Requerimento nº 3514, de 2005



Baixar 16.37 Kb.
Encontro23.07.2016
Tamanho16.37 Kb.

REQUERIMENTO Nº 3514 , DE 2005





Requeiro, nos termos do artigo 165, inciso VIII da XII Consolidação do Regimento Interno, que se registre nos anais desta Casa um voto de congratulações com toda a Diretoria, Jornalistas e Funcionários da “TV Rio Claro - TVRC”, do município de Rio Claro, pela sua importante contribuição nestes 15 anos de existência.

Requeiro, ainda, que desta manifestação dê-se ciência à diretoria daquela emissora.




JUSTIFICATIVA

Inaugurada em 7 de setembro de 1990, a TV Rio Claro (TVRC) é uma emissora educativa, sediada na cidade de Rio Claro, a 173 km da capital paulista. A história da TV Rio Claro pode ser dividida em duas etapas: a primeira entre 1990 e 1996 e a segunda de 1996 em diante. O marco se dá quando os missionários Claretianos assumiram a administração da Sociedade Rioclarense de Ensino que englobava as Faculdades Unidas de Rio Claro, o Colégio Integrado e a própria TV Rio Claro.

No início a programação local estava centrada no jornalismo e em programas esportivos. Destaca-se a exibição de jogos do Velo Clube e do basquete rioclarense, que viveu seu auge na primeira metade da década de 90. Por ocasião da eleição municipal em 1992, a TVRC lançou mão de um projeto ousado: a realização de um debate eleitoral envolvendo os quatro candidatos a prefeito na época. Apesar da pouca estrutura e recursos, o resultado foi positivo. Neste período, destacam-se profissionais como Edson Moraes, Irineu de Castro, Elaine Knothe, Néa Rocha, Moacir Martins, Santoro Filho, José Edmundo Silva, João Carlos Picolin, Renata Hebling, Silvia Venturoli, entre outros, responsáveis pelos programas da emissora, além do visionário Aldo Zotarelli Jr., responsável por conseguir a concessão da emissora e administrá-la ao lado de Ailton Nunes nos primeiros anos da TV Rio Claro.

A partir de janeiro de 1996, os Missionários Claretianos assumiram a Sociedade Rioclarense de Ensino e a TVRC ampliou sua grade de programação própria, mas com o foco voltado para o noticiário local. Já em 1996, por determinação da Justiça Eleitoral, a TVRC exibiu o horário eleitoral gratuito com os candidatos a prefeito e a vereadores da cidade. Também promoveu debates eleitorais envolvendo os seis candidatos a prefeito e o resultado foi decisivo para o processo eleitoral no município. A TVRC entrava definitivamente no cenário jornalístico de Rio Claro e de sua micro região, cumprindo o papel de informar a comunidade e promover debates sobre as temáticas pertinentes à população.

Este avanço se concretizou com a implantação de um programa semanal chamado “E Agora?”, que trazia convidados para discutir assuntos importantes da semana. Transmitido ao vivo, o programa tinha a participação da população que fazia perguntas pelo telefone a fim de esclarecer suas dúvidas. Além do incremento do jornalismo, a TVRC passou a exibir o programa “Momentos de Reflexão”. Pautado pelo espírito missionário dos Claretianos, o programa tinha a perspectiva evangelizadora, apresentando o evangelho do dia e promovendo sorteio de Bíblias entre os aniversariantes da semana.

Logo vieram outros programas que marcaram o seu tempo na TVRC. Entre eles destacam-se o “In Foco” (programa de variedades com a cobertura dos eventos sociais da cidade e da região); “Nos caminhos de Jesus” (programa na Renovação Carismática Católica, produzido pela TV Canção Nova); “TV Esporte” (com a cobertura total do esporte profissional e amador da cidade); “Edson Moraes Convida” e “Sérgio Santoro, Talk Show” (programas de entrevista); e a “Santa Missa” (semanalmente, a apresentação da celebração eucarística em uma comunidade do município); entre outros. A TVRC também produziu diversos programas especiais, como o “Ensaio Geral” (com a cobertura dos bastidores do carnaval pré-desfile) e a cobertura dos desfiles das escolas de samba de Rio Claro (ao vivo), de Santa Gertrudes e dos salões da cidade; o “Repórter Especial” (documentários sobre importantes temas gerais que influenciavam diretamente a cidade e a micro-região) e a cobertura das eleições municipais, estaduais e federais (ao vivo), com destaque para os anos de 1996, 2000 e 2004 (eleições municipais).

Entretanto, como a emissora se caracterizou durante sua vida como uma televisão voltada às informações locais, preocupada com o debate de importantes temas e com o espírito cristão, o próprio jornalismo da TVRC ganhou características próprias. Além da tradicional previsão do tempo, os telejornais da emissora abriram espaço para participações especiais nas áreas de cultura, direito trabalhista, educação, voluntariado, política, entre outros temas. Além disso, em 1998 a TVRC lançou o telejornal Linha Direta, mais uma alternativa para que a população pudesse expressar sua opinião sobre temas importantes. Transmitido ao vivo, o telejornal apresenta as principais notícias da manhã e destaca um entrevistado que vem discutir temáticas pertinentes à comunidade e esclarecer as dúvidas da população sobre assuntos importantes do dia a dia.

A partir de 1996, podemos destacar as administrações dos Padres Cesar Leandro Padilha (1996-1998), Osvwair Chiozini (1998-2000), João Paulo Bars (2000-2001) e Reni Brezolin (2001-2004). A partir de 2005 a emissora vem sendo administrada pelo Pe. Brás Lorenzetti.

Quanto aos profissionais que atuaram ou que vêm atuando na emissora desde 1996, destacam-se neste período Silvana Oliveira, Elaine Felicíssimo, Poliana Ribeiro, Edmar Ferreira, Melissa Molina, Anderson Amador, Marchiori Jr., Denise Campos, Carla Hummel, além de outros diversos profissionais de programas desenvolvidos por produtoras parceiras da TV Rio Claro, como Ronan Reginatto, Udy Magalhães, Joaquim e Angela Hilsdorf, Sérgio Santoro, Pe. Jonas Abib, Claudio Biscoito, e por colaboradores especiais como Jouber Turolla, Luiz Roberto Dante, Antonio Carlos Gragatto, Jayme Pecorari, Maria Tereza de Arruda Campos, Paulo Jodate Davi, Carlos Roberto Marrichi, entre outros, e de diversos profissionais das áreas técnicas como cinegrafistas, editores, operadores, secretarias, etc.

A diversidade de programas realizados e apresentados na TVRC marca a dinâmica com que a emissora vem trabalhando sua relação com a cidade e sua micro-região e o porquê ela passou a fazer parte da família rio-clarense. Com a intenção de valorizar ainda mais este relacionamento, em 2004 a TVRC passou a fazer parte da Fundação Claret. No mesmo ano conquistou o direito de transmitir 24 horas de programação ao se tornar emissora geradora. Neste ano, a TVRC transmitia os programas Linha Direta, Telejornal Rio Claro (o mais antigo programa da emissora) e Momentos de Reflexão (todos produzidos pela própria tevê); Programa da Gente, Udy Especial, In Foco, Yes e CB Esportes (realizados por produtoras) e; a Câmara e a Comunidade (produzido pela Câmara Municipal) e Cantinho da Vida, ao vivo e realizado nos estúdios da TV Rio Claro.

É com base neste contexto, com a orientação do Estatuto da Fundação Claret e com o espírito e o carisma claretiano que será orientado o Regimento Interno da TVRC, porque entendemos que a história que a emissora construiu desde 1990 é um importante referencial para a sua orientação interna, seja funcional, técnica ou ideológica.

Cumpre destacar ainda que a TV Rio Claro retomou o Troféu Presença, que completa este ano a sua oitava edição. Criado em 1996, o troféu Presença foi idealizado como forma de valorizar e destacar aqueles que contribuem direta e indiretamente para o crescimento da cidade de Rio Claro e sua região. Desde sua primeira edição o evento tem procurado premiar também aqueles que desenvolvem projetos sociais. O design do troféu foi desenvolvido pela artista plástica rio-clarense Lúcia Friedrich que se inspirou no símbolo da comunicação. Já o nome Presença foi escolhido por conseguir transformar o simples da palavra para o forte de seu significado e com isso consagrar os que se fazem presentes na história, política, econômica, social e cultural de Rio Claro.

Conservando suas características originais que o consagraram pela sua seriedade e credibilidade, O Presença 2005 se fortalece com a nova filosofia da emissora que hoje é geradora e pertence à Fundação Claret. Neste ano receberam o Troféu: ABCD Bandeirantes, Aspacer, Astro Rei Transportes e Logística, Mala Direta Band Show, Clube de Campo, Colégio Anglo Claretiano, Construtora Geromel, Contatto Materiais para construção, D`Pascoal, Projeto Primeiro Emprego- Jornal Diário do Rio Claro, neurologista Dr. Egberto Gustavo do Carmo, Elektro- eletricidade e serviços, Escritório São Francisco, Floricultura Rosas de Saron, Floridiana Tênis Clube, Grêmio Recreativo da Cia Paulista, Grupo Ginástico, Grupo Sorano, Jornal Cidade que recebe pelo trabalho dos suplementos semanais e da revista JC Magazine Jornal Regional pelo Clube de Assinantes, MR Computadores, Nova Gráfica, Orquestra Filarmônica, Ótica Lebre, Pharmácia Cantinho da Terra, Projetos Sociais da Prefeitura Municipal de Rio Claro, Santa Casa Saúde, Sew Eurodrive, Strategic Security, Synthes, Tigre, Tech Paint & Montblanc.

Assim, como representante do povo de Rio Claro, quero que esta minha manifestação seja inscrita nos anais da Assembléia Legislativa pela importante atuação da emissora nestes 15 anos de existência, o que deixa patente a sua atuação e o seu reconhecimento.




Sala das Sessões, em

Deputado Aldo Demarchi - PFL


SPL - Código de Originalidade: 618866 281105 1106




Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal