Semestre: 2011/01 Turma: 01450 Horário



Baixar 37.48 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho37.48 Kb.

Página |

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Centro de Filosofia e Ciências Humanas

Departamento de História


Disciplina: HST 5341 - História do Cinema I

Professor: Alexandre Busko Valim

Email: avalim@hotmail.com

Semestre: 2011/01

Turma: 01450

Horário: 614204

Atendimento: Quarta-feira das 14:00hs às 17:00hs (Sala 5 CFH).

Sala: CCE143

Número de horas-aula: 60 horas-aula.

Pré-requisito: Não há.
Ementa: Os primórdios do cinema. O estabelecimento do cinema como técnica, indústria e forma artística. O cinema do período silencioso; suas escolas estilísticas. As vanguardas cinematográficas na Europa. O cinema estadunidense e o cinema latino-americano no período anterior à Segunda Guerra Mundial.

.
Objetivos: Construir saberes sobre o cinema produzidos a partir do final do século XIX, buscando traçar diferenças entre estilos, gêneros e técnicas. Descortinar o vasto universo de possibilidades das formas de ver e de fazer filmes com o intuito de discutir o cinema inserido em seu próprio tempo.


Metodologia de trabalho:

Aulas expositivas (60 horas). O curso será ministrado por meio de filmes, textos teóricos e documentos pelo professor e apresentação de textos pelos alunos. Cada apresentação será seguida de debate mediado pelo professor.

Conteúdo programático:

5/Ago - Apresentação, justificativa e discussão do programa, comentário geral sobre a ordem e seleção dos autores. Critérios de avaliação. Exposição detalhada da problemática teórica e metodológica da bibliografia.
I - Cinema e História – interfaces teóricas e metodológicas

18/03 textos de apoio:

FERRO, Marc. Cinema e história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

KELLNER, Douglas. A cultura da mídia – estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

LAGNY, Michele. O cinema como fonte de História. In: Cinematógrafo. São Paulo: Ed. UNESP, 2009.



II – Cinema, curiosidade, comércio, invenção e arte.

25/03 Filmes:

Seleção de filmes (Early cinema, 1895-1905);



Textos:

COSTA, Flávia Cesarino. O Primeiro Cinema: espetáculo, narração, domesticação. Rio de Janeiro: Azougue, 2005, pp.17-70

GUBERN, Román. El nascimento del Cine. In: História del Cine. Barcelona: Editorial Lumen, 2005, pp.13-62.

01/03 Filme:

O Nascimento de uma nação (1915), D.W. Griffith.



Textos:

NAZÁRIO, Luiz. Um mundo feito para a câmera. In: Nazário, Luiz. As Sombras Móveis: atualidade do cinema mudo. Belo Horizonte, MG: Ed.UFMG, 1999, pp.15-48.

XAVIER, Ismail. O lugar do crime: a noção clássica de representação e a teoria do espetáculo, de Griffith a Hitchcock. In: XAVIER, Ismail. O olhar e a cena. São Paulo: Cosac & Naify, 2003, pp. 59-84.

III – Cinema, vanguarda e revolução

04/04 Expressionismo alemão

Filme:

O Gabinete do Doutor Caligari (1920), Robert Wiene.



Texto:

NAZÁRIO, Luiz. A revolta expressionista. In: Nazário, Luiz. As Sombras Móveis: atualidade do cinema mudo. Belo Horizonte, MG: Ed.UFMG, 1999, pp. 125-206.



15/04 Impressionismo Francês

Filme:

A queda da casa de Usher (1928), Jean Epstein



Texto:

MARTINS, Fernanda A.C. Impressionismo Francês. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003, pp. 89-108.



29/04 Montagem soviética

Filmes:

Encouraçado Potemkin (1925), Serguei Eisenstein

Outubro (1928), Seguei Eisenstein

Texto:

SARAIVA, Leandro. Montagem soviética. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003, pp.109-142.



06/05 Surrealismo

Filmes:

Um cão Andaluz (1928), Luis Buñuel.

A idade do ouro (1930), Luis Buñuel.

Textos:

CANIZAL, Eduardo Penuela. Surrealismo. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003, pp. 143-158.

FER, Briony. Surrealismo, mito e psicanálise. In: FER, Briony; BATCHELOR, David; WOOD, Paul. Realismo, Racionalismo, Surrealismo. A arte no entre-guerras. São Paulo: Cosac & Naify, 1998, pp.171-247.

13/05 - avaliação

IV – A Emergência dos cinemas nacionais

20/05 Star System e o Advento do Cinema sonoro

Filme:

O cantor de Jazz (1928),



Textos:

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. The development of sound cinema, 1926-1945. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994, pp.211-232.

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. The Hollwood Studio System, 1930-1945. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994, pp. 233-264.

27/05 Os Gêneros em Hollywood.

Filmes:

Scarface, a vergonha de uma nação (1932), Howard Hawks, Richard Rosson.

Top Hat (1935), Mark Sandrich.

No tempo das diligências (1939), John Ford.

E o vento levou (1939), David O. Selznick.

Textos:

VUGMAN, Fernando Simão. Western. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003, pp. 159-176.

VALIM, Alexandre Busko. Espiões, monstros, gângsteres & Cia: O gênero em Hollywood. Inédito.

CAPUZZO, Heitor. Lágrimas de Luz: o drama romântico no cinema. Belo Horizonte: Ed.UFMG, 1999, pp.71-96.



03/06 Cinema japonês

Filme:

Otona no miru ehon - Umarete wa mita keredo (1932), Yasujiro Ozu.



Texto:

NOVIELLI, Maria Roberta. História do Cinema Japonês. Brasília: Ed. UNB, 2007, pp. 19-100 e 327-331.



V – Cinema, propaganda e intervenção social.

10/06 Realismo Francês/Propaganda Nazista

Filmes:

A grande ilusão (1937), Jean Renoir.

O triunfo da vontade (1935), Leni Riefenstahl.

Textos:

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. France, 1930-1945: poetic realism, the popular front, and the occupation. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994, pp. 322-343.

O’BRIEN, Mary-Elizabeth. Nazi Cinema as Enchantment. The politics of entertainment in the Third Reich. New York, Camden House, pp.1-16.

VIRILIO, Paul. O cinema Fern Andra. In: VIRILIO, Paul. Guerra e cinema. São Paulo: Ed. Página Aberta, 1993, pp.125-144.



17/06 América Latina, propaganda e intervenção social.

Shortfilms e desenhos animados diversos

Texto:

DUARTE, Adriano Luiz; VALIM, Alexandre Busko. Brazil at War: Modernidade, liberdade e democracia nos filmes produzidos pelo Office of Interamerican Affairs. In: SILVA, Francisco C. T; SCHURSTER, Karl; LAPSKY, Igor; CABRAL, Ricardo; FERRER, Jorge. (Org.). O Brasil e a Segunda Guerra Mundial. 1 ed. Rio de Janeiro: Multifoco/TEMPO UFRJ/FINEP/CNPq, 2010, v. 1, pp. 723-744.



24/06

Filme:

Cidadão Kane (1941), Orson Welles.



Texto: MULVEY, Laura. Ciudadano Kane. Barcelona: Editorial Gedisa, 2006, pp.11-98.

01/07 . Avaliação

08/07 . Notas finais

15/07 . Recuperação

Avaliação:

Nota de participação em sala de aula que será pontuada não apenas a partir das intervenções do discente, mas também a partir de sua assiduidade, pontualidade e acompanhamento das leituras do Conteúdo Programático (0,0 a 10,0).

Prova escrita e sem consulta, que será realizada nos dias 13/Mai e 01/Jul. O tema a ser dissertado pelo discente estará relacionado à pelo menos uma das Unidades do Conteúdo Programático.
A nota final será determinada pela soma aritmética das duas avaliações supracitadas.

Recuperação: Para quem obtiver média entre 3,0 (três) e 5,5 (cinco e meio) e tiver freqüência suficiente (igual ou superior a 75%):

Prova escrita cujo conteúdo será todo o material discutido ao longo do semestre.


Obs. A) Discentes que faltarem em quaisquer das avaliações terão somente direito à segunda chamada mediante requerimento circunstanciado, pessoalmente encaminhado e protocolado na Secretaria do Departamento de História da UFSC no prazo máximo de 72 horas a partir da data de avaliação.

B) Discentes com nota final menor que 3,0 (três) ou com freqüência inferior a 75% (ou seja, acima de 18 faltas) serão reprovados na disciplina.

Bibliografia:

CANIZAL, Eduardo Penuela. Surrealismo. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003.

CAPUZZO, Heitor. Lágrimas de Luz: o drama romântico no cinema. Belo Horizonte: Ed.UFMG, 1999.

COSTA, Flávia Cesarino. O Primeiro Cinema: espetáculo, narração, domesticação. Rio de Janeiro: Azougue, 2005.

DUARTE, Adriano Luiz; VALIM, Alexandre Busko. Brazil at War: Modernidade, liberdade e democracia nos filmes produzidos pelo Office of Interamerican Affairs. In: SILVA, Francisco C. T; SCHURSTER, Karl; LAPSKY, Igor; CABRAL, Ricardo; FERRER, Jorge. (Org.). O Brasil e a Segunda Guerra Mundial. 1 ed. Rio de Janeiro: Multifoco/TEMPO UFRJ/FINEP/CNPq, 2010, v. 1.

FER, Briony. Surrealismo, mito e psicanálise. In: FER, Briony; BATCHELOR, David; WOOD, Paul. Realismo, Racionalismo, Surrealismo. A arte no entre-guerras. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.

GUBERN, Román. El nascimento del Cine. In: História del Cine. Barcelona: Editorial Lumen, 2005.

MARTINS, Fernanda A.C. Impressionismo Francês. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003.

MULVEY, Laura. Ciudadano Kane. Barcelona: Editorial Gedisa, 2006.

NAZÁRIO, Luiz. A revolta expressionista. In: Nazário, Luiz. As Sombras Móveis: atualidade do cinema mudo. Belo Horizonte, MG: Ed.UFMG, 1999.

NAZÁRIO, Luiz. Um mundo feito para a câmera. In: Nazário, Luiz. As Sombras Móveis: atualidade do cinema mudo. Belo Horizonte, MG: Ed.UFMG, 1999.

NOVIELLI, Maria Roberta. História do Cinema Japonês. Brasília: Ed. UNB, 2007.

O’BRIEN, Mary-Elizabeth. Nazi Cinema as Enchantment. The politics of entertainment in the Third Reich. New York, Camden House.

SARAIVA, Leandro. Montagem soviética. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003,

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. France, 1930-1945: poetic realism, the popular front, and the occupation. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994.

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. The development of sound cinema, 1926-1945. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994.

THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. The Hollwood Studio System, 1930-1945. In: THOMPSON, Kristin; BORDWELL, David. Film History: an introduction. New York: McGraw-Hill, 1994,

VALIM, Alexandre Busko. Espiões, monstros, gângsteres & Cia: O gênero em Hollywood. Inédito.

VIRILIO, Paul. O cinema Fern Andra. In: VIRILIO, Paul. Guerra e cinema. São Paulo: Ed. Página Aberta, 1993, pp.125-144.

VUGMAN, Fernando Simão. Western. In: MASCARELLO, Fernando (Org.). História do Cinema Mundial. Campinas, SP: Papirus, 2003.

XAVIER, Ismail. O lugar do crime: a noção clássica de representação e a teoria do espetáculo, de Griffith a Hitchcock. In: XAVIER, Ismail. O olhar e a cena. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

Bibliografia complementar:

FERRO, Marc. Cinema e história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.



KELLNER, Douglas. A cultura da mídia – estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

LAGNY, Michele. O cinema como fonte de História. In: Cinematógrafo. São Paulo: Ed. UNESP, 2009.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal