizerem necessários deverão ser solicitados pelos telefones (48) 34320712 – Fundação Cultural de Içara.

Art.29º – Os casos omissos e demais situações deste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

Parágrafo Único – Das decisões da Comissão organizadora, não caberão recursos.

Içara (SC), 02 de abril de 2014

Comissão Organizadora:

Eliana Jucoski Monteiro

Elisangela da Silva Machieski

João Gabriel da Rosa



Luana Wassileski Mendes

Sanete Monteiro Dagostin


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal