Seu jornal virtual sobre naturismo no brasil e no mundo


NATURISMO: vanguarda ideológica



Baixar 124.67 Kb.
Página3/6
Encontro29.07.2016
Tamanho124.67 Kb.
1   2   3   4   5   6

NATURISMO: vanguarda ideológica

Por Fellipe Barroso*



A televisão, quando disposta a mostrar um trabalho bem feito, invade nossa casa com questões interessantes, não muito percebidas pela maioria.


Seriados e novelas de época, além de muitos especiais, procuram mostrar, com fidelidade, o modo de vida na época retratada.
Olhares distantes da cenografia, figurino e maneira de falar poderão perceber os padrões de comportamento que regeram a sociedade ao longo dos tempos. Pequenas atitudes, hoje extremamente comuns, já foram, no passado, violentamente castigadas.
O que há de interessante nisso tudo?
Notar que a civilização não consegue aprender com seus erros. Parece ser um dom do ser humano condenar tudo o que é novo. Talvez porque, para quem não interessa, o novo pode ser ameaçador, modificar os povos de tal a se tornarem incontroláveis, distantes da alienação que ainda vivemos. Ou um mero e persistente erro, que sempre acontecerá.
Felizes aqueles que em seus pensamentos de vanguarda, puderam, mesmo que pagando com a vida, abrir os olhos, lenta e gradativamente, da cega massa mundial.
Este é um dos papéis do naturista. Ainda vítima de preconceitos e acusações sem sentido, caminha pela linha do tempo à espera de um reconhecimento. Este, porém, só virá quando se há um consenso geral, que anda muito em falta. Desvios ideológicos atrapalham a caminhada daqueles com boa intenção, e transformam todos em “presas” fáceis para os setores mais conservadores.
Não seria demais pedir conscientização e raiz naquilo que se faz. Não adianta gritar por “paz e amor”, ou “anarquia”, por exemplo, se nem se sabe o porquê destes gritos. O naturismo não foge à regra.
Diariamente centenas de pessoas em todo o mundo divertem-se despidas de suas vestimentas, e grande parte destas se mostra com atitudes inenarráveis, e por que não, lamentáveis dentro dos nossos ideais.
Base: é a palavra chave e mínima que se pede aos nossos irmãos. Sem uma base ideológica, as coisas perdem seus fins, e tudo não passará de uma “onda do momento”. Onda esta que pode arrebentar na areia cheia de “lixo”, ou seja, a parte que nunca interessou, e por isso a estragou, tornando-a dispensável.

Já que o assunto é ideologia, vamos aproveitar já o ritmo de carnaval e refletir ao som deste samba-enredo. A pessoa narrada sim, era um exemplo de digno seguidor de seus ideais.


G.R.E.S. Acadêmicos do Grande Rio

(João Carlos / Carlinhos Fiscal / Quaresma)


Desperta, nasceu!

Cem anos nos pampas, que herança!

Coração vermelho a palpitar

Cavaleiro da esperança!


Luís do proletário carleando a nação

Enfrentou adversários

Fez do verbo o seu canhão

Sonhos d “P” de coragem

Cheios de “C” de paixão
(bis)

Pelas trilhas dessas terras, dessas terras

Expressão de arte e guerra, não se encerra

Igualdade em seu pensar

Bolívia, Rússia, China, um exílio que ensina

Proporciona um novo lar


Fruto de sua batalha

Fêz-se a tropicália

No senado ascender

E a coluna vai embora

Prestes soube e fez a hora

Esperar é perceber


Hoje de cara pintada

Grande Rio irmanada, com imenso prazer

Tocantins se manifesta, a hora é essa

Prestes a acontecer


(Refrão)

Ah! Eu tô maluco, amor!

Ah! Quero reformas, já!

Ah! Quero paz e amar!

Sou Caxias, vou marchar.
*Naturista e estudante

fellipemb@ig.com.br

Um leitor de OLHO NU passa boa parte do ano morando em um condomínio naturista nos Estados Unidos. Veja seu relato de como é a vida de quem escolheu para morar em um lugar desse tipo e veja umas pequenas amostras da área. Todas as fotos foram retiradas da página da Internet do resort.
VIVENDO NO PARAÍSO

Por José Ricardo Garcia*

    O editor de Olho Nu me pediu para escrever alguma coisa sobre o lugar onde moro.   Estou morando parte do ano em um resort na Flórida, Estados Unidos, chamado ‘Paradise Lakes’.


    Esse resort foi fundado em 1981, mas somente em 1992, quando eu já estava aposentado,  mudei para lá.  O terreno tem cerca de 73  Acres e fica a 27 quilômetros ao norte de Tampa. Nesse terreno existe um condomínio horizontal com trezentos e quarenta residências, e um clube com um hotel, cinco piscinas, sendo uma para ‘Water Volleyball’; uma que é aquecida, durante o inverno; e outra que tem cerca de


23 metros de comprimento com lados curvos e jatos de água sempre aquecida, chamada ‘Conversation Pool’ aonde se pode sentar e passar horas conversando.


Esse clube tem ainda: cinco quadras de tênis, duas ‘jacuzzis’ (Hot Tubs), Sauna, um restaurante,  uma academia com bastante equipamentos, e um ‘Night Club’ com muitas atividades, aonde se pode dançar quase todas as noites.


Esse terreno também tem um lago pequeno, aonde se pode passear de canoa. Mas, não tente nadar nesse lago, porquê os jacarés te comem.


O condomínio tem muitos prédios, alguns com 16 apartamentos, e outros com 12, 10 e 8. Alguns prédios têm apartamentos de dois andares com três quartos. Outros têm apartamentos menores e são de dois ou três andares. Também existem lá muitas casas, algumas pequenas e pré-fabricadas, e outras bem


grandes e luxuosas.

 
O clube foi criado como ‘Clothes Optional’.  A idéia original foi de que algumas pessoas teriam receio de ficar nuas logo que chegassem; como é obrigatório em muitos clubes nudistas.

 
Principalmente nos fins de semana se vêem visitantes com roupa de banho pela manhã; perto do meio do dia as mulheres já tiraram a parte de cima’ e pela tarde todos já se tornaram nudistas.  O idealizador desse clube achou que assim seria de mais fácil adaptação ao nudismo.

Na convenção do condomínio ficou estabelecido que ele é um condomínio nudista, todos  que moram lá deveriam ser nudistas, mas algumas pessoas, que apesar de não serem, moram lá porque é um lugar bonito e seguro.

  
Muitos dos residentes, como eu, estão aposentados, entretanto a maior parte ainda trabalha.  Todas as manhãs há uma procissão de carros de pessoas saindo para o trabalho e de crianças indo para as escolas.

O inverno em Flórida não é tão frio e desagradável quanto no norte dos Estados Unidos, Europa e Canadá.  Por isso, muitas famílias do norte, principalmente os aposentados, têm condomínio de férias, e, procurando um clima mais agradável, moram em Paradise Lakes durante o inverno.


Para uma pessoa aposentada, a vida é muito calma e bucólica.  Logo depois do café da manhã, lá para as oito horas, um grupo de pessoas andam por cerca de 50 minutos.   Eles andam bem depressa, e se tem que esforçar para acompanhar.  Durante a maior parte do tempo andamos sem roupa, mas, nos dias mais frios do inverno, temos que vestir alguma coisa.




Com um outro grupo fazemos um exercício de alongamento.  Esse exercício não é patrocinado pelo condomínio ou Clube. Mas, normalmente um voluntário lidera esse exercício.

Durante o dia todo se pode nadar nas piscinas.  Como em todos os clubes nudistas existem vários chuveiros, alguns externos para tomar banho antes e depois de nadar.


À noite tem sempre atividades no “Night Club”.  Alem das danças com um DJ, eles patrocinam festas em ocasiões especiais, como Halloween, Natal, Ano Novo, feriados nacionais, e até mesmo aniversários.


Paradise fica no condado de Pasco.  Nesse condado, por motivos históricos, os clubes nudistas não são perseguidos.   Logo ao lado de Paradise tem um clube muito antigo, chamado ‘Lake Como’, que tem mais área do que Paradise, mas é bem mais rústico. Nesse condado também existem outros, mas são bem pequenos.


Há cerca de alguns anos está sendo construído um outro clube, cerca de 10 quilômetros ao norte de Paradise, que se chama ‘Caliente’. Ele está sendo planejado para competir com Paradise, e está projetado para ser mais confortável e luxuoso, veremos...


Paradise Lakes fica perto de Tampa.  Existem muitas atividades para os turistas, mas, infelizmente eles têm que estar vestidos.  Não muito longe de lá, tem o ‘Bush Gardens’ (que não tem nada a ver com o presidente), e algumas praias que não chegam perto da beleza das praias brasileiras.

Há cerca de uma hora e meia se chega a Orlando de carro, aonde tem o ‘Walt Disney World’ que todos os brasileiros conhecem.


Informações sobre esse Clube pode ser achado em:  www.paradiselakes.com.

*ZeRicardo@aol.com



Famosos e a nudez:






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal