Seminários Paz Para Viver Palestra 8 – Seis Palavras que Mudaram a História do Mundo



Baixar 16.63 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho16.63 Kb.
Seminários Paz Para Viver
Palestra 8 – Seis Palavras que Mudaram a História do Mundo


  • Bem vindos ao Seminário “Esperança para Viver”. Hoje avançaremos um pouco mais em nossa jornada de temas bíblicos. O assunto desta noite é “Seis Palavras que Mudaram a História do Mundo”.




  • II Pedro 3: 9 (ler o texto).

São Pedro, escrevendo sob inspiração do Espírito Santo, declarou que Deus não quer que pessoa alguma pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento. Que grande amor tem Deus para com seus filhos! Por isso Ele colocou as mensagens bíblicas bastante diversificadas em estilo. Elas são dadas na forma de histórias, discursos, sermões, biografias, provérbios, poemas, etc. O objetivo é alcançar a todos. As profecias constituem também uma das maneiras de Deus falar à nossa mente e ao nosso coração.


  • A profecia é nada mais nada menos que a história do mundo claramente esboçada com antecedência por um Ente Todo-Sábio. Em outras palavras, história e profecia caminham de mãos dadas; são inseparáveis, porque a história sempre confirma a infalibilidade das antigas predições proféticas.




  • Hoje vamos considerar uma predição feita aproximadamente no ano 600 A.C., a qual esboça a história do mundo numa grande visão panorâmica de então até o presente.




  • II Pedro 1: 19 (ler o texto).

No primeiro século da nossa era, o apóstolo Pedro afirma que a profecia é como um forte farol que dispersa as trevas dos dias que estão no futuro. A profecia projeta luz sobre o futuro e podemos ver a história do mundo com antecedência e ajustar assim nossa conduta e filosofia de vida de maneira adequada.


  • O profeta Daniel, 600 anos antes da era cristã, falando em nome do Criador do Universo, interpretou para o rei Nabucodonozor de Babilônia toda a historiado mundo.

Daniel 2: 28 (ler o texto).

O profeta Daniel nos diz aqui que Deus lhe fez saber no interesse do rei de Babilônia, todos os principais eventos históricos que teriam lugar até o fim do tempo.
Daniel 2: 29 e 30 (ler o texto).

Ele não atribui esta capacidade a si mesmo.


Daniel 2: 31-33 (ler o texto).

Por meio de símbolos, esta antiga documentação histórico-profética, retrata dramaticamente o futuro do mundo. O documento revela que o rei viu uma grande estátua e explica que sua cabeça era de outro, o peito e os braços de prata, o ventre de cobre, as pernas de ferro, e os pés de uma mistura de ferro e barro. Notem que a estátua começa com ouro, o mais cobiçado dos metais, sendo seguido pela prata, de menor valor, depois o cobre e o ferro, dois metais inferiores, até chegar ao barro de valor praticamente nulo. Ela representa uma evolução em reverso – começando com o mais precioso metal e degenerando gradualmente até chegar ao barro.


Daniel 2: 34, 35 (ler o texto).

De súbito, enquanto olhava a estátua, o rei viu uma enorme pedra que feriu os pés da estátua formados de ferro e barro. Tão forte foi o impacto que toda a estátua foi feita em pedaços e reduzida a pó.


Procedamos uma revisão:

A cabeça de ouro, o peito e os braços de prata, o ventre de cobre, as pernas de ferro, e os pés de ferro misturado com barro, portanto fundamento nada sólido para a estátua de ouro, prata, cobre e ferro. Então ele viu uma grande rocha que feriu a imagem na altura dos pés e a reduziu a pó, fazendo-a desaparecer, e a pedra que feriu a imagem encheu toda a Terra.




  • Vejamos agora a interpretação deste sonho fantástico:

Daniel 2: 36-38 (ler o texto).



A cabeça de ouro representava o império Babilônico.
Daniel 2: 39. 40 (ler o texto).

O peito e braços de prata representava o império da Medo Pérsia; o ventre de cobre representava o império da Grécia; e as pernas de ferro representava o império de Roma; os pés com partes de ferro e partes de barro, representava a fragmentação do império romano em nações fortes e nações fracas.


  • Babilônia – Foi um poder que exerceu domínio mundial desde 606 a 539 A.C. Nenhuma nação desde aquele tempo possuiu jamais tão vasto acúmulo de ouro.

Daniel disse a Nabucodonozor: “O teu reino não permanecerá, logo ele desaparecerá, dando lugar a outro”. Este foi o da Medo Pérsia.




  • Medo Pérsia – Dario e Ciro conquistaram Babilônia no ano 539 A.C., desviando o curso do rio Eufrates que passava pelo centro da cidade tornando assim possível ao exército invadir a cidade sob os muros, entrando durante a noite quando o Imperador e todo o povo estavam entregues a uma grande orgia. Com esta proeza os Medos e Persas conquistaram Babilônia e dominaram o mundo.

Mas amigos a profecia predisse que o segundo império mundial também falharia em dominar o mundo para sempre, e que um terceiro império se ergueria em seu lugar, e este foi a Grécia.




  • Grécia – No ano 331 A.C. Alexandre o Grande, jovem inteligente e grande guerreiro, se levantou com um pequeno mas bem treinado exército de 47.000 soldados e uma pequena cavalaria e marchou contra o exército medo-persa composto por um milhão de homens, e, derrotou-o. Esta foi a batalha de Arbela. Então os gregos simbolizados pelo ventre de cobre, dominaram o mundo. Com a morte de Alexandre seu império se desintegrou gradualmente, sendo em seguida dividido em quatro partes.


Mas a profecia disse que nem os gregos deveriam reinar sobre o mundo para sempre.


  • Roma – Mais tarde surgiram os romanos e no ano 168 A.C. derrotaram as tropas gregas na batalha de Pidna. A predição divina afirma que Roma seria dura como ferro quebrando em pedaços todas as nações e calcando tudo sob seus pés. Roma cumpriu a predição. Foi o império mais tirânico e impiedoso que o mundo já conheceu. Dominou supremamente por mais de 600 anos, isto, é, de 168 A.C. a 476 A.D.


Roma também pensava que haveria de reinar pelos séculos sem fim. Porém não foi assim. O Império de Roma também passou.


  • Vejamos agora o que devia acontecer a Roma Ocidental de acordo com a profecia:

Daniel 2: 41 (ler o texto).

Roma devia também desintegrar-se e em seu lugar se levantariam tantas nações quantos são os dedos dos pés. Dez ao todo. Isto significa que Roma Ocidental devia ser dividida em dez nações independentes. Foi exatamente o que aconteceu. Alguns mais fortes como o ferro, e outros mais fracos como o barro.
Daniel 2: 43 (ler o texto).

Em harmonia com este texto foi predito então, que essas nações da Europa procurariam unir-se (para formar um quinto império universal) mas jamais o conseguiriam. Isto seria tão impossível como unir ferro e barro. Na história das nações da Europa foram feitas tentativas de se formar uma Europa Unida, em outras palavras, uma ressurreição do império romano, todas frustradas. A profecia bíblica havia previsto:


NÃO SE LIGARÃO UM AO OUTRO

Estas são as seis palavras que mudaram a história do mundo.




  • Daniel 2: 44 (ler o texto).

Prestemos agora muita atenção ao verso 44 do capítulo 2 de Daniel (reler o texto).
Analisando imparcialmente os eventos da história contemporânea e as nações com seus conflitos, desentendimentos, avareza, injustiças, ódios, violência, chegamos à conclusão de que é necessário um super-homem para libertar este mundo dos embaraços que o envolvem. Esse super-homem, referido nesta predição como “uma pedra cortada sem mãos” é o único que pode por ordem no presente caos, exterminar o mal em sua raiz e restaurar a felicidade eterna.
ESTA PEDRA É CRISTO. Este acontecimento é comumente chamado “fim do mundo”. Ele indica o fim do mundo de rebelião, sofrimento e morte. Com esta profecia o Criador predisse Sua própria intervenção nos destinos da humanidade como única saída.
Hoje devemos orar mais intensamente a Oração do Senhor, sobretudo na parte que diz: “Venha o Teu reino”. Neste reino toda coisa má do presente mundo terá passado. A única coisa verdadeiramente digna pela qual viver agora é a conquista do Lar Eterno.
Decidamos gastar um pouco mais de nosso tempo lendo e meditando nas grandes verdades da Bíblia, conhecendo e sentindo mais Jesus Cristo em nossa vida. Quando contemplarmos as belezas daquela Terra melhor, que não passará jamais, e sobretudo quando olharmos na face da grande Rocha, nosso amado Salvador, todos exclamaremos felizes: “Isto é o Céu!”
Gostaria você de fazer parte desse futuro com Deus?
Amanhã investigaremos nas Escrituras Sagradas e descobriremos a resposta para a inquietante pergunta: “Quem Dominará o Mundo?”. Você é nosso convidado. Venha com seus familiares e amigos.





©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal