Secretaria de estado da educaçÃO, ciência e tecnologia ensino religioso – prof. Kalil de oliveira



Baixar 6.31 Kb.
Encontro20.07.2016
Tamanho6.31 Kb.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

ENSINO RELIGIOSO – PROF. KALIL DE OLIVEIRA



RELIGIÕES E DEUSES ORIENTAIS E OCIDENTAIS
Hoje existem muitas religiões no mundo, tanto do lado oriental quanto ocidental. Vamos conhecer apenas alguns exemplos, pois a cultura hebraica, egípcia, caldéia, fenícia, persa, entre outras, nasceram primeiro no oriente para depois formar outras grandes religiões mundiais.
Os egípcios acreditavam na imortalidade da alma, por isso faziam as múmias. Quando a alma procurasse novamente o corpo seria necessário que esse estivesse inteiro antes de voltar à vida. Da mesma forma, as crenças e os deuses existentes ajudavam os reis (faraós) na realização de seus interesses. O faraó Amenófis IV, vendo o prestígio dos sacerdotes e a grande quantidade de deuses, pensou em elevar o deus Aton, o Sol, como o maior de todos os deuses, portanto deus único. Era a idéia do monoteísmo. Ele mandou fechar os templos e retirou os nomes dos deuses dos monumentos públicos. Pouco depois o Egito voltaria para o politeísmo.
Enquanto isso, na Mesopotâmia o povo Caldeu, quando se sentia doente, recorria aos sacerdotes religiosos pensando que se tratava de um mau espírito. Os sacerdotes, aproveitando a popularidade inventaram uma maneira de prever o futuro com a observação das estrelas e planetas, criando o horóscopo, e pela interpretação dos sonhos. Dependendo a posição dos astros no céu no dia do nascimento de uma pessoa, o sacerdote dizia seu futuro.
Os fenícios também adoravam vários deuses como os astros, as montanhas, as águas, as árvores, mas escolhiam um deus particular para proteger as suas cidades. Chamavam esse deus de Baal, que quer dizer senhor. Era um povo muito desenvolvido que, inclusive, usou pela primeira vez um alfabeto para se comunicar.
No caso dos persas, existiam dois deuses principais, do bem, Ormuzd, e do mal, Arimã. O deus do bem criou o mundo, mas conta com a ajuda dos homens para enfrentar Arimã até o dia da destruição do mundo e a vitória final. A religião ganhou o nome de Zoroastrismo por causa de seu fundador Zoroastro. Muito curioso na crença dos persas é que quando alguém morria, o corpo era colocado em uma torre bem alta para ser devorado por urubus. Eles também não faziam cultos pelos mortos e não tinham templos. Apenas altares simples, como uma fogueira, eram usados para a adoração dos deuses.
Uma das mais fortes características da religiosidade do povo hebreu é sem dúvida a sua crença em um só deus, Jeová. Na maior parte em que eram governados pelos reis faziam a relação entre um único chefe político e um único Deus. Abraão, Moisés e Davi são grandes exemplos de fé entre os hebreus, divulgadores do monoteísmo, mas também tinham os profetas que condenavam os pecados dos reis e do povo em geral e previam o futuro.
Questões: (1) Como definir oriente e ocidente? (2) Que diferenças fundamentais há entre o homem oriental e o ocidental? (3) Quais as principais religiões do oriente? Que deuses os orientais cultuam? (4) Como o homem ocidental expressa a sua religiosidade? Quais os seus deuses? (5) Quais contribuições da cultura oriental podem ser observadas no ocidente? (6) Pode haver um dia a unidade entre as religiões mundiais?


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal