Relato de experiência biblioteca todos os dias: o lúdico no cotidiano da biblioteca escolar thiago de mello



Baixar 29.08 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho29.08 Kb.


RELATO DE EXPERIÊNCIA

BIBLIOTECA TODOS OS DIAS: O LÚDICO NO COTIDIANO DA BIBLIOTECA ESCOLAR THIAGO DE MELLO

Suzilene Marques da Silva*



1 INTRODUÇÃO

As bibliotecas escolares, de um modo geral, são pouco atrativas e não oferecem atividades dinâmicas, interessantes e prazerosas aos alunos, com isto deixa de cumprir com uma das funções da Biblioteca Escolar que, entre outras, é incentivar o educando a pensar de forma crítica, reflexiva e criadora. A biblioteca escolar, muitas das vezes, não passa de depósitos de livros, os alunos quando a frequentam, utilizam apenas para reproduzir o que lêem nos livros ou na internet, sendo apenas sujeitos passivos da educação. A Biblioteca da Escola Aristóteles Comte de Alencar, localizada na Zona Leste de Manaus, periferia da cidade, atende as série do 1° ao 9° ano do ensino fundamental, encontrava-se dentro deste contexto. Além de não haver interesse por parte dos alunos em utilizar este espaço, a qualidade de leitura, interpretação e produção de textos era reflexo no Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb) da escola . Tendo em vista esta problemática, em maio de 2012 foi criado o projeto “Biblioteca Todos os Dias” o qual apresentava como proposta transformar a biblioteca em um ambiente convidativo, atraente e local para troca de experiências com a utilização de diversos recursos de informação. O objetivo era tornar a biblioteca escolar em um espaço atraente e dinâmico que promovesse atividades lúdicas e despertasse por meio destas o interesse pela utilização frequente da biblioteca, incentivar à leitura, além de estimular o senso crítico, reflexivo e a capacidade de criar dos alunos. Teria ainda que cumprir com o seu papel tradicional que é servir de apoio à construção do conhecimento e suporte à pesquisa.



2 ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO, SERVIÇOS, ATIVIDADES E MARKETING DA BIBLIOTECA ESCOLAR THIAGO DE MELLO
Para que a biblioteca atendesse o primeiro item do seu objetivo que era tornar o espaço atraente, foi realizado uma pesquisa sobre as necessidades da comunidade escolar (professores, alunos, gestão, pedagogos), isto é, deveria atender os interesses da escola como um todo, logo, tornou-se fundamental a participação da bibliotecária nos planejamentos pedagógicos e a necessidade de pesquisa de opinião junto aos alunos. A biblioteca como parte integrante da escola passou a tomar a sua parcela de participação no processo de ensino-aprendizagem dos alunos e nas tomadas de decisões.
2.1 Cantinho da leitura e Clube de Cinema

Após o planejamento curricular junto aos professores houve a necessidade de realizar uma pesquisa de opinião para identificar os interesses dos alunos como: que tipo de tecnologia utilizam, redes sociais, estilos de músicas que costumam ouvir, etc. Tendo em mãos as respostas, foi necessário preparar o espaço e as atividades por assunto e série escolar. Vale ressaltar que a escola atende publico infantil e infantojuvenil, portanto gostos e interesses diversificado o que aumentava o desafio para alcançar os objetivos propostos pela biblioteca.

O “Cantinho da Leitura e Clube de Cinema” foram os espaços criados para atender os interesses dos alunos, logo as atividades foram preparadas para serem realizadas nestes espaços com a utilização dos recursos disponíveis na escola.

A Biblioteca decorou um espaço com o chamado “Cantinho da leitura”, neste local foi colocado carpete emborrachado com almofadas coloridas, livros infantis, gibis e jogos lúdicos ao alcance das crianças. O publico alvo era as turmas do 1° ao 4°ano. O “Clube de Cinema” foi criado para atender as séries do 5° ao 9° ano. No espaço foi colocado um informativo da programação semanal com tipo de material que seria usado, assunto e público alvo. É válido informar que todo acervo deveria estar dentro do contexto curricular da escola. Desta forma, foi montado um acervo multimídia com: filmes, documentários, músicas, etc. com atividades classificadas por assunto e ano.




2.2 Serviços e Atividades da Biblioteca

a) Atendimento de consulta e empréstimos

A Biblioteca presta os serviços de consulta, empréstimos e orientação à pesquisa. Atende o publico interno e externo.


b) Hora do Conto: Esta atividade é realizada com as turmas do 1° ao 4 ano. É dividida em 3 fases: Contação de história, sondagem no qual é verificado o entendimento dos alunos quanto a obra, nesta fase é feita algumas perguntas quanto a obra e autor, e a 3 fase se refere no momento da ludicidade no qual as crianças por meio de jogos e brincadeiras aprendem diversos assuntos que vai desde comportamento, cidadania, vocabulário, formação de palavras, etc.
c) Clube de Leitura

O clube de leitura reúne alunos que já possuem interesse na leitura. Para regra de inscrição no clube, o aluno deverá levar no primeiro dia um colega da escola ou comunidade para participar do encontro. No clube de leitura cada aluno fala do seu livro preferido, é realizado leituras em grupos. Debates sobre o que o autor fala no livro, moral da história, etc. Os alunos do clube de leitura também tem a oportunidade de ver o filme da obra, quando existe, dessa forma o debate literário melhora de forma significativa, levando o aluno a observar as diferenças da obra impressa para o vídeo, se houver, expor sua opinião crítica a respeito.

Os participantes fazem um resumo da obra que leram as quais são impressos cópias e distribuídas para os colegas. Também existe empréstimos de livros entre os colegas do clube, quando a biblioteca não possui o acervo.

Todos os alunos possuem uma identificação do clube e uma ficha literária contendo informações: nome, data de inscrição, freqüência, obra que leu e resumos que apresentou.

O Clube premia aquele aluno assíduo e que mais resumos entregou. Vale ressaltar que não existe uma obrigatoriedade em participar do clube.

Os cartões com resumos dos livros são expostos na biblioteca com fácil acesso e a vista de todos.




d) Encontro com o autor

O Encontro com o autor é realizado pelo menos duas vezes ao ano. A Escola trabalha com as turmas obras de autores regionais por um certo período, posteriormente é realizada uma culminância onde os alunos tem a oportunidade de conhecer o autor e tirar dúvidas sobre as obras e biografia.


e) Oficina de Produção de textos

As oficinas de produção de textos tem como público alvo turmas do 5º ao 9º ano. Durante as oficinas os alunos aprendem técnicas de produção de texto. As oficinas acontecem uma vez a cada bimestre, isto é, 4 vezes ao ano.


f) Clube de Cinema

O clube de cinema foi criado para atender o público infantojuvenil, turmas do 5º ao 9º ano. Neste espaço são utilizados recursos de mídias (DVD, CD-ROM), internet e impressos que servem de complemento para as atividades ministradas neste espaço. As atividades estão relacionadas com assuntos já vistos em sala de aula : História, Geografia, Língua Portuguesa, Ciências e também assuntos relacionados a atualidades. Acontece da seguinte forma:



  1. É apresentado o assunto para as turmas

  2. Todos devem falar o que pensam a respeito do assunto

  3. É apresentado a mídia: música, filme, documentário, relato, etc conforme descrito na atividade.

  4. Após a apresentação da mídia a turma é divida em grupos. Para cada grupo é dado um material que devem ler e comparar com a mídia. Devem também apresentar como exemplo algo que acontece no seu cotidiano.

  5. Dependendo da atividade, os alunos são orientados a fazer uma pesquisa de campo sobre o assunto discutido.

  6. Diferente do Clube de Leitura, é obrigatória a participação de todos os alunos do 5º ao 9º ano participar do Clube do Cinema.

2.3 Marketing Interno da Biblioteca

Para que houvesse conhecimento de todos os membros da escola sobre os serviços, atividades e eventos que a biblioteca iria promover, bem como as obrigações dos futuros usuários, foi realizado o Marketing da Biblioteca Escolar durante o período que antecedeu o início das atividades na biblioteca. Neste período houve o envolvimento de toda a comunidade escolar incluindo os pais dos alunos, os quais também foram envolvidos no processo de eleição para o nome da Biblioteca, através do voto e alertados sobre a sua importância da família para o novo projeto da escola e para alcançar os resultados almejados.



3 O COTIDIANO NA BIBLIOTECA ESCOLAR THIAGO DE MELLO

Do início da implantação do projeto “Biblioteca todos os dias” até o presente momento ocorreu uma mudança no “olhar” dos alunos para o espaço. O local que era pouco utilizado passou ser freqüentado por toda a comunidade escolar. O cantinho da leitura, criado inicialmente para atender o público infantil também agradou o público juvenil do 5º ao 9º ano do turno vespertino, os quais se reúnem para deitar, ler um gibi, conversar, durante o horário do recreio. As inscrições para as atividades extras no Clube de cinema encerram no mesmo dia. O fluxo de visitas à biblioteca aumentou consideravelmente em cada bimestre, o que pode ser observado nos registros estatísticos da mesma.

Segundo os professores, as atividades realizadas na biblioteca contribuíram muito para o desenvolvimento do ensino-aprendizagem a alcançou as suas expectativas.

O Clube de Leitura que iniciou com apenas 6 alunos, no término do ano letivo de 2012 já contava com 25 alunos inscritos. Tais alunos, assíduos, passaram a ser chamados de “Mediadores da Leitura” e a participar como colaboradores nas atividades desenvolvidas no projeto.



A biblioteca passou a ser palco de encontro e debates com temas diversificados, encontro com autores regionais, local de produção e realização de oficinas de textos, clube de cinema, entre outros.

4 RESULTADO
O projeto ‘Biblioteca Todos os Dias” conseguiu contribuir para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos e envolver toda a comunidade escolar na rotina de suas atividades e eventos. Podemos considerar que atingiu com os seus objetivos que entre eles é tornar a biblioteca um espaço atrativo e dinâmico onde ocorre debates, discursos, oficinas, encontros entre leitores e autores. Mais que isso, formou cidadãos capazes de criar, refletir e participar das decisões da escola.
Em 2012 o projeto foi notícia na Rede Amazônica de televisão, filiada da rede globo, onde apresentou as iniciativas promovidas com o projeto e os seus resultados. No mesmo ano o projeto foi apresentado no Seminário de Pesquisa em Educação promovido pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Manaus e Encontro de Estudantes de Pedagogia na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Em Outubro de 2013, durante um evento na Escola Aristóteles Comte de Alencar, a Bibliotecária, autora do projeto, foi premiada com ‘Menção de Destaque e Honra ao Mérito” pela “II Campanha de Dinamização e valorização da Biblioteca Escolar” promovido pela SEMED.


*Bibliotecária, graduada pela Universidade Federal do Pará, especialista em Gestão da Tecnologia da Informação<>


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal