Secretaria de comunicaçÃO



Baixar 12.82 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho12.82 Kb.


SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

imprensa@itanhaem.sp.gov.brwww.itanhaem.sp.gov.br

COMEMORAÇÃO
Itanhaém, 473 anos e uma

nova história pra contar
O Município começa a transformação para que a

população conquiste novamente o orgulho de ser Itanhaense

 

A cidade de Itanhaém completa, no próximo dia 22, 473 anos com belas paisagens e muita história pra contar. Logo no primeiro minuto de 2005, quando o prefeito João Carlos Forssell tomou posse, durante a festa de Ano Novo, a população pôde perceber que finalmente a esperança em dias melhores, onde as belezas naturais e todo passado glorioso estavam a caminho de receber seu real valor, e que, além disso, os moradores também seriam respeitados, estava novamente reacendendo a chama da auto-estima no itanhaense.



Baseado nesse mesmo intuito, a nova administração começou a mudança, realizando já na primeira semana, o Verão Ativo, uma extensa programação com atrações esportivas, shows e oficinas culturais, que atraíram turistas e agradou os moradores. Desde então, a Cidade começou a ser transformada, a segurança recebeu apoio através dos ‘Orientadores de Verão’, que além de inibir ação de marginais, ainda orientavam os visitantes sobre pontos históricos e turísticos.

A cada final de semana, as secretarias de Turismo, Esporte, Cultura e Meio Ambiente, realizavam atividades que movimentaram todo o Município. Enquanto isso, o setor de Serviços e Urbanização, retomavam as obras de pavimentação inacabadas no ano anterior, reformavam escolas e atendiam a população em casos emergênciais. De acordo com o prefeito, já passava da hora de resgatar no itanhaense o orgulho de pertencer a está Cidade. “Vamos investir no turismo para movimentar a economia e paralelo a isso, quero transformar Itanhaém em um canteiro de obras”.

E, assim Forssell, conseguiu a aprovação de mais de 80% da população, que por anda passa, comenta como o Município em tão pouco tempo já está de cara nova. No início do ano letivo mais surpresas, as crianças encontraram uma merenda balanceada, onde serve-se até yogurt e ao final de cada mês é realizado uma festa para comemorar os aniversários dos alunos, com bolo e cachorro quente. Além disso, foi entregue a cerca de 8 mil alunos, do pré a 4ª série, o novo caderno de ensino e aprendizagem compartilhada, elaborado pela equipe municipal de coordenação pedagógica em conjunto com a editora Multiprinter Tecnologia Educacional, onde o conteúdo traz além das matérias habituais a cada série, informações gerais do Município, incluindo também a história e cultura da Cidade.
Cronologia – Descoberta em 22 de abril de 1532, Itanhaém é a segunda cidade mais antiga do Brasil, com 597,4 Km² que a torna também o Município de maior território na Região Metropolitana da Baixada Santista. Atualmente conta com uma população extimada de aproximadamente 90 mil habitantes, que durante o período de temporada atinge a marca de 400 mil, entre moradores e visitantes que vêm à cidade a procura dos seus 26 Km de praia, além de tranqüilidade e diversão para toda família.

Já em meados de 1556, a Cidade conservava o atributo de refúgio, quando serviu de abrigo para a povoação de São Vicente que abandonavam a capitania com medo da tribo dos Tamoios que acabará de ocupar o território. Já em 1560, chega a Conceição de Itanhaém, nome dado à povoação, antes de sua emancipação em 1906, a primeira imagem de Nossa Senhora da Conceição, a Santa que hoje é cultuada por fiéis em todo País.



Cultura - Como parte de sua história, Itanhaém ainda conserva tradições e hábitos da população Caiçara, que atualmente é um dos últimos traços visíveis do momento da criação do povo brasileiro. Fazendo parte das culturas litorâneas brasileiras, os caiçaras representam um forte elo entre o homem e seus recursos naturais, onde ambos vivem em extrema harmonia. Turistas e aventureiros que buscam o litoral Sudeste como abrigo para as suas férias, travam contato, muitas vezes, sem saber com uma das mais belas e antigas culturas nacional.

No ato da colonização, os índios foram sendo exterminados do nosso litoral, deixando heranças que ainda hoje se perpetuam. Os Caiçaras são um exemplo vivo desta combinação, que se estabeleceram nos costões rochosos, restingas, mangues e encostas da Mata Atlântica. A palavra caa-içara é de origem tupi-guarani. Separadas, as duas palavras sugerem uma definição: caa significa galhos, paus, "mato", enquanto que içara significa armadilha. Os Caiçaras evoluíram aproveitando os recursos naturais à sua volta, principalmente através da pesca artesanal e do artesanato. Ambos ainda são encontrados na Cidade, através da confecção de bonecos, samburás, tapetes e souvenirs produzidos com palha (fibra da bananeira) e outros materiais similares, que resultam numa grande intimidade com o ambiente.


Programação – Para comemorar mais um aniversário, haverá na próxima sexta-feira (22), a partir das 9 horas, na avenida Condessa de Vimieiros, o tradicional desfile cívico. E, ainda, durante toda a semana, serão inauguradas novas obras, como o Centro de Tradições Indígemas, no dia 19, e a reurbanização da Praia do Sonho, além da realização do Itanhaém Rodeo Festival, que acontece de 15 a 24 deste mês, no trevo do Cibratel.

Itanhaém mantém as origens, sem ficar perdida no tempo, sua nova administração, acompanha o progresso, sempre levando em conta suas tradições e com muito orgulho de ser Itanhaense.



PREFEITURA MUNICIPAL DE ITANHAÉM


Jornalista responsável: Silvio Lousada (MTB 24.000)
Rua Washington Luiz, 75, Centro

Telefax.: (13) 3421.1616 - (13) 3421.1600

ramais 1616/307/314


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal