Resumo básico de contabilidade



Baixar 0.79 Mb.
Página8/11
Encontro19.07.2016
Tamanho0.79 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11

Compras

1. Valor Total $ 6.341,46 - ICMS $ 1.141,26 = Líquido $ 5.200,00

2. Valor Total $ 10.670,73 - ICMS $ 1.920,73 = Líquido $ 8.750,00

3. Valor Total $ 8.033,05 - ICMS $ 1.440,25 = Líquido $ 6.562,50



Vendas

4. Valor Total $ 13.800,00 - ICMS $ 2.484,00 = Líquido $ 11.316,00

5. Valor Total $ 10.600,00 - ICMS $ 1.908,00 = Líquido $ 8.692,00

6. Valor Total $ 3.000,00 - ICMS $ 540,00 = Líquido $ 2.460,00




Mercadoria:

Método: CMPF

Data

Hist.

Entrada

Saída

Saldo

Qtd.

PU

Total

Qtd.

PU

Total

Qtd.

PU

Total

5

1

400

13,00

5.200,00

-

-

-

400

13,00

5.200,00

10

2

500

17,50

8.750,00

-

-

-

900

15,50

13.950,00

15

4

-

-

-

600







300

15,50

4.650,00

20

3

350

18,75

6.562,50

-

-

-

650

17,25

11.212,50

25

5

-

-

-

450







200

17,25

3.450,00

30

6

-

-

-

100







100

17,25

1.725,00

Totais

1250




20.512,50

1150

16,41

18.871,50

100

16,41

1.641,00



MERCADORIAS

C/C ICMS

Caixa / Fornecedores




20.512,50

22.468,00










4.502,54

4.932,00













25.014,84






























































































1.955,50

(s)










429,46

(s)










25.014,84

(S)




CAIXA / CLIENTES

VENDAS

C.M.V.




27.400,00
















22.468,00










18.871,50



























































































(S)

27.400,00
















22.468,00

(s)




(S)

18.871,50








Cálculo Toma-se o total financeiro das Entradas ($ 20.512,50), divide-se pelo total físico das Entradas (1.250) e multiplica-se pelo total físico das saídas (1.150) = $ 18.871,50
RCM (Lucro Bruto) = Vendas Líquidas - CMV
RCM = 22.468,00 – 18.871,50 = $ 3.596,50 RCM/Vendas = 16.01 %
Resumo dos Métodos







  • o Método UEPS superavalia o CMV e subavalia o estoque final (não é aceito pela Legislação do Imposto de Renda);




  • o Método do Custo Médio Ponderado – CMP, mantém o CMV e o estoque final (Ef) entre os valores obtidos através dos métodos anteriores;




  • Observe que as únicas alterações existentes nos três métodos estão no valor do estoque final (Ef) e no valor do custo das mercadorias vendidas (CMV);







  • No inventário permanente – método PEPS – os pressupostos são idênticos, logo os inventários se eqüivalem, o que nos força a concluir que o resultado final obtido no PEPS do inventário permanente é o mesmo obtido no inventário periódico.




  • No inventário permanente a cada operação de venda, imediatamente, é possível identificar o CMV; enquanto que no período-base, quando da apuração do CMV através de contagem física do estoque final e uso da fórmula (CMV = Ei + C – Ef), motivo pelo qual a conta Mercadorias Mista é utilizada apenas no inventário periódico;




  • Representam mercadorias disponíveis para venda durante o período o valor do estoque inicial mais o valor das compras  Mercadorias = Ei + C




  • Seja qual for o inventário utilizado, periódico ou permanente, o valor correspondente ao estoque existente no final do período-base, deverá ser

registrado em livro fiscal denominado Registro de Inventário.




1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal