Ricardo Nicotra/2002 Índice Introdução 5 Capítulo I o dízimo na Bíblia 6



Baixar 412 Kb.
Página15/21
Encontro18.07.2016
Tamanho412 Kb.
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   21

Nossa Missão:


"Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos." S. Mateus 28:19 e 20.

A missão da Igreja é ir, fazer discípulos, batizar e ensinar. Isto significa EVANGELISMO antes do batismo e CONSERVAÇÃO após o batismo. Obedecer à ordem de Cristo significa cumprir o objetivo para o qual a igreja foi estabelecida:

(1) Evangelizar = Trazer pessoas para Cristo. (2) Conservar = Manter as pessoas unidas a Cristo.

Muitas Apostasias e Evangelismo Deficiente. Por quê?


A Igreja Adventista do Sétimo Dia está cumprindo sua missão? Vamos deixar que os números oficiais mostrem a realidade. Abaixo você verá um resumo do relatório divulgado pela Secretaria da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia. A linha em destaque é referente ao desempenho de nossa Divisão Sul Americana no 1º Trimestre de 1997. Você poderá confirmar estes dados no Site Oficial da Associação Geral: 17

Divisão/União

Membros no Início do Trimestre

Membros Entrando18

Membros Saindo19

Membros no Final do Trimestre20

Percent. Perdas

Perc.

Crescimento Real no Trimestre
























Divisão África Oceano Índico

1.169.680

21.940

5.716

1.186.223

26,05%

1,41%

Divisão África Oriental

1.579.726

32.133

12.351

1.596.227

38,44%

1,04%

Divisão Euro Africana

456.155

4.693

757

459.216

16,13%

0,67%

Divisão Euro Asiática

114.868

4.401

1.857

116.848

42,19%

1,72%

Divisão Inter-Americana

1.654.683

64.607

12.830

1.661.087

19,86%

0,39%

Divisão Norte-Americana

858.364

7.140

3.501

860.915

49,03%

0,30%

Divisão Asiática (Norte do Pacífico)

161.188

759

308

161.555

40,58%

0,23%

Divisão Sul Americana

1.433.612

15.518

7.040

1.440.482

45,37%

0,48%

Divisão Sul do Pacífico

291.776

2.828

899

293.416

31,79%

0,56%

Divisão Sul Asiática

239.887

5.474

72

245.281

1,32%

2,25%

Divisão Asiática (Sul do Pacífico)

951.205

11.156

1.299

958.064

11,64%

0,72%

Divisão Trans-Européia

92.841

343

215

92.714

62,68%

-0,14%

União da África do Sul

72.229

573

54

72.553

9,42%

0,45%

China

219.913

260

2

220.165

0,77%

0,11%






















Total

9.296.127

171.825

46.901

9.364.746

27,30%

0,74%

Neste trimestre, o primeiro de 1997, 15.518 pessoas foram recebidas pelo batismo ou por profissão de fé. No mesmo período 7.040 se apostataram ou desapareceram, ou seja, um índice de 45% de apostasia. Isto significa que enquanto 20 pessoas estavam se batizando, 9 estavam se apostatando (e 1,2 morrendo). Devemos ressaltar que embora todos os batismos são comunicados e relatados pela secretaria, nem todas apostasias são comunicadas à administração. Isto significa que, naquele período, realmente foram batizadas 15 mil pessoas, mas certamente muito mais de 7 mil se apostataram. Conclusão: O nível de apostasia é assustador! A IASD está falhando em seu objetivo de conservação.

A Divisão Sul Americana iniciou o referido trimestre com 1.433.612 membros e terminou com 1.440.482. Isto indica um crescimento real de 0,48%, ou seja, menos de meio por cento no trimestre. Note que estamos desconsiderando as apostasias e desaparecimentos que não são comunicadas à secretaria das Associações. Isto significa que para 209 membros batizados, ganhamos, de fato, um novo membro neste trimestre. A igreja mundial cresceu 0,74% no mesmo trimestre. Conclusão: O Evangelismo está deficiente. A Igreja Adventista não está cumprindo o seu papel evangelístico. Algo está errado!

Como o objetivo desta série de artigos é encontrar soluções e não apenas abordar problemas, temos que encontrar a causa das apostasias e do evangelismo deficiente.




?




Apostasias e Evangelismo Deficiente

O esquema deve ser interpretado da seguinte forma: Qual é a causa das apostasias e do evangelismo deficiente? Cada retângulo representa um fenômeno e a seta está direcionada da CAUSA para a CONSEQUÊNCIA.

Falta de Pastores


Por que muitas ovelhas escapam do redil? Por que tão poucas têm entrado?

A resposta para esta questão encontra-se na Bíblia e no Espírito de Profecia. Leia o que Deus disse a Ezequiel. Palavras ditas há muito tempo atrás, mas aplicáveis aos dias de hoje.

"Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. Assim se espalharam, por não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam. As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse. Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas; portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto." Ezequiel 34:2-10.

Alguns podem argumentar que as apostasias vêm em decorrência de um preparo deficiente dos novos membros, ou seja, pessoas não convertidas são batizadas precocemente. Note o que Ellen White nos diz a respeito:

"Ele [Deus] se agradaria mais de ter seis pessoas bem convertidas à verdade em resultado dos labores deles [dos ministros], do que sessenta que fazem profissão de fé nominal, mas não se converteram de todo. Esses ministros devem dedicar menos tempo a pregar sermões, e reservarem parte de suas energias para visitar e orar com os que estão interessados, dando-lhes piedosa instrução, a fim de poderem apresentar 'todo o homem perfeito em Cristo Jesus'". - Ellen G. White - Evangelismo, pág 320.

"Como pastor do rebanho, ele [o ministro], deve cuidar das ovelhas e cordeiros, procurando os perdidos e extraviados, e levando-os novamente para o aprisco." - Ellen G, White - Signs of the Times, 28/01/1886 - citado em Evangelismo, pág. 346-7.

Há vários fatores que contribuem para que a ovelha se afaste, mas a ausência do pastor é o que impossibilita o resgate. Reflita durante alguns segundos sobre as seguintes questões relacionadas à assistência do pastor e à cooperação da Associação/Missão com sua igreja:


  • Como você avalia a assistência pastoral à igreja em que freqüenta?

  • Com que freqüência você tem recebido visitas pastorais nos últimos anos? Uma visita por ano?

  • Quantos estudos bíblicos por semana o pastor de sua igreja tem dirigido para interessados que freqüentam sua igreja?

  • Que apoio a Associação tem dado para os projetos de evangelismo que sua igreja desenvolve?

  • Que recursos financeiros ou humanos a Associação tem disponibilizado à sua igreja para a realização de palestras para os jovens sobre namoro e sexo, encontro de casais, eventos para promover a temperança e saúde?

  • Quantas almas têm chegado ao conhecimento da salvação em Cristo graças a um esforço conjunto entre Associação e Igreja Local?

"O ministro pode gostar de pregar; pois isto é a parte aprazível da obra, e é relativamente fácil; nenhum ministro, porém, deve ser julgado por sua capacidade de falar. A parte mais difícil vem ao deixar ele o púlpito, no regar a semente lançada. O interesse despertado deve ser secundado por trabalho pessoal - visitar, dar estudos bíblicos, ensinar a pesquisar as Escrituras, orar com as famílias e pessoas interessadas, buscar aprofundar a impressão causada no coração e na consciência." - Ellen G, White - Testemonies, vol. 5, pág. 255 (1885) - citado em Evangelismo, pág. 437-8

Há pastores que, devido à falta de tempo e disponibilidade, delegam esta importante tarefa aos anciãos, mas não deveria ser assim. Observe o conselho de Ellen White aos pastores:

"Essa parte do trabalho pastoral não deve ser negligenciada ou transferida para vossa esposa ou qualquer outra pessoa. Cumpre educar-vos e exercitar-vos a vós mesmos no visitar toda família a que vos seja possível obter acesso. Os resultados dessa obra testificarão de que é a obra mais proveitosa que um ministro evangélico possa realizar. Caso negligencie esse trabalho - visitar o povo em suas casas - é um pastor infiel e está sob a repreensão de Deus" - Ellen G, White - Carta 18, 1893 - citado em Evangelismo, pág. 440.

"Esse trabalho de casa em casa, em busca de almas, à procura da ovelha perdida, é o trabalho mais importante que se possa efetuar." - Ellen G, White - Carta 137, 1898 - Citado em Evangelismo, pág. 431.

Visitar as ovelhas, estudar a Bíblia em seus lares e orar com elas é o segredo da boa assistência pastoral. No entanto isto não mais acontece. Infelizmente os pastores não mais visitam regularmente suas ovelhas. Vendo estas multidões sem auxílio, compartilhamos do mesmo sentimento de Jesus:

“Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor.” S. Mateus 9:36.

Finalmente conseguimos encontrar a principal causa do alto índice de apostasias e do evangelismo deficiente: A falta de assistência pastoral.

Falta de Assistência Pastoral




Apostasias e Evangelismo Deficiente


Falta de Treinamento


Apesar da Bíblia e do Espírito de Profecia serem claros a respeito da causa de apostasias, alguns acreditam que os membros leigos compartilham desta culpa, pois também têm o dever de cuidar do rebanho.

A falta de treinamento para obreiros leigos também implica em apostasias e evangelismo fraco. Mas por que os membros leigos não são treinados? Porque não há assistência pastoral. O pastor da igreja seria o responsável pelo treinamento e supervisão do trabalho missionário em sua igreja. Ele pode e deve delegar tarefas, mas não pode transferir a responsabilidade de pastor para os anciãos. Outras questões para sua consideração:



  • Quanto tempo por mês o pastor de sua igreja tem dedicado para o treinamento de obreiros voluntários, ensinando como dar estudos bíblicos ou fazer outra atividade missionária?

  • Você tem recebido treinamento para exercer o cargo para o qual você foi escolhido?

  • Que apoio a Associação/Missão tem dado ao pastor neste processo de treinamento dos obreiros voluntários?
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   21


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal