Requerimento nº 66, de 2011



Baixar 9.27 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho9.27 Kb.



REQUERIMENTO Nº 66 , DE 2011



Requeiro, nos termos do artigo 165, inciso VIII, da XIII Consolidação do Regimento Interno, que se registre nos anais desta Casa um voto de congratulações com a população do município de Santos, na Região Metropolitana da Baixada Santista, em razão do centésimo aniversário do Clube de Regatas Vasco da Gama, tradicional agremiação que, após um período de dificuldades, celebra o seu renascimento, com uma sede nova, dívidas pagas, dinheiro em caixa e a promessa de voltar a brilhar no esporte.

Outrossim, solicitamos que seja dada ciência deste Requerimento de Congratulações ao presidente da Agremiação, Luiz Antônio de Alvarenga, e ao vice-presidente Décio Pires Júnior, ambos no seguinte endereço: Av. Almirante Saldanha da Gama, 33/35, Ponta da Praia, Santos, SP, CEP 11030-40.



JUSTIFICATIVA

Na data em que comemora 100 anos de fundação (completados no dia 12 de fevereiro), o Clube de Regatas Vasco da Gama, do município de Santos, celebra também o seu renascimento. Após um período de muitas dificuldades financeiras, a tradicional agremiação apresenta uma nova sede, está com as dívidas pagas, tem dinheiro em caixa e promete que voltará a brilhar no esporte.

A mudança para esta situação privilegiada teve seu preço: o clube cedeu 5 mil metros quadrados de sua sede a um grupo empresarial, em troca de investimentos de R$ 15 milhões, sendo R$ 10 milhões para a construção da sede, R$ 4,5 milhões para saldar dívidas e R$ 500 mil como reserva de caixa.

Ainda que tenha havido a perda patrimonial, a transação garantiu a sobrevivência do tradicional Vasco, um clube querido dos santistas, fundado em 1911. Na época, a força do clube estava no remo e a agremiação teve dias de glória com José Ferreira, campeão brasileiro da categoria em 1921, 1922 e 1923. Ferreira inspirou a formação de muitas equipes de remadores, que projetaram ainda mais o clube.

Com o passar do tempo, também ganharam força o vôlei, o basquete e a natação. É inegável o brilho do Vasco na natação, em um período marcante, de 1979 a 1984. Nesta história centenária, figuram muitos nomes, podendo ser citados, em períodos mais recentes, Ênio Faria, treinador de uma equipe campeã de natação dos anos 80; Shirley Rosa Falbo, recordista de medalhas em natação nos Jogos Abertos do Interior; e Andréia Berti, uma das mais consagradas judocas do País, nos anos 90. Em 1996, a atleta disputou a Olimpíada, em Atlanta.

Segundo o atual presidente, Luiz Antonio de Alvarenga, más administrações anteriores, lideradas por pessoas sem comprometimento com a agremiação, levaram toda esta rica trajetória à decadência. E essa história teria sido perdida, não fosse a virada que começou no início de 2008, quando Alvarenga assumiu o cargo e firmou parceria com o grupo empresarial Mendes.

Agora, com a nova sede e a situação financeira saneada, o Vasco quer voltar a ter o brilho de outros tempos no esporte. O foco é investir em escolinhas de basquete, natação e futsal, apostando em novos talentos que certamente surgirão e que garantirão, de uma vez por todas, o renascer do Clube de Regatas Vasco da Gama.

Por todo o exposto e com a alegria de saber que esta bela história terá sequência, postulamos que esta Casa de Leis registre em seus anais este Voto de Congratulações, traduzindo uma homenagem simples, mas feita de coração.





Sala das Sessões, em
Deputada Maria Lúcia Prandi



SPL - Código de Originalidade: 996257 160211 1232



Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal