Species: cão Name/file number: Borguir



Baixar 53.02 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho53.02 Kb.
Necropsy: History

Species: cão

Name/file number: Borguir

Microship: -

Race: Caniche ??? – é muito parecido, mas não temos a raça confirmada.

Sex: macho

Castrated-full: castrado

Age- dentition: 13 anos

Necropsy code: N96/09

Date of necropsy: 28-05-09

Hour of necropsy: 14 horas

Aprox. Date and hour of death: 5 dias

Cadaver conservation state: refrigerado

Motive of necropsy: a pedido do veterinario

Apparent cause of death or clinical suspection: euthanasia

Were there behavior alterations? No

Were there respiratory alterations? No

Were there cardiovascular alterations? Yes

Were there digestive alterations? Yes

Were there urinary alterations? No

Were there reproductive alterations? No

Were there musculoskeletal alterations? No

Were there neurological alterations? No

Were there dermatological alterations? No

Were there other remarkable alterations? Yes

Describe the alterations:



  • Massa perineal

  • Análises bioquimicas

Ante-mortem confirmed pathologies- Não sabemos de nenhuma patologia, uma vez que não vem discriminada na história clínica.

Other informations of interest

Displacements before death? Unknown

Intoxication possibility? Unknown

Other affected animals? Unknown

Affected humans? Unknown

Had contact with other animals? Unknown

Had contact with humans? yes



Estômago + intestino delgado e grosso

Verifica-se um espessamento da parede do intestino delgado com presença de líquido muco-catarral. Apresenta uma mancha na porção proximal do intestino delgado (duodeno), de cor castanho esverdeado com limites mal definidos, dimensões de 11x2,5cm. Consistência normal para o órgão. Alteração da cor na porção distal do intestino grosso com a presença de manchas avermelhadas, entre 20 a 40, com forma circular distribuição multifocal em que a maior apresenta medidas de 2x2 mm e mais pequena 1x1mm. Superfície brilhante e consistência um pouco mais aumentada do que a normal do órgão.



Sistema urinário e reprodutor completos



Bexiga ureteres e rins

Distensão da bexiga com o aumento do volume desta e sem espessamento das paredes. Presença de 350 cm3 de urina límpida, sem sedimento e cor amarelo citrino.

Presença de uma mancha de cor vermelho escuro na superfície externa da bexiga, bordo caudal, de forma elíptica de dimensões de 3x1,5 cm, limites mal definidos e contornos irregulares. Superfície externa húmida lisa e brilhante. Consistência normal para o órgão distendido.

Rim direito

Pormenor do rim direito. Mancha de cor cinzento-escuro, no pólo cranial do rim direito de forma elíptica, com as dimensões de 4,5x2,5cm. Os contornos são irregulares e os limites mal definido. A superfície apresenta-se húmida, lisa e brilhante. Consistência normal para o órgão.



Descapsulação do rim direito

Ligeira dificuldade na descapsulação no pólo cranial do rim. Restante superfície renal sem dificuldade. Presença de uma mancha de cor preta, na porção já referida, de forma elíptica de dimensões 3x2.5cm, limites bem definidos contornos irregulares, consistência normal para o órgão, superfície externa brilhante mas irregular ao toque.



Rim direito em corte

Mancha de cor cinzento escuro no pólo cranial do rim direito com as dimensões de 3x2,5cm. Limites mal definidos e contornos irregulares. Superfície de corte lisa e brilhante, superfície externa irregular. Consistência normal do órgão.



Rim esquerdo

Sem alterações



Descapsulação rim esquerdo

Sem dificuldades



Rim esquerdo em corte

Sem alterações



Bexiga

Distensão da bexiga com o aumento do volume desta e sem espessamento das paredes. Presença de 350 cm3 de urina límpida, sem sedimento e cor amarelo citrino.

Presença de uma mancha de cor vermelho escuro na superfície externa da bexiga, bordo caudal, de forma elíptica de dimensões de 3x1,5 cm, limites mal definidos e contornos irregulares. Superfície externa húmida lisa e brilhante. Consistência normal para o órgão distendido.

Bexiga em corte

Distensão da bexiga com o aumento do volume desta e sem espessamento das paredes (confirmado nesta foto). Presença de 350 cm3 de urina límpida, sem sedimento e cor amarelo citrino.

Presença de uma mancha de cor vermelho escuro na superfície externa da bexiga, bordo caudal, de forma elíptica de dimensões de 3x1,5 cm, limites mal definidos e contornos irregulares. Superfície externa húmida lisa e brilhante. Consistência normal para o órgão distendido.

Próstata

Aumento de tamanho do órgão, com dimensões de 3,5x2 cm. Os contornos são regulares e os limites os do órgão. A superfície encontra-se lisa, húmida e brilhante e a consistência e a cor não se encontravam alteradas.



Próstata em corte

Sem alterações



Superfície externa do Pénis

Sem alterações



Pénis em corte

Mancha vermelha única na porção medial mucosa da uretra com as dimensões do órgão. Os limites são os do próprio órgão e os contornos irregulares. Superfície externa e de corte lisas e brilhantes. Consistência normal do órgão



Gânglio linfático poplíteo esquerdo

Sem alterações



Gânglio linfático poplíteo esquerdo, em corte

Presença de uma massa elipsóide com distribuição focal no gânglio poplíteo esquerdo com dimensões de0,5x0,7x0,5 cm. Os limites são bem definidos e os contornos irregulares. Superfície de corte é brilhante, húmida de cor vermelho escuro. Consistência normal do órgão.



Gânglio linfático poplíteo direito, em corte

Presença de uma massa elipsóide com distribuição focal no gânglio poplíteo esquerdo com dimensões de0,4x0,6x0,3 cm. Os limites são bem definidos e os contornos irregulares. Superfície de corte é brilhante, húmida de cor vermelho escuro. Consistência normal do órgão.



Cavidade abdominal, aberta

Sem alterações.



Baço

Superfície externa rugosa, baça, cor acastanhada. Apresenta duas massas vermelhas. A maior de 4mm de diâmetro, de forma circular, lisa, limites bem definidos e contornos irregulares. A mais pequena de forma elipsóide, de 3x2 mm, com as mesmas características.



Baço com superfície de corte em detalhe

Superfície de corte de massa de maiores dimensões que se prolonga no parênquima esplénico, com forma esférica, cor vermelha. Não exsudativa, limites bem definidos, contornos irregulares, com 4mm de profundidade.



Língua, esófago, traqueia, pulmões e coração

Língua com 8 a 12 manchas vermelhas, com distribuição multifocal, concentradas nos bordos e raiz da língua. Forma oval de todas as manchas com limites mal definidos e contornos irregulares.



Esófago, porção proximal

Conteúdo esofágico líquido de cor acastanhada de consistência mucosa (3 cm3).



Esófago

Conteúdo esofágico líquido de cor acastanhada de consistência mucosa. Mancha vermelha na mucosa esofágica (porção caudal), dimensões de 4x3 cm, contornos irregulares e limites mal definidos. Superfície de corte brilhante, húmida e lisa. Consistência normal do órgão.



Traqueia, superfície interna

Aumento do lúmen traqueal e achatamento dorso-ventral dos anéis traqueais . Presença de liquido fluido e de cor avermelhada no lúmen traqueal.



Língua, superfície ventral

Sem alterações



Coração

Sem alterações



Coração vista do lado esquerdo

Sem alterações



Coração vista lado direito

Sem alterações



Coração corte do ápice

Verifica-se um aumento do espessamento da parede do ventrículo esquerdo, não se verificando a proporção de 3:1 em relação ao ventrículo direito. Além disso pode-se observar a presença de coágulos post-mortem nos 2 ventrículos, quando apenas se deveria observar no ventrículo direito



Glândula adrenal esquerda

Sem alterações



Glandula adrenal direita

Sem alterações



Pulmoes vista anterior

Manchas avermelhadas na superfície pleural dos pulmões, com distribuição multifocal em todos os lobos pulmonares. Têm formas aproximadamente elipsóides, limites mal definidos e contornos irregulares. A superfície externa é lisa, brilhante e húmida. A consistência é a mesma consistência do órgão, ou seja crepitante.



Pulmões vista anterior cortes

As manchas observadas na superfície pleural dos pulmões prolongam-se no parênquima, passando então a massas avermelhadas no parênquima pulmonar com distribuição multifocal em todos os lobos pulmonares. Têm forma aproximadamente oval, limites mal definidos e contornos irregulares. A superfície externa é lisa, brilhante e húmida. A superfície de corte é lisa brilhante e húmida e ao corte exsuda um liquido, fluído de cor avermelhado.

A consistência é a mesma do órgão, ou seja crepitante.

Pulmões vista posterior

Manchas avermelhadas na superfície pleural do pulmão, com distribuição multifocal em todos os lobos pulmonares. Têm formas aproximadamente elipsóides, limites mal definidos e contornos irregulares. A superfície externa é lisa, brilhante e húmida. A consistência é a mesma consistência do órgão, ou seja crepitante.



Pulmões vista posterior cortes

As manchas observadas na superfície pleural dos pulmões prolongam-se no parênquima, passando então a massas avermelhadas no parênquima pulmonar com distribuição multifocal em todos os lobos pulmonares. Têm forma aproximadamente oval, limites mal definidos e contornos irregulares. A superfície externa é lisa, brilhante e húmida. A superfície de corte é lisa brilhante e húmida e ao corte exsuda um liquido, fluido de cor avermelhada. A consistência é a mesma do órgão, ou seja crepitante.



Estômago exterior

Sem alterações



Fígado vista anterior

Entre 5 a 10 Manchas localizadas na cápsula de Glisson com distribuição multifocal. A forma é aproximadamente circular, possuindo cerca de 0,1cm de diâmetro, os limites são bem definidos e os contornos irregulares. A coloração das manchas é amarelada e a sua superfície externa húmida, lisa e brilhante. Quanto à consistência são firmes



Fígado vista anterior cortes

Entre 5 a 10 Manchas localizadas na cápsula de Glisson com distribuição multifocal. A forma é aproximadamente circular possuindo cerca de 0,1 cm de diâmetro, os limites são bem definidos e os contornos irregulares. A coloração das manchas é amarelada e a sua superfície externa húmida, lisa e brilhante. Quanto à consistência são firmes. Ao corte verifica-se que as manchas não se prolongam no parênquima.



Fígado vista posterior cortes

Uma mancha localizada na cápsula de Glisson com distribuição focal. A forma é aproximadamente elíptica com limites bem definidos, contornos irregulares e mede cerca de 0,5x0,2cm. Coloração da mancha é amarelada e a sua superfície externa húmida, lisa e brilhante, quanto à sua consistência é firme. Ao corte verifica-se que é uma mancha dado que não se prolonga no parênquima.



Vesícula biliar

Sem alterações



Recto

Entre 10 e 20 manchas presentes na mucosa do recto, com distribuição multifocal. Tem forma aproximadamente elíptica sendo que a maior mede cerca de 3x2cm e a mais pequena cerca de 2x1mm. Os limites são mal definidos e os contornos irregulares. A sua superfície é lisa, húmida e brilhante e a consistência é a mesma do órgão.



Massas no pâncreas

Múltiplas massas na superfície do pâncreas, com distribuição multifocal. A massa maior tem forma esférica com cerca de 4mm de diâmetro, a mais pequena tem igualmente forma esférica e apenas cerca de 1mm de diâmetro, os limites são bem definidos e os contornos irregulares. Quanto à coloração possuem uma coloração rosa- esbranquiçado. A superfície externa encontra-se lisa, brilhante e húmida.



Peritoneu parietal

Sem alterações: liso e brilhante



Prolapso rectal

Exteriorização do ânus, com dimensões são de 4x3x1,5cm e apresenta uma forma oval. Os limites estão bem definidos e os contornos são irregulares. Relativamente à consistência, esta apresentava-se firme. A sua cor é rosa escuro homogéneo. A superfície é lisa, brilhante e húmida, e com um material de cor amarela e viscoso.



Jugular esquerda

A lesão é uma mancha localizada no tecido subcutâneo na base do pescoço, junto à jugular. A sua distribuição é focal. Tem uma forma triangular com 4x5 cm. Os limites são bem definidos mas as margens são irregulares. A consistência ao toque era gelatinosa. Quanto à coloração, varia entre vermelho claro à periferia e vermelho muito escuro no centro. A superfície encontrava-se irregular e rugosa, brilhante e húmida.



Fígado superfície externa

A lesão é um aumento do padrão acinar do fígado em todos os lobos. Apresenta uma distribuição heterogénea multifocal. As dimensões dos focos são variáveis desde lesões com 1x 1cm de altura até lesões que ocupam todo o lobo. As lesões adquirem a forma dos lobos e apresentam limites mal definidos e contornos irregulares. A consistência encontrava-se aumentada (firme). A superfície externa encontrava-se lisa, brilhante e húmida e ao corte encontrava-se com as mesmas características da superfície.



Pâncreas massas

As lesões são massas, entre 100 a 120, com localização no pâncreas. Encontram-se distribuídas de um modo multifocal por todo o órgão. As dimensões das massas maiores são de 1,5 de diâmetro por 2 cm de altura e as mais pequenas são puntiformes. Têm todas formas ovais, limites mal definidos e contornos irregulares. A consistência ao toque é firme e a coloração vermelho escuro. A superfície externa é rugosa e brilhante.



Coração cortes

As lesões são manchas e estão presentes em número de 1000 a 1500. Encontram-se distribuídas uniformemente por todo endocárdio. Todas as manchas são punctiformes. Os limites são bem definidos e os contornos regulares. A consistência é a mesma do endocárdio, ou seja, firme. Apresentam uma coloração amarela alaranjada. A superfície externa encontra-se brilhante e húmida.



Pénis exterior


Spot at the base of the penis


A lesão é uma mancha na base do pénis com distribuição focal e forma raiada. As dimensões são de 10x 5 cm. Os limites estão bem definidos e os contornos são irregulares. A consistência é a mesma da restante pele, firme e elástica. A cor da mancha é vermelho claro e a sua superfície é baça e lisa.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal