Sede Agradecidos! Pr. Abram de Graaf Texto: Colossenses 3, 15 e 16 Leitura: Mateus 18, 23-35



Baixar 24.53 Kb.
Encontro03.08.2016
Tamanho24.53 Kb.

Sede Agradecidos! - Pr. Abram de Graaf




Texto: Colossenses 3, 15 e 16

Leitura: Mateus 18, 23-35
Queridos irmãos,
O tema deste culto é que devemos ser AGRADECIDOS. Jesus nos contou uma história sobre a ingratidão. Quero ler esta história. [Ler Mateus 18, 23-35].
O pior das fraquezas é a ingratidão. Como é difícil lidar com pessoas assim. Você faz de tudo para agradar uma pessoa e no fim das contas, não ouve sequer um “muito obrigado”. Pior ainda quando a pessoa ingrata se volta contra você, com acusações que não pode provar, movidas nem se sabe por quê. É muito doloroso quando isso acontece.
Se você já sentiu o gosto amargo da ingratidão, pode saber um pouco de como Deus se sente quando isto acontece em relação a Si mesmo. Deus está cansado de receber isso de suas criaturas. O quanto Ele faz por aqueles que ama, sem receber sequer o reconhecimento de um coração agradecido!
Jesus nos revela isso e Ele nos exorta para sermos agradecidos. Paulo, o apóstolo de Jesus, fala sobre isso em Col. 3, 12-16
Tema: SEDE AGRADECIDOS!


  1. Com a palavra de Cristo na mente;

  2. Com a paz de Cristo no coração;

  3. Com o louvor a Deus na boca;



1. Sede Agradecidos com a palavra de Cristo na mente!
Queridos irmãos,
Existe um cântico que diz: JESUS ENTRE EM MEU CORAÇÃO!

Sei que algumas crianças conhecem bem este cântico. Agora elas o conhecem bem, mas será que elas também entendem o que estão cantando? O que isso quer dizer: JESUS ENTRE EM MEU CORAÇÃO?

Será que Jesus como homenzinho, entra em nosso coração? Não, irmãos, não é assim. Existe uma expressão igual, que explica o sentido mais ou menos. Paulo disse: “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo”.

Paulo quer que a palavra de Cristo habite ricamente em todos os irmãos.

Paulo quer que eles tenham bastante conhecimento da Palavra de Cristo!
Isso é importante! Porque O Espírito Santo semeia a fé na nossa mente através da pregação da Palavra. O conhecimento é o início da fé e do temor a Deus. A Palavra de Deus diz em Romanos 10, 13-15:

Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.



Como, porém, invocarão aquele em que não creram?

E como crerão naquele de quem nada ouviram?

E como ouvirão, se não há quem pregue?

Assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo”.
Estão ouvindo, irmãos? Pela Pregação da Palavra teremos conhecimento de Jesus Cristo. E não somente pela pregação aqui na igreja no dia do Domingo; Mas também pelos Estudos Bíblicos durante a semana; E também pela leitura da Bíblia em casa; E também pela leitura da Bíblia na escola! Em todos estes momentos O Espírito Santo está trabalhando na nossa vida. E nós devemos nos aproveitar destes momentos!
A Palavra de Deus nos exorta! “Habite ricamente, em vós a palavra de Deus!” Deus quer que tenhamos um conhecimento grande e abundante da Palavra de Cristo. Deus quer que os nossos filhos cresçam com a palavra de Cristo na mente. Por causa disso é importante que os pais tenham conhecimento para ensinar os seus filhos; Por causa disso é importante que as crianças vão para uma escola cristã, onde recebem ensino da Palavra de Cristo; por causa disso é tão importante que os pais junto com as crianças visitam a igreja de Cristo, para ouvir a pregação da Palavra de Cristo. Pois só assim se realiza esta exortação:
Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo”.
Isso não acontece automaticamente ou diretamente por revelações e visões.

Deus nos deu a sua Palavra, a Bíblia. E Deus nos mandou a ler e a pregar. Jesus mesmo usou esta palavra para pregar! Devemos prestar atenção a Palavra Santa do Senhor. E devemos guardar bem estas palavras. Porque quando esta palavra de Jesus está na nossa mente; O Espírito de Jesus habitará em nós. E só assim a Paz de Cristo dominará o nosso coração. Mas, Como?


Bom, isso só é possível se nós nos submetemos a Palavra de Cristo. Isso só é possível se o Espírito Santo quebra o nosso coração duro para que nós nos humilhemos perante a autoridade de Deus Santo e da sua Palavra.

P.ex. Deus nos deu os seus mandamentos. Estes mandamentos nos ensinam A AMAR. AMAR A DEUS e AMAR os nossos próximos. Quem guarda estes mandamentos e pratica, ele permanece em Deus e Deus nele. O apostolo João testemunhou sobre isso e disse (1 João 3,24): “E aquele que guarda os seus mandamentos permanece em Deus, e Deus nele. E nisto conhecemos que Ele permanece em nós, pelo Espírito que nos deu”.


A obra da regeneração começa com o Espírito Santo. Ele deve quebrar a porta do coração fechado para que Jesus Cristo possa entrar com a sua Palavra e com os seus mandamentos; Uma pessoa pode estar aqui na igreja, ouvindo a pregação da Palavra, mas isso não quer dizer que ela aceitará esta palavra. Em Atos 16, 14 está escrito: “Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o SENHOR lhe abriu o coração para atender as coisas que Paulo dizia”.
O SENHOR lhe abriu o coração! É assim irmãos! Se o Senhor quer habitar em nossa vida, ele vem através dos seus mensageiros, que pregam a Palavra e Ele abre o coração! Isso não depende de nós, mas depende de Cristo mesmo. Se Ele quer entrar, ele entrará. Esta é a obra irresistível de Deus! Quem é mais forte do que o Senhor?
As crianças podem brincar da seguinte maneira: Uma a um lado da porta e a outra ao outro lado. As duas empurrando para ver quem é mais forte, quem consegue abrir. Assim existem também pessoas que lutam contra Deus. Elas não querem abrir a porta do seu coração; elas não querem que Cristo entre. Mas se o Senhor quiser, ele entrará. O apóstolo Paulo, ele mesmo é um bom exemplo disso. Ele lutou contra Cristo. Ele era um perseguidor da congregação, mas Cristo o encontrou no caminho e o venceu. O todo poderoso o jogou no chão e o chamou para segui-lo. E Paulo não podia resistir.
Então, prestem atenção irmãos e também vocês crianças! É bom para estar presente neste culto, ouvindo a pregação da palavra de Cristo. Mas guarde bem na sua mente. Pois quem guarda a palavra de Deus, Deus está nele. Guardando os mandamentos e praticando-os, uma pessoa mostrará que ela é filho de Deus. A Palavra de Deus é uma palavra poderosa. Através da Palavra de Deus foram criados os céus e a terra; Deus criou tudo pela sua Palavra e seu Espírito; Deus agiu assim na criação, Deus age assim também na regeneração. Deus fala e regenera os seus filhos.
Por causa disso coloquei a Palavra no primeiro lugar. Quando a palavra de Cristo habita em nós, a paz de Cristo dominará o nosso coração. Isso é o segundo aspecto da nossa vida em gratidão:
2. Sede agradecidos com a paz de cristo no coração!
A Paz de Cristo significa uma paz, que Cristo conseguiu pelo sacrifício dele na cruz. A Paz de Cristo significa paz com Deus e paz com os nossos próximos. Cristo estabeleceu paz com Deus com o sacrifício dele na cruz. E o sacrifício de Cristo na cruz é um exemplo para nós. Ele pagou um alto preço para nos salvar. Nós devemos ter a mesma atitude. Isso tem a ver com o anterior: vss. 12-14. Paulo escreveu:
Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados,

De ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai-vos;”
Neste trecho Paulo nos revela o segredo de viver junto em paz, este segredo se chama: perdoar! Nós só podemos viver em paz com Deus, se Deus perdoa os nossos pecados! Nós só podemos ter paz com os nossos próximos se conseguimos perdoar.

Perdoar é a palavra chave aqui. Sem perdão não existe paz. E vou dizer uma coisa, irmãos: Se depender do homem, não existe paz. Se depender de uma criança, não existe paz. Prestem atenção nisso, irmãos! Uma criança de si mesmo não tem esta disposição de perdoar! Uma criança tem que aprender isso dos seus pais. E os pais têm que aprender isso de Jesus Cristo. Mas muitos pais ensinam os seus filhos o contrario! Eles ensinam o seu filho a lutar em vez de perdoar. “Se ele bate em você, você bate nele”! É isso que os pais dizem. Muitas crianças sabem se vingar, mas não sabem perdoar. Muitas crianças já nascem com esta idéia: Eu, eu, eu e o resto morreu! Assim é a natureza pecaminosa de uma criança e também dos pais.
Mas não é assim no Reino de Deus! Cristo não ensina isso. Ele veio para mudar esta atitude. Cristo veio para nos ensinar: “Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós”. Assim deve ser na vida de um cristão, que conhece os seus pecados e que conhece o perdão de Cristo. Ele sabe que Cristo nos perdoou, Ele sabe que foi lavado pelo sangue de Cristo. E este conhecimento muda a nossa vida. Agora aprendemos a perdoar. Assim como o Senhor nos perdoou, nós também perdoamos uns aos outros.
Não podemos guardar o rancor no nosso coração. Não podemos ficar com este sentimento amargo, com esta raiva brotando no nosso coração. Não pode, mas infelizmente, isso acontece! Até na vida dos crentes. Até um crente pode cair no laço do diabo. Até um crente pode ficar magoado, decepcionado e amargo. Isso acontece. Mas devemos lutar contra isso, irmãos. Não pode viver assim, irmão! Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração! Sede agradecido! Se realmente pertence a Cristo, se realmente é aluno de Jesus, se a palavra dele habita em você; se a paz de Cristo domina o seu coração: Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós. Agindo assim nós mostramos em nossa vida que somos realmente agradecidos. E quem vive assim, ele ou ela entende também o que Paulo diz: Louvai a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.

Este é o terceiro aspecto da nossa gratidão:


3. Sede agradecidos! Com a palavra de cristo na mente; com a paz de cristo no coração; com o louvor a Deus na boca.
Não existe uma maneira melhor para agradecer a Deus, se não cantando Salmos e Hinos e Cânticos espirituais! Deus mesmo nos deu Salmos e Hinos. O Espírito Santo inspirou o profeta Davi e ele escreveu muitos Salmos e Louvores. Louvores de gratidão. Louvores sobre a obra do Senhor na sua vida. Louvores que falam sobre a obra do Senhor na nossa vida.
E aqui o Espírito santo nos exorta para cantar! Louvai a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. O cântico é um elemento muito importante em nosso culto. Temos a pregação da Palavra e as orações, mas temos também os louvores. Assim mostramos a nossa gratidão a Deus.
É muito importante que as crianças na escola ouçam as historias sobre Jesus Cristo. Mas é também importante que elas aprendam a orar a Deus e que elas aprendam a cantar louvores. Louvores que alegram o coração. Louvores que fortalecem a nossa alma. Isso é muito importante. Pois é irmãos, o Espírito diz a todos nós: Louvai a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. Que seja assim, irmãos! Sede agradecidos!
Cântico: Cantaremos gratos hinos ao Senhor que nos Salvou!


www.irbmaceio.com.br




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal