Revisão I unidade – 6º ano º ano leia o texto abaixo. O elefantinho



Baixar 53.8 Kb.
Encontro30.07.2016
Tamanho53.8 Kb.

6
REVISÃO



I UNIDADE – 6º ANO
º ANO

Leia o texto abaixo.
O elefantinho

Onde vais elefantinho?

Correndo pelo caminho,

Assim tão desconsolado?

Andas perdido bichinho?

Espetaste o pé no espinho?

O que sentes pobre coitado?

– Estou com um medo danado.

– Encontrei um passarinho.
MORAES, Vinícius de. A Arca de Noé: poemas infantis. São Paulo: Cia das Letras, p.36.
QUESTÃO 01. O elefante estava correndo porque
A) espetou o pé no espinho e sentia dor.

B) estava com medo de um passarinho.

C) estava procurando um bichinho perdido.

D) ficou perdido e desconsolado.



Leia o texto abaixo.
Cachorros
Os zoólogos acreditam que o cachorro se originou de uma espécie de lobo que vivia na Ásia. Depois os cães se juntaram aos seres humanos e se espalharam por quase todo o mundo. Essa amizade começou há uns 12 mil anos, no tempo em que as pessoas precisavam caçar para se alimentar. Os cachorros perceberam que, se não atacassem os humanos, podiam ficar perto deles e comer a comida que sobrava. Já os homens descobriram que os cachorros podiam ajudar a caçar, a cuidar de rebanhos e a tomar conta da casa, além de serem ótimos companheiros. Um colaborava com o outro e a parceria deu certo.

Disponível em www.recreionline.com.br. Acesso em 12-06-2011.



QUESTÃO 02. O assunto tratado nesse texto é a

A) relação entre homens e cães.

B) profissão de zoológico

C) amizade entre os animais.

D) alimentação dos cães.


Leia o texto abaixo.
Na toca do coelho
Quando o coelho tirou um relógio do bolso do colete, deu uma olhada nele e acelerou o passo, Alice ergueu-se, porque lhe passou pela cabeça que nunca em sua vida tinha visto um coelho de colete e muito menos com relógio dentro do bolso. Então, ardendo de curiosidade, ela correu atrás dele campo afora, chegando justamente a tempo de vê-lo sumir numa grande toca sob a cerca.
CARROLL, L. Alice no País das Maravilhas. 2. ed. São Paulo: Sol. p. 15.
QUESTÃO 03. No trecho “correu atrás dele” a palavra em destaque dá ideia de


  1. tempo

  2. dúvida

  3. negação

  4. lugar



QUESTÃO 04. Ao ver o coelho com um relógio, qual foi a reação de Alice?

  1. correu atrás dele campo afora.

  2. tirou um relógio do bolso do colete.

  3. sumiu numa grande toca sob a cerca.

  4. deu uma olhada nele e acelerou o passo .



Leia o texto abaixo.




Disponível em http://blogda6d2010.blogspot.com/2010/04/hagar-o-terrivel.html. Acesso em 20-02-2015. 

QUESTÃO 05. O fato que gerou a história na tira é

  1. atristeza da mulher.

  2. a preguiça do homem.

  3. a preocupação do homem.

  4. o desinteresse da mulher.


Leia o texto abaixo

O urso e as abelhas

Um urso topou com uma árvore caída que servia de depósito de mel para um enxame de abelhas. Começou a farejar o tronco, quando uma das abelhas do enxame voltou e, adivinhando o que ele queria, deu uma picada daquelas no urso e desapareceu no buraco do tronco. O urso ficou louco de raiva e se pôs a arranhar o tronco com as garras na esperança de destruir a colmeia. A única coisa que conseguiu foi fazer o enxame inteiro sair atrás dele. O urso fugiu a toda velocidade e só se salvou porque mergulhou de cabeça num lago.

Fábula de Esopo. Compilação de Russel Ash e BemardHigton; Tradução de Heloisa Jahn. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1994. D. 24 (adaptado).
QUESTÃO 06.No trecho “começou a farejar o tronco.” A palavra destacada indica que o urso


  1. cheirou

  2. arranhou

  3. chutou

  4. saboreou


Leia o texto abaixo.
O pingo d’água
— Parem com esse pingo d’água! – berrou a bruxa.

O Saci deu uma risada de escárnio.

— Parar? Tinha graça! Já arrumei tudo, de modo que o pingopingue durante cem anos.

— Parem com esse pingo que está me pondo louca! Tenha dó deuma pobre velha...

— Pobre velha! Quem não a conhece que a compre, bruxa de umafiga! Só pararemos com a água se você nos contar o que fez de Narizinho.

— Hum! – exclamou a bruxa.

Pois se sabe, desembuche. E nada de tentar enganar-nos. É ir dizendo onde está a menina o mais depressa possível.

— Farei o que quiserem, mas primeiro hão de desviar de minha testa este maldito pingo que me está deixando louca.


LOBATO, Monteiro. O Saci. São Paulo: Globo, 2007.

QUESTÃO 07. No trecho “Parar? Tinha graça!” Os pontos de interrogação e exclamação significam que o Saci

  1. concordou com o pedido da bruxa.

  2. não pretendia fazer o que a bruxa pedia.

  3. não entendeu o que a bruxa estava pedindo.

  4. achou engraçado o pedido da bruxa.



QUESTÃO 08. Para fazer a bruxa falar, o Saci

  1. fez um feitiço.

  2. ameaçou fazê-la sumir.

  3. prometeu esconder a vassoura.

  4. pôs um pingo d’água direto na testa da bruxa.



QUESTÃO 09. A expressão “Quem não a conhece que a compre” quer dizer que a bruxa é

A) esquecida.

B) traiçoeira.

C) bondosa.

D) confiável.

Leia o texto abaixo.





Cuidado com o cão!
Joãozinho botou uma placa na porta de casa dizendo CUIDADO COM O CÃO. Aí a mãe dele viu e disse:

- Meu filho, por que você está colocando esta placa, se o nosso cão é tão pequenininho?

Joãozinho respondeu:

- Ô mãe, é por isso mesmo: pra ninguém pisar nele.




TADEU, Paulo. Proibido para maiores: as melhores piadas para crianças. São Paulo: Matrix, 2007, p. 7.

QUESTÃO10. O trecho que provoca o humor no texto é:


  1. Cuidado com o cão.

  2. Joãozinho botou uma placa na porta de casa.

  3. o nosso cão é tão pequenininho.

  4. pra ninguém pisar nele.

Leia o texto abaixo.

Disponível em http://tirinhasdogarfield.blogspot.com.br/2010/03/entediado.html. Acesso em 11-07-2011.


QUESTÃO 11.O formato do balão do 3.º quadrinho indica que o personagem está

A) cochichando.

B) cantando.

C) gritando.

D) pensando.

Leia o texto abaixo.

Lobo em pele de cordeiro

Um dia, o lobo teve a ideia de mudar sua aparência para conseguir comida de uma forma mais fácil. Então, vestiu uma pele de cordeiro e saiu para pastar com o resto do rebanho, despistando totalmente o pastor. Para sua sorte, ao entardecer, foi levado junto com todo o rebanho para um celeiro. Durante a noite, o pastor foi buscar um pouco de carne para o dia seguinte. Chegando ao celeiro, puxou a primeira ovelha que encontrou. Era o lobo fingindo ser um cordeiro.

Moral da História: As consequências vêm quando fingimos ser o que não somos ou quando tentamos enganar alguém.


Disponível em http://www.clickatualidade.com.br/varios-exemplos-de-fabulas-pequenas.htm>. Acesso em 28 mar. 2014.

QUESTÃO 12. No trecho, “... e saiu para pastar” a expressão destacada indica ideia de:


  1. tempo.

  2. companhia.

  3. finalidade.

  4. modo.


Leia o texto abaixo.
Lições em casa
Você já notou que muitos bichos preferem ficar em turma? Vivendo em grupo, os maisvelhos protegem os mais novos. E os filhotes aprendem a encarar a vida na mata observando osadultos.

Com os humanos acontece a mesma coisa. Rodeado pelos familiares, nos sentimosprotegidos. Deles recebemos carinho, cuidados e aprendemos uma porção de coisas.

In: Revista Recreio. Garota Atômica. Ano 05-10/03/05- n° 261

QUESTÃO 13.No trecho “e aprendemos uma porção de coisas”. A expressão destacada faz uso da linguagem


  1. científica

  2. popular

  3. técnica

  4. jornalística

Leia o texto abaixo.

Resposta Rápida

O pai estava muito distraído vendo seu programa favorito de televisão, quando o pequeno menino, que estava fazendo o dever de casa, se aventurou a perguntar-lhe uma coisa.

“Papai”, disse ele, “onde estão os Alpes Suíços?”

“Pergunte a sua mãe”, respondeu o pai distraído, “Ela é que guarda tudo nessa casa.”


Disponível em:<http://sitededicas.ne10.uol.com.br/humor_piadas2c.htm>. Acesso em 28 mar. 2014.

QUESTÃO14. O humor do texto aparece no trecho:

  1. “Pergunte a sua mãe (...) Ela é que guarda tudo nessa casa”

  2. “O pai estava muito distraído”

  3. “Papai” (...) ”onde estão os Alpes Suíços?”

  4. “O menino estava fazendo o dever de casa”



Leia o texto abaixo.
A Formiga e a Pomba

Uma Formiga foi à margem do rio para beber água e, sendo arrastada pela forte correnteza, estava prestes a se afogar. Uma Pomba que estava numa árvore sobre a água, arrancou uma folha e a deixou cair na correnteza perto dela. A Formiga subiu na folha e flutuou em segurança até a margem. Pouco tempo depois, um caçador de pássaros veio por baixo da árvore e se preparava para colocar varas com visgo perto da Pomba que repousava nos galhos alheia ao perigo. A Formiga, percebendo sua intenção, deu-lhe uma ferroada no pé. Ele repentinamente deixou cair sua armadilha e, isso deu chance para que a Pomba voasse para longe a salvo.


Disponível em:www.contandohistoria.com/formiga.html> ACESSO EM 10 DE MAR. 2014.

QUESTÃO 15. A história se desenvolve a partir

  1. da ação da pomba arrancar uma folha e jogar no rio.

  2. da chance da Pomba escapar da armadilha do caçador.

  3. do fato da formiga ser arrastada pela correnteza do rio.

  4. do momento que a formiga sobe na folha com segurança.


Leia o texto abaixo.
Meu cachorro Relâmpago

Sérgio Caparelli


O meu cachorro Relâmpago

acordou com sarampo.

Veio dona Manuela:

"Deve ser varicela".

E depois a dona Dora:

"Para mim é catapora".

E a dona Fabíola:

"Mais parece varíola".

Por fim, o veterinário:

"Oh, que belo disparate!

O cachorro se manchou

é com molho de tomate".

Tigres no quintal. Porto Alegre: Kuarup, 1995.
QUESTÃO 16.O texto trata principalmente de


  1. diferentes tipos de pessoas.

  2. vários tipos de doenças tropicais.

  3. cachorros.

  4. veterinário de cães.



Leia o texto abaixo.
A galinha dos ovos de ouro
Uma pessoa tinha uma galinha que punha ovos de ouro. Crendo que ela tinha dentro doventre um monte de ouro, matou-a e viu que ela era igual às outras galinhas. Na esperança deencontrar toda a riqueza de uma só vez, ficou privada até de um pequeno ganho.
Esopo. Fábulas completas. Trad. Neide Smolka. São Paulo: Moderna, 1998.
QUESTÃO 17.Essa história ensina que

A) a esperança dá riqueza às pessoas.

B) as galinhas colocam ovos de ouro.

C) devagar se vai longe.

D) quem tudo quer tudo perde.

Leia o texto abaixo.




Disponívelem:http://tirasemquadrinhos.blogspot.com.br/Acesso em: 27/03/2014.

QUESTÃO18.
Durante toda a historinha a garota mais baixa demonstra sentir


  1. nojo.

  2. calma.

  3. chateação.

  4. espanto.

Leia o texto abaixo.

A continha de subtração
Na aula de Matemática, a professora perguntou para os alunos:

— Se quatro moscas estivessem em cima da minha mesa e eu matasse uma delas, quantas ficariam na mesa?

Uma! Respondeu Pedrinho, rapidamente.

— O quê? Você não sabe fazer uma simples continha de subtração?



Professora, acontece que só fica a mosca morta em cima da mesa, porque as outras vão se mandar.
Adaptado de: http://circodoxixi.blogspot.com/2011/01/piadas-infantis.html
QUESTÃO 19. Na expressão ― “O quê?”, o ponto de interrogação (?) dá o sentido de que a professora está

    1. aborrecida.

    2. satisfeita.

    3. em dúvida.

    4. orgulhosa.



QUESTÃO 20. No trecho “as outras vão se mandar”, a linguagem usada é

  1. popular.

  2. jornalística.

  3. científica.

  4. Técnica.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal