Senhor, quem és tu? Alejandro Bullón



Baixar 32.84 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho32.84 Kb.



7793
E STÁ ESCRITO

SENHOR, QUEM ÉS TU?

Alejandro Bullón




Pode um homem que perseguiu e torturou cristãos tornar-se também um cristão? O que faz com que o perseguidor dê meia-volta em sua vida e passe a ser perseguido? Existe esperança para alguém que blasfema o nome de Deus e odeia os que seguem a Jesus?

"Saulo, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote, e lhe pediu cartas para as sinagogas de Damasco, a fim de que, caso achasse alguns que eram do Caminho, assim homens como mulheres, os levasse presos para Jerusalém. Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Senhor, quem és Tu? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; mas, levanta-te, e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer". (Atos 9:1 a 6)

Esta é a história de Saulo de Tarso. O seu nome é encontrado pela primeira vez na Bíblia na ocasião do apedrejamento de Estevão, em Atos 7.

Naquele tempo, Saulo era um jovem cheio de força e vigor, e quando os judeus colocaram a capa ensangüentada de Estevão em suas mãos, ele sentiu o chamado do Espírito Santo, mas fechou a porta de seu coração. E se existe algo claro na Bíblia, é o fato de que Jesus pode chamá-lo, mas nunca vai derrubar a porta do seu coração para entrar. Você terá que abri-la. Jesus pode suplicar, pode mostrar que você precisa dEle, pode fazer-lhe sentir que você chegou ao fim da linha, mas nunca vai forçá-lo a aceitar.

Aquele manto manchado de sangue praticamente gritava. Era a voz do Espírito Santo. Mas Saulo de Tarso fechou seu coração. Teve medo. Medo da voz de Deus. Medo de uma nova verdade que chegava à sua vida, porque tinha sido criado aos pés dos maiores teólogos de seu tempo.

Gamaliel, o grande mestre da sinagoga, tinha sido seu professor. Saulo de Tarso vinha de uma família tradicional. Seus pais tinham crido nas mesmas coisas que seus avós e seus bisavós. Saulo abrigava todas as esperanças da família, da sociedade e da igreja. Será que ele deveria render-se a uma nova verdade?

Toda nova verdade provoca medo. E quando alguém fica com medo, a reação instintiva é atacar. Por isso, Saulo começou a atacar e perseguir o povo de Deus. O texto bíblico nos diz que: "Saulo, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote, e lhe pediu cartas para as sinagogas de Damasco, a fim de que, caso achasse alguns que eram do Caminho, assim homens como mulheres, os levasse presos para Jerusalém". (Atos 9: 1 e 2)

Amigo, você está se defrontando com alguma nova verdade? Algum amigo está estudando a Bíblia com você? Pela primeira vez seus olhos estão se deparando com a Palavra escrita de Deus e de repente você sente que as verdades bíblicas que começa a conhecer estão aparentemente contra tudo aquilo que você acreditou até hoje? Estão contra a tradição dos seus pais, de sua igreja, de seus avós? Você está com medo?

Qual é a atitude do homem frente a uma nova verdade? Ele a aceita ou a rejeita. Ninguém pode permanecer neutro. Saulo não conseguiu abrir o coração, então perseguiu. Mas ele era um homem sincero. Acreditava naquilo que ouvira desde pequeno. Colocara no coração tudo o que lhe fora ensinado e raciocinava desta maneira: "Como podem meus bisavós, meus avós, meus pais, meus líderes religiosos estarem errados? Não pode ser. Este grupo pequeno de homens insignificantes, um bando de pescadores, não pode estar com a razão".

Mas a profecia bíblica estava diante de seus olhos. A verdade era clara e contundente. Era uma luta entre a tradição e a verdade; entre a família e a verdade; entre os amigos e a verdade. Com toda sinceridade Saulo acreditou na tradição de seus pais e com toda sinceridade perseguiu.

Mas, sinceridade nunca foi sinônimo de estar certo. E a sinceridade deixa de existir no momento em que a luz chega à sua vida. A sinceridade termina quando você conhece a Palavra escrita de Deus e a rejeita.

De maneira suave e delicada, o Espírito de Deus mostrou a verdade a Saulo, mas ele não quis entender. O tempo passou, e ele continuou perseguindo os cristãos.

Um dia, quando estava a caminho de Damasco, Jesus decidiu chamá-lo de maneira mais drástica. Apareceu-lhe no caminho em forma de um resplendor luminoso e Saulo, caindo, beijou a terra, comeu pó, machucou-se, sangrou, ficou em trevas, desconcertado, confuso, perdido em meio à loucura de seus preconceitos. Tentou abrir os olhos e não enxergava nada e em sua impotência clamou: Senhor, quem és Tu?

Meu amigo, a minha pergunta para você é: Será que Deus terá que permitir que você beije o chão, coma o pó da terra, desça ao fundo do poço, sangre, fique cego, fique à beira da loucura, para entender pela primeira vez que está fugindo de Cristo? Será que você tem que enfrentar o seu caminho de Damasco para entender que chegou a hora de abrir o coração a Jesus?

Mas por que chegar lá se podemos abrir o coração a Deus quando tudo vai bem, quando, num momento cálido como este, a voz de Deus chega mansamente até você?

A história bíblica registra que o perseguidor perguntou:

– Senhor, quem és Tu?

Saulo estava certo. Seu primeiro passo na vida cristã estava correto. A sua primeira pergunta não foi: "Senhor, que queres que eu faça"? mas, "Senhor, quem és Tu"? Sabe por que amigo? Porque cristianismo não é somente fazer. Cristianismo é descobrir em primeiro lugar quem é Jesus, apaixonar-se por Ele, amá-Lo com todo o coração, viver uma vida de comunhão com esse maravilhoso quem. Só depois que Jesus reproduzir Seu caráter em nossa vida, aprenderemos a fazer as coisas que devem ser feitas, os quês do cristianismo.

Amigo querido, não tenha medo de tornar-se um cristão. Não pense no cristianismo como uma coleção de normas e proibições. Sua primeira inquietude não pode ser o que deve ou o que não deve fazer. Esse tipo de cristianismo só trará angústia e desespero à sua vida.

Se você quer se tornar um cristão de verdade, pense na vida cristã como uma experiência de amor com Jesus. Você não precisa ter medo de Jesus, não precisa ter medo de entregar-se a Ele, de caminhar com Ele. Viva com Jesus e deixe que Ele reproduza Seu caráter em você.

Existe gente sincera apavorada por um tipo de cristianismo terrorista. Essas pessoas pensam: "Não posso tomar minha decisão porque não terei forças para viver o que os cristãos ensinam". "Não posso tomar a decisão porque ainda estou vivendo uma vida errada".

Sabe, amigo, você tem que ir a Jesus como está. Ele espera você com os braços abertos. Leve seus traumas, seus complexos, sua vida passada, seus fracassos, suas derrotas. Vá a Jesus levando sua incapacidade, sua impotência. NEle você será completo. Ele receberá você do jeito que você estiver, o abraçará, o amará, o limpará, arrancará de sua vida os trapos de imundícia e o cobrirá com Seu manto de justiça. Ele transformará seu caráter, esse caráter que já lhe criou tantos problemas, que arruinou a vida de sua família, que trouxe infelicidade ao lar, que atormentou a esposa e os filhos.

Por favor, querido, leve tudo a Jesus. Apaixone-se por Ele. Descubra o quem. Entregue-Lhe a vida e então você ouvirá a resposta que Saulo também ouviu: "E ele perguntou: Senhor, quem és tu? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues". (Atos 9:5)

Foi então que Saulo descobriu que não estava perseguindo um grupo de homens, mas sim o Senhor Jesus.

Será que neste momento, você está lutando em seu coração? Você é prisioneiro de preconceitos, dúvidas e temores? Está inventando perguntas nas quais você mesmo não acredita, mas as inventa só para se defender, para se proteger, para esconder a sua fragilidade? Lá no fundo, você não é feliz, precisa de Jesus. Quer aceitá-Lo, mas tem medo, foge e persegue.

Você que está lendo esta mensagem, pode ser um marido, cuja esposa, durante anos e anos tem orado, suplicado e convidado você a conhecer a Jesus, e hoje, pela primeira vez, você aceitou ler algo a respeito de Jesus e está tremendo em seu coração. Saiba de algo: Você não tem lutado todo este tempo contra a esposa, nem contra o filho. Você tem lutado contra Jesus. A sua guerra não é contra a igreja; a sua guerra é contra Jesus. E esta é sua grande oportunidade. Talvez este momento seja o seu caminho de Damasco.

Veja a instrução de Jesus a Saulo: "... mas, levanta-te, e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer". (Atos 9:6)

Talvez agora você entenda como funciona a vida cristã. Primeiro, você descobre o quem do cristianismo e se apaixona por Ele. Vai a Ele como está, O aceita, entrega-lhe a vida, abre-lhe o coração e deixa que o Espírito Santo viva em você. E depois, depois que você se encontrou com Jesus, vem a ordem: "mas, levanta-te, e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer".

Amigo, uma vez que você se tornou cristão, seus olhos se abrirão para entender a Palavra de Deus e você terá que acomodar sua vida aos ensinamentos divinos. Por favor, nunca tente acomodar a Palavra de Deus à sua maneira de pensar. Você tem que ir à Bíblia despojado de preconceitos. Não importa no que você acredita, importa o que está escrito na Palavra de Deus. Não importa como seus avós pensavam; importa o que está escrito na Palavra de Deus. Não importa o que sua igreja pensa; importa o que está escrito na Palavra de Deus.

Agora que você se tornou cristão, levante-se, vá a Palavra de Deus e aí lhe será dito o que tem que fazer. Eu pergunto: "Você já teve uma experiência maravilhosa com Jesus"? Já se encontrou com Jesus? Glória a Deus por isso! Mas vem a outra pergunta: "Você já se levantou"? "Já foi à Palavra de Deus"? Você já sabe o que lhe cumpre fazer?

A vida cristã, amigo, não é somente ir a Jesus e ser perdoado para depois continuar vivendo na mediocriade do pecado. Vida cristã é ir a Jesus, ser perdoado, e ao mesmo tempo ser transformado para uma vida vitoriosa.

Ao longo da História, o cristão sempre correu um grande perigo: tornar-se um cristão de nome, de fachada e de emoção. "Oh, Senhor, eu louvo o Teu nome, canto hinos para Ti, glória a Deus, aleluia, sou salvo pela graça de Cristo". E continua vivendo como vivia antes, amarrado à vida passada, aos fracassos e às derrotas.

Não, querido, salvação é perdão, mas ao mesmo tempo é transformação. Jesus o salva para não continuar vivendo no fracasso. Jesus o salva para uma vida de obediência. Obediência a quê? Levante-se, vá para a Bíblia. Ali será dito o que lhe convém fazer. É por isso que não pode existir um cristão sem Bíblia. Você precisa adquirir a Palavra de Deus e estudá-la sem preconceitos, deixando que o Espírito Santo ilumine a sua mente.

O relato bíblico continua dizendo que: "Os seus companheiros de viagem, pararam emudecidos, ouvindo a voz, não vendo, contudo, ninguém". (Atos 9:7)

Que coisa extraordinária! Saulo teve um encontro com Jesus a caminho de Damasco. Mas os homens que estavam com ele não podiam ver ninguém. Ninguém pode entender o que acontece no coração de uma vida transformada. É por isso, que às vezes, seus queridos o machucam, caçoam da sua fé e riem daquilo que você acredita. Eles não conseguem ver o Cristo que apareceu em seu caminho. Eles não conseguem enxergar o Cristo que você enxergou, não podem entender a paz que hoje você sente por ter aceitado a Jesus.

Por favor, perdoe aqueles que dão risada de sua nova fé, aqueles que o rejeitam, que o chamam de louco e fanático. Eles não conseguem ver. Um dia, talvez, eles também terão seu caminho de Damasco, cairão em terra, beijarão o chão, ficarão cegos e entenderão que estão fugindo de Cristo. Mas por enquanto, perdoe-os e ore por eles.

Vamos entrar na parte final do texto. Deus se apresenta a Ananias em visão e lhe diz: "Dispõe, te, e vai à rua que se chama Direita e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando, e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista. Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; e para qual aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel". (Atos 9:11-15)

Amigo querido, você entendeu o que Deus está querendo dizer? Você é um vaso escolhido nas mãos de Deus. Há um trabalho maravilhoso que você terá que fazer pela causa de Deus. Hoje, talvez, você não consiga entender, mas a sua influência, o seu poder, a sua capacidade, o seu talento serão usados para a glória de Deus, para a término da pregação do evangelho neste mundo.

Não se esconda no preconceito, no medo, nos temores, nas dúvidas, não diga: "Não posso tomar minha decisão hoje. Eu quero conhecer mais".

Por favor, aproveite que Jesus está falando ao seu coração com voz mansa. Não espere cair em terra para entender que é a voz de Jesus que você está rejeitando. Você é um vaso escolhido. Deus precisa de seus talentos e de seu trabalho para levar o evangelho a outros.

Que grande dia aquele para Saulo! De manhã, saiu respirando ameaças e morte, perseguindo cristãos porque no fundo tinha medo da nova verdade que eles pregavam. No caminho de Damasco, Deus permitiu que ele beijasse o chão. Na impotência da confusão e das trevas entendeu que estava lutando com Jesus e clamou: "Senhor, quem és Tu"? "Eu sou Jesus. Agora levanta-te e vai e te será dito o que deves fazer e como deves viver. E lembre-se: Você é um vaso escolhido para Mim".

Qual será a sua resposta hoje? Ficará na indecisão ou correrá aos braços de Jesus? O Senhor só pode chamá-lo. Ele não pode derrubar a porta de seu coração e entrar à força.

Então... Qual será sua resposta?

SÓ JESUS

Letra: Shawn Craig

Música: Don Koch

Tradução: Domingos Silva

A Cristo rendo toda a glória,

pois tenho sido nEle um vencedor.

Sou ricamente abençoado,

só confio em Seu poder e em Seu amor.

Oh, incontáveis as conquistas,

riquezas são pra mim!

Mas nenhuma se compara

com a graça da salvação.

Em meu Jesus vou confiar

pois minha glória é o poder que vem da cruz.

E nas vitórias vou sempre me lembrar de quem

Vem me amparar, vem me inspirar

É só Jesus.

A Cristo rendo toda glória

pois somente Ele é o Redentor.

Só um Deus tão amoroso

pode me fazer um vencedor.

Não, não quero outra honra

que conhecê-Lo mais.

E eu abro mão de tudo

pela glória do meu Senhor.

Em meu Jesus vou confiar

pois minha glória é o poder que vem da cruz.

E nas vitórias vou sempre me lembrar de quem

Vem me amparar, vem me inspirar

Em meu Jesus vou confiar

pois minha glória é o poder que vem da cruz.

E nas vitórias vou sempre me lembrar de quem

Vem me amparar, vem me inspirar

É só Jesus.

Vem me amparar, vem me inspirar,

É só Jesus.

Gravado por Sonete no EELP nº - 0194 do Ministério Está Escrito

ORAÇÃO

Pai querido, Tu tens caminhos misteriosos para levar-nos a descobrir o Teu amor. Neste momento vem e toca cada coração com a voz suave de Teu Santo Espírito. Que cada leitore seja capaz de responder entregando a vida a Deus. Em nome de Jesus. Amém.

Caso você queira aprofundar o seu conhecimento da Bíblia,

solicite agora mesmo o

Curso Bíblico do programa "Está Escrito".

Ele é inteiramente grátis. Teremos o maior prazer em atender sua solicitação. Entre em contato conosco agora mesmo.

Está Escrito

Caixa Postal 1800

20001-970 Rio de Janeiro, RJ

Telefone (021) 567-3336

Fax (021) 264-1252




www.4tons.com

Pr. Marcelo Augusto de Carvalho


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal