Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”



Baixar 12.91 Kb.
Encontro25.07.2016
Tamanho12.91 Kb.

REQUERIMENTO Nº 1767, DE 2001
Requeiro, nos termos do Artigo 165, Inciso VIII, da X Consolidação do Regimento Interno da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, que se registre nos anais desta casa, um voto de congratulação com a Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”, de Jaboticabal, pelo transcurso do Centenário de sua fundação, ocorrido em 21 de abril próximo passado.

Requeiro, outrossim, que desta manifestação seja dada ciência ao seu Presidente Dr. Francisco Moutinho Ferreira, à Avenida Benjamin Constant, 88, CEP: 14870-000 - Jaboticabal – SP.



J U S T I F I C A T I V A

A Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”, de Jaboticabal, fundada em 21 de abril de 1901, formada por imigrantes italianos amigos da música. O comitê provisório para a fundação da Mascagni era presidido por João Votta; Pedro Verardino era o Vice-Presidente; Filomeno Votta o Tesoureiro e, o anfitrião da reunião, Alberto Maccheroni, cujas peças eram sucesso mundial na época de sua criação.


Os sócios fundadores da Mascagni foram: Filomeno Votta; Felippo de Felippo; Alberto Maccheroni; João Votta; Ferdinando Pastore ; Pedro Filardi; Amadeu Rocca; Giovani Ferraro; Silvério Cicaroni; Miguel Martino; Afonso Tódaro; Francisco Faro; Rafael Florenzano, Afonso Berlingieri; Biagio Giangrecco; Nicola Sancederino; Biagio Blasi; Felipe Bevilacqua; Francisco Gagliardi; Ismael Fanelli; Léo Lerro; Giovani Delatorre; Angelo Savastano; Fausto Giovani; Angelo Lapenna; Vitor Bello e José Caputo.

Sua primeira diretoria ficou assim constituída:


Presidente: Felippo di Felippo

Vice-Presidente: João Votta

Secretário: Ismaele Fanelli

Tesoureiro: Pedro Filardi

Conselho Deliberativo: Fernando Pastore

Pedro Filardi

Felipe Bevilacqua

Francisco Faro

Rafael Florenzano

Alberto Maccheroni


Apesar das dificuldades acumuladas ao longo de sua história a Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”, de Jaboticabal, avança altruísta e resoluta com o propósito de oferecer lazer e bem estar a seus associados.

Hoje, a Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”, de Jaboticabal ao completar o centenário de sua fundação, transformou-se no orgulho dos jabuticabalenses e do interior paulista.

Sua atual diretoria ficou assim constituída:
Presidente: Francisco Moutinho Ferreira

Vice-Presidente: José Carlos Fernandes

Secretário: José Eduardo Manduca Ferreira

1º Secretário: Olavo Frizzas

2º Secretário: Arlindo Gabriel dos Anjos

Diretor de Patrimônio: Carlos Alberto Batista Duó

Diretor Social: Amaury Fuciolo

Vice-Diretor Social: Paulo André Simielli

Diretor de Esportes: Ulisses Macri

Diretor de Relações Públicas: Aparecido Rodrigues

Diretor da Filarmônica: Marcos Martins Bonafini

Bibliotecário: Sérgio Luiz Galatti

Orador: Marco Aurélio Ramalho

CONSELHO DELIBERATIVO

Abel Aparecido Zeviani; Adalberto Luís Bassi; Antônio Sérgio Britto; Arlindo Bassani; Gil Gilberto Carvalho; Gilmar Antônio de Oliveira; Irineu Pastorelli Júnior; Ivo Riva Filho; José Maria Abreu Souza; Laert Alves de Lima Júnior; Luís Fernando Andrioli; Luís Liberato do Amaral; Luiz Carlos Borba; Roberto Carlos Fernandes; Roberto R. de Freitas; Rubens Paulo Tapié Júnior; Rubens Sader; Sebastião Francisco Britto; Wagner José Lopes e Wladimir Morgatto.



SUPLENTES

Aparecido S. Pereira; Ápio Pinheiro Júnior; Carlos Alves Teixeira; Crespo Pupin; Euclides Roberto Secato; João Carlos Barbieri; João Fernando Vantini; José Orlando Chioda e Sidney de Laurentiz.



EFETIVOS

Airton Camplesi; Aparecido Hojaij; Clóvis Roberto Capalbo; Dorival Martins de Andrade; Edmyr Ayello, Edvaldo Pfaifer; Fernando Mendes Pereira; Francisco Moutinho Ferreira; Joel Aparecido Pimentel Correa; José Carlos Fernandes; José Eduardo Manduca Ferreira; José Paulo Lacativa Filho; Luiz Carlos Carregari; Luís Roberto Lopes, Mário Benincasa; Moacir Lenhari; Olavo Frizzas; Pedro Alves de Souza; Sílvio Dias e Waldir Turco.



COMISSÃO FISCAL

Ilson Nello Ceccarelli; Laert Alves de Lima Júnior; Luiz Carlos Borba ; Plínio de Marco Casemiro e Ubiratan Pereira Guimarães.


Portanto, nada mais justo, que esta Casa faça consignar em seus anais, votos de efusivas congratulações com a Sociedade Filarmônica “Pietro Mascagni”, de Jaboticabal, pelo transcurso do centenário de sua fundação.
Sala das Sessões, em 30/05/2001
a) DIMAS RAMALHO

mvm/


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal