Serviço público federal ministério da educaçÃo instituto federal de educaçÃO, ciência e tecnologia farroupilha



Baixar 45.74 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho45.74 Kb.



SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA
PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO



ANEXO I. PROJETO DE ( ) CURTA DURAÇÃO ( x ) LONGA DURAÇÃO




1. IDENTIFICAÇÃO

1.1 Título do Projeto: Observatório Astronômico Permanente

1.2 Campus de Origem: Santa Rosa

1.3 Área de Conhecimento: Ciências Humanas

1.4 Outros Campi Envolvidos: N/A

1.5 Outras Instituições Envolvidas: N/A

1.6 Público Alvo: Escolas da região, comunidade externa e interna.

1.7 N° de Pessoas a serem Atingidas: 150

1.8 Período de Realização: 1° de abril de 2013 a 31 de dezembro de 2013.

1.9 Local a ser Realizado: Câmpus Santa Rosa

1.10 Carga Horária Total do Curso de curta duração:

1.11 Situação do Projeto (marcar com x):

Projeto:

Relação com o Ensino:

Relação com a Pesquisa:

( ) Novo ( ) Reoferecimento ( x ) Continuação

( x ) Nível Técnico ( ) Graduação ( ) Pós – Graduação

( ) Sim ( x ) Não

Coordenador do Projeto: Luiz Antonio Brandt

CPF: 049.507.119-62

Categoria do servidor: Docente

Titulação: Mestrado



SIAPE: 1491755

Telefones para Contato: 55 96003050

E-mail: luizbrandt@sr.iffarroupilha.edu.br




2. DADOS DO PROJETO:

2.1 Objetivos (Geral e Específicos – máximo 4):

Objetivo geral: O presente projeto pretende levar ao seu público (interno e externo) a possibilidade de entrar em contato com a observação astronômica através de telescópios e a olho nu. Objetivos específicos:

a) Apresentar aos participantes uma visão geral da história da astronomia e da observação celeste (reconhecimento das constelações, planetas, coordenadas celestes).

b) Disseminar o conhecimento adquirido.

c) Realizar observações astronômicas básicas utilizando um telescópio.


2.2 Justificativa (técnica/econômica/social):

O objetivo do projeto "Observatório Astronômico Permanente" é promover a difusão da Astronomia de modo contínuo em nossa região. Para isso, serão estudados os conceitos essenciais e a história desta ciência, por meio de apresentações e observações astronômicas. O conhecimento de tópicos da Astronomia (tais como localização e identificação de corpos celestes e constelações, movimentos dos astros e de medidas astronômicas) foi importante para o desenvolvimento dos grandes impérios que hoje estudamos, desde gregos e egípcios até as civilizações pré-colombianas (maias, incas e astecas). E o homem se utilizou dos conhecimentos astronômicos para obter sucesso no plantio, como o diagnóstico dos períodos de chuvas e seca; para o encontro com o Novo continente, localizando-se em alto mar pela posição dos astros; e mesmo para reconstruir nossa concepção de mundo, com a descoberta de novos planetas, por exemplo, e ampliar nossos horizontes, com o telescópio espacial Hubble foi possível produzir imagens de nossa própria galáxia e do universo. Assim, diante de tantos avanços proporcionados pelo estudo do cosmos, evidencia-se a ideia de que o homem contemporâneo possa conhecer pelo menos os conceitos básicos da Astronomia e que lhe seja dado observar um panorama do desenvolvimento desta ciência até constituir-se como tal. Para difundirmos tais conhecimentos, o projeto prevê a realização de seções de observação do céu, a olho nu e com auxílio de telescópio, para que os conhecimentos teóricos possam ser observados e validados na prática.

Com a promoção do ano internacional da astronomia em 2009, o MEC impulsionou (mediante ofício circular N° 134DPEPT/SETEC/MEC) a aquisição de telescópios por instituições de ensino. O Instituto Federal Farroupilha, através de sua pró-reitoria de extensão adquiriu um telescópio do tipo Celestron CPC 800 XLT no valor de 11 mil reais para o Câmpus Santa Rosa, com o intuito de levar às comunidades acadêmica e externa à Instituição a possibilidade de experienciar observações astronômicas. Deste modo, o presente projeto pretende potencializar o uso deste equipamento, através de um trabalho que vise não apenas ampliar o número de pessoas beneficiadas, mas que também proporcione a difusão do conhecimento astronômico a toda comunidade. Desde 2011, quando realizamos o projeto de curta duração “Observatório astronômico itinerante”, através do qual atendemos 70 participantes, nós procuramos ampliar e qualificar as atividades astronômicas desenvolvidas no Câmpus Santa Rosa.

No ano de 2012 o projeto “Observatório astronômico permanente” atendeu 105 participantes com direito a certificado, em sua maioria alunos provenientes de escolas estaduais da região, entre as quais destacamos a participação da Escola Estadual Prof° Francisco José Damke, localizada no município de São Paulo das Missões, distante 60 quilômetros do Câmpus. Recebemos no ano passado mais de 250 pedidos de inscrição (a meta do projeto era 120) dos quais infelizmente não contemplamos a totalidade devido às condições climáticas (chuva, tempo nublado etc) que nos obrigaram a remarcar até 3 vezes com o mesmo grupo, o que impediu o atendimento a um maior número de inscritos. No ano de 2013 pretendemos oferecer novamente o projeto procurando contemplar um número maior de participantes e de escolas, especialmente a demanda não contemplada.





2.3 Resultados esperados:

Esperamos ao fim da execução deste projeto alcançar os seguintes resultados:



  • Proporcionar aos participantes conhecimentos básicos que envolvam a astronomia e a observação astronômica;

  • Oportunizar aos participantes a experiência da observação astronômica através de um telescópio;

  • Disponibilizar à comunidade acadêmica e regional um espaço para a discussão e intercâmbio de conhecimentos astronômicos.




2.4 Métodos:

Primeiramente, possibilitaremos aos participantes uma apresentação introdutória acerca das coordenadas celestes e dos efeitos dos movimentos terrestres na observação do céu. Ainda nesta fase, abordaremos algumas características físico-químicas dos objetos observados e de modo geral apresentaremos um breve apanhado da história da astronomia. Após esta fase teórica passaremos às observações astronômicas com o telescópio Celestron CPC 800 XLT.




2.5 Ações previstas:

Estão previstas as seguintes ações:



  • Preparação e treinamento dos bolsistas;

  • Apresentação das noções teóricas envolvidas na observação astronômica;

  • Observações a olho nu e com o telescópio.




2.6 Disciplinas / Ementas / Conteúdos Programáticos/ Avaliação:

- Introdução à astronomia observacional; - Orientação e Reconhecimento das principais constelações e planetas visíveis a olho nu; - Coordenadas celestes e movimentos terrestres; - Introdução à observação telescópica; - História da astronomia.




2.7 Referências:

AZEVEDO, Rubens. Lua: degrau para o infinito. São Paulo: EdArt, 1962. FARIA, Romildo Povoa (Org.). Fundamentos de astronomia. 2. ed. Campinas: Papirus, 1985. MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Astronomia popular. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1987. NICOLINI, Jean. Manual do astrônomo amador. 2. ed. Campinas: Papirus, 1985. ZIGUEL, Félix. Los tesoros del firmamento. Traducido del ruso por Llanos Más. Moscú: Editorial Mir, 1967.



2.8 Pré-Requisitos para o público alvo:

Ensino fundamental incompleto.







2.9 Operacionalização:

2.9.1 - Cronograma:

Etapas de Execução


JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Preparação











x

























Execução













x

x

x

x

x

x

x




Avaliação


































x




2.9.2 - Certificados:

Para o Coordenador do Projeto

Para os Instrutores do Projeto

Para os Alunos

Para os Servidores de Apoio


( x ) Sim ( ) Não

( x ) Sim ( ) Não

( x ) Sim ( ) Não

( x ) Sim ( ) Não




3. DECLARAÇÃO DE CEDÊNCIA DE DIREITOS AUTORAIS

Eu, Luiz Antonio Brandt, autorizo a destinação desse Projeto ao Banco de Projetos de Extensão, de forma que possa ser utilizado por outros servidores, sem restrições de qualquer natureza, desde que citada a autoria. (autorizo / não autorizo)






©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal