Senhoras e Senhores Deputados



Baixar 18.61 Kb.
Encontro24.07.2016
Tamanho18.61 Kb.
DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO EUNÍCIO OLIVEIRA

NA SESSÃO DO DIA ____ DE FEVEREIRO DE 2008.

Senhor Presidente


  1. Senhoras e Senhores Deputados


Em solenidade programada para o dia 22 de maio, do corrente ano, no salão nobre do hotel “The Waldort”, na cidade de Nova York, a Câmara de Comércio Brasil – Estados Unidos homenageará a empresária cearense senhora Yolanda Vidal Queiroz, presidente do grupo Édson Queiroz, sediado em Fortaleza, entregando-lhe o prêmio “Person of the year”.


Trata-se de distinção da maior importância e significação. O prêmio “Person of the Year” vem sendo conferido há trinta e oito anos, homenageando, simultaneamente, uma personalidade brasileira e outra americana, em jantar de gala, reunindo as mais influentes e destacadas personalidades do mundo econômico, social e político dos Estados Unidos e do Brasil.
A homenageada brasileira de 2008, senhora Yolanda Vidal Queiroz tornou-se merecedora da importante láurea pela competência, tirocínio e dinamismo com que se tem conduzido no comando do grupo empresarial Édson Queiroz, reconhecidamente um dos mais sólidos e progressistas do Brasil, com destacada presença no competitivo mercado internacional, através da exportação de produtos das suas empresas.
Yolanda Vidal Queiroz, cearense de Fortaleza, filha de Luiz Vidal e Maria Pontes Vidal, descendente de tradicionais famílias do Vale do Acaraú, no norte do Estado, casou em 08 de setembro de 1945 com Édson Queiroz, que se tornou o criador de verdadeiro império econômico no Ceará, o hoje poderoso grupo empresarial Édson Queiroz, do qual são destaques, entre outros, o Sistema Verdes Mares de Comunicação, (jornais-rádios e televisões) e a Fundação Universidade de Fortaleza – UNIFOR.
Possuidor de reconhecida vocação empresarial e visão progressista, Édson Queiroz sempre acreditou na potencialidade do Ceará e do Nordeste brasileiro. Com essa sensibilidade, diversificou o campo de abrangência das suas empresas, criando o Sistema Verdes Mares de Comunicação e a Fundação Universidade de Fortaleza – UNIFOR, que colocou ao serviço do desenvolvimento do Ceará.
Ao decidir-se por uma Universidade, Édson Queiroz colocava em prática o conceito que sempre defendeu: “O homem só se forma integralmente quando alcança a sua finalidade maior: servir a comunidade em que vive”.
Em 19 de dezembro de 1981, fundou o Diário do Nordeste, hoje um dos mais influentes órgãos da imprensa do País, com circulação em todos os municípios do Ceará e em grande parte do Nordeste Setentrional brasileiro. No lançamento do número 1 do jornal, definiu sua linha editorial, com um compromisso: “O Diário do Nordeste fará o que estiver ao seu alcance para servir ao País e a região nordestina, na certeza de que, neste tentame, contará com o apoio da coletividade”.
Após ver consolidado o Diário do Nordeste, entregou-se, com igual determinação,à execução de novo e ambicioso de projeto: a criação de uma Fundação de direito privado, com personalidade jurídica e sem finalidades lucrativas, que seria o embrião de uma Universidade em Fortaleza.
Em 26 de março de 1971, a Fundação tornava-se realidade e, dezenove dias depois, a 17 de abril de 1971, os seus Conselhos Curador e Diretor aprovavam o projeto de criação da Universidade de Fortaleza – UNIFOR.

Édson Queiroz adquiriu, então, um terreno de 447.000 metros quadrados na Avenida Perimetral, dando início a um organograma de obras.


O pedido de funcionamento da UNIFOR foi encaminhado ao Ministério da Educação em 1972, sendo aprovado em 12 de setembro do mesmo ano, pelo Conselho Federal de Educação.

Em tempo recorde, a UNIFOR realizaria seu primeiro Vestibular, no período de 17 a 23 de fevereiro de 1973, com 2.007 candidatos disputando 1.270 vagas, para 17 diferentes cursos.

A partir de então a Unifor não mais parou de crescer, transformando-se na colossal instituição de ensino superior, de pesquisa e de altos estudos dos nossos dias. Hoje é, reconhecidamente, em âmbito nacional, uma Universidade modelar.

Em 05 de agosto de 1976, falando aos formandos da Universidade de Fortaleza, Édson Queiroz atribuiu a D. Yolanda contribuição das mais valiosas, para a sua criação, afirmando:

- As palavras que vos dirijo traduzem os sentimentos do Patrono das vossas turmas, dona Yolanda Queiroz, minha mulher, co-responsável pela Fundação da Universidade de Fortaleza e cuja presença em meus dias constitui uma fonte de energia e de inspiração”.

Senhor Presidente

Senhoras e Senhores Deputados
Mas a trajetória vitoriosa de Édson Queiroz foi bruscamente interrompida na madrugada de 08 de junho de 1982, com sua morte, no desastre do vôo 168 da Vasp do Rio de Janeiro para Fortaleza, ao sobrevoar a serra do Aratanha, já próximo de aterrissar no aeroporto internacional de Fortaleza. Um duro e doloroso golpe tanto para a família como para todos os cearenses, que perdiam um grande líder.
Ao investir-se na presidência do Grupo Édson Queiroz, em circunstâncias tão amargas e difíceis dona Yolanda teve uma só preocupação: dar continuidade ao projeto ambicioso do marido, de promover o desenvolvimento do Estado e disseminar empregos no Ceará e em outros estados do Nordeste.
Atuando em várias áreas, o Grupo manteve-se íntegro e em constante ascensão, alcançando resultados operacionais e financeiros expressivos em todas as empresas .
Contando com a colaboração de uma equipe do melhor nível, nas áreas estratégicas, dona Yolanda Queiroz levou a bom termo algumas alterações na estrutura operacional das empresas, mantendo, porém, estilo de Édson Queiroz: saúde financeira, representada por sua liqüidez, e manutenção da qualidade dos produtos, uma estratégia apoiada na análise acurada de cada projeto, visando impulsionar o Grupo à conquista de novos mercados e penetrar em outros, através de uma produção qualificada.
Em 1984, as empresas distribuidoras de gás do Grupo já atendiam a mais de 5 milhões de famílias, constituindo a maior rede territorial de distribuição de gás no Brasil, com um total de 217 tanques cilíndricos de 60 toneladas, cada um, e três esféricos de 600 toneladas.
No setor de comunicações, a TV Verdes Mares, ampliou, consideravelmente, sua linha de tele-jornalismo e de entretenimento, com excelente programação, a cargo de uma equipe de profissionais atuantes das cinco horas da manhã às 24 horas de cada dia. Os índices de audiência estão crescendo, constantemente, e já chegaram a 90 pontos do IBOPE.
Na Universidade de Fortaleza, dona Yolanda Queiroz tem tido a forte colaboração do filho Airton Queiroz, Chanceller da Fundação Édson Queiroz, que pode se orgulhar de haver colocado a UNIFOR no patamar de uma instituição modelar, tanto na área do ensino, como das pesquisas e dos estudos superiores.
Os êxitos obtidos têm sido possíveis, também, graças ao apoio dos filhos e de uma equipe da mais alta qualificação e competência.

Senhor Presidente



Senhoras e Senhores Deputados
A homenagem conferida pela Câmara do Comércio Brasil-Estados Unidos a D. Yolanda Vidal Queiroz, outorgando-lhe o honroso prêmio “Person of the Year”, e distinguindo-a como a personalidade brasileira a recebê-lo em 2008, foi, portanto, das mais justas e merecidas. Constitui o reconhecimento de uma instituição da mais alta idoneidade e respeitabilidade no mundo dos negócios, a uma mulher que, no comando de seu Grupo empresarial, demonstrou estar preparada e capacitada para assumir as responsabilidades de que se investiu, colocando-o em constante e crescente ascensão e solidez.
À cerimônia de recebimento do prêmio, em maio vindouro, estarão presentes, certamente, em Nova York, os mais destacados nomes do mundo econômico, social e político, para solidarizar-se à homenagem tributada pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, a dona Yolanda Vidal Queiroz, como personalidade brasileira de 2008.





©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal