Seminários Paz Para Viver Palestra 23 – Há Pecado Imperdoável?



Baixar 13.52 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho13.52 Kb.
Seminários Paz Para Viver
Palestra 23 – Há Pecado Imperdoável?


  • Cumprimentamos nossos apreciados amigos e amigas que nesta noite vieram nos brindar com sua presença. Muitos já são nossos conhecidos e amigos pessoais, pois nos vemos sempre, o que muito nos alegra. Quero iniciar a palestra de hoje contando um acontecimento na vida de uma senhora.




  • A moça ficou surpresa quando sua mãe lhe falou: “Filha, meu sangue virou pó”. A jovem tentou convencer a mãe de que seu sangue continuava fluindo líquido nas artérias e veias, mas a mulher repetia: “Não filha, meu sangue virou pó mesmo”. A vizinha aconselhou que procurassem ajuda profissional. Quando entraram no consultório do médico psiquiatra, antes que este dissesse qualquer coisa, ouviu de sua paciente: “Doutor, meu sangue virou pó”.

A filha pediu que tirassem um pouco de sangue para mostrar a mãe que seu sangue estava líquido. Chamando a moça ao canto da sala, o médico lhe falou baixinho: “Não adianta, sua mãe não aceita a realidade, não aceita ‘provas’, está alienada”. Mesmo assim a moça insistiu que mostrassem o sangue líquido na seringa, talvez isso a convenceria. A enfermeira entra em ação e extrai um pouco de sangue e o exibe para a mulher. Ela olha para o médico e diz: “Vocês acabaram de tirar o restinho líquido que havia”. O médico voltou-se para a filha dizendo: “Eu lhe disse ...”




  • No plano espiritual a humanidade anda meio alienada. Não aceita as evidências, as “provas” de Deus. Um dos benefícios do estudo das Escrituras Sagradas é a possibilidade de alcançar e preservar “lucidez”, e alto grau de consciência das realidades eternas.




  • Muitos perguntam: Há pecado imperdoável? Esse é o tema de hoje. Vamos investigar nas Escrituras Sagradas, e saber o que Deus diz a respeito.

I João 1: 9 (ler o texto).

Esta afirmação bíblica, faz-nos compreender que pecado imperdoável é aquele que não é confessado.


  • João 16: 7, 8 (ler o texto).

No plano divino, quem leva a pessoa a convencer-se de que é pecadora, que a faz entristecer-se por seus erros, arrepender-se, e confessar a Deus seus pecados e faltas, é o Espírito Santo, a terceira Pessoa da Divindade e o representante de Cristo na Terra. Do trabalho do Espírito Santo Jesus falou que Ele convencerá as pessoas do pecado, da justiça e do juízo.
Portanto arrependimento e confissão, não são atitudes auto-geradas pelo homem. Elas são a resposta afirmativa do trabalho do Espírito Santo em nossa mente e em nosso coração. Resposta afirmativa é certamente o que todos nós deveríamos dar à ação do Espírito Santo na vida.


  • O apóstolo Paulo nos faz conhecer a intensidade com a qual o Espírito Santo age em nosso favor. Vejamos em:

Romanos 8: 26 (ler o texto).

Quero enfatizar: “O Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis”, quer dizer, com gemidos que as palavras não podem explicar.


  • Isaías 30: 21 (ler o texto).

Esta é a maneira como o profeta Isaías descreve a ação do Espírito Santo em nós.


  • Provavelmente os amigos já ouviram a expressão: - “O ‘pecado imperdoável’, é o pecado contra o Espírito Santo”. Que é pecar contra o Espírito Santo?




  • Atos 7: 51 (ler o texto).

Resistir ao Espírito Santo, quando Ele nos vem convencer do erro e do pecado. Os fariseus O resistiram nos tempo de Cristo. Sabiam que os milagres que Ele fazia eram pelo poder de Deus e disseram ser de Satanás, a fim de afastar o povo de Cristo. Trocaram Cristo por Barrabás. - Judas, resistiu.


  • Entristecer ao Espírito Santo, por pecados de omissão, dolo, má fé, pecados voluntários de rebelião, ou deixando de fazer o que é correto e se sabe que deve ser feito. Vejamos dois textos que falam destas tristes atitudes:

Efésios 4: 30 (ler o texto).

Admoestação para não tomar atitudes que entristeçam o Espírito Santo.
Tiago 4: 17 (ler o texto).

Conhecer a vontade de Deus e não pratica-la, entristece o Espírito Santo.




  • Temos alguns exemplos registrados na Bíblia de pessoas que resistiram ao trabalho do Espírito Santo em sua vida. Mencionaremos dois:

  1. Rebelião aberta de Saul que acabou buscando conselhos com uma feiticeira.

  2. Obstinação de Balaão em fazer o que sabia que não devia fazer.




  • Hebreus 10: 26, 29 (ler o texto).

Este texto mostra-nos a gravidade dos pecados voluntários.
Efésios 4: 19 (ler o texto).

A resistência continuada, repetida, traz o risco da pessoa tornar-se insensível.




  • Conta-se a história de um cavalheiro que se hospedou certa noite na casa de um amigo, a qual estava situada perto de uma linha de trem. Durante a madrugada, duas ou três vezes ele acordou assustado com tremendos barulhos na estrada de ferro. Pela manhã o dono da casa perguntou-lhe como passou a noite. Ele disse que não conseguira dormir bem. O anfitrião perguntou se a cama estava dura, ou se a coberta não foi suficiente, e como a resposta foi negativa, continuou perguntando: “O que foi então?” O hóspede respondeu: “Foi um barulho ensurdecedor; até as janelas tremiam, isto por duas ou três vezes”. “Ah!”, respondeu o anfitrião, “trata-se da movimentação da locomotiva. Quando me mudei para cá custou muito para me acostumar. Hoje isso não mais me incomoda. Tornei-me insensível”.




  • É isto o que ocorre ao pecador que deliberada e obstinadamente pratica o mal. Ele acostuma-se às coisas erradas a ponto de tornar-se insensível, anestesiado, sem percepção espiritual, não percebendo mais o toque e a voz do Espírito Santo na consciência. Por via de conseqüência, não mais se entristece por seus pecados, não se arrepende, não confessa, e pecado não confessado é pecado imperdoável.




  • Nos últimos dias da história acontecerá o que aconteceu nos dias de Noé, o Espírito Santo não intercederá para sempre.




  • Qual deve ser amigo, sua atitude e minha atitude?

A de Davi: Salmo 51: 11 (ler e comentar o texto).


A de Samuel: I Samuel 3: 10 (ler e comentar o texto).





  • Amanhã faremos novas investigações nas Escrituras Sagradas. O tema: “Sócio Confiável” tratará de como administramos o tempo, o talento, o tesouro e o templo que Deus confiou aos nossos cuidados. Você é nosso convidado. Traga um amigo, uma amiga!







©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal