SÉrie: princípios de vida em cristo



Baixar 10.47 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho10.47 Kb.
IGREJA BATISTA VIDA NOVA - 2008

SÉRIE: PRINCÍPIOS DE VIDA EM CRISTO


ESTUDO 5: O CUSTO DA SALVAÇÃO

Texto: Lucas 9.23-27

Comece este estudo fazendo uma pergunta aos presentes à sua célula: O que significa ser salvo? Ouça com atenção as opiniões compartilhadas e em seguida explique que o nome Jesus deriva do hebraico Yeshua, e significa literalmente “Yahweh é salvação”. Este nome foi dado ao Messias por causa da ordem transmitida a José pelo anjo do Senhor (Mt 1.21). A missão de Jesus foi trazer salvação e até seu nome revela isto. Sabemos que Ele cumpriu seu propósito. Quando morria na cruz, no monte Calvário, o Senhor declarou: Está consumado! (Jo 19.30). Esta declaração dele expressa sua convicção de que cumpriu a Missão.

Neste estudo verificaremos quatro explicações do que significa ser salvo. Mais ainda, veremos que para ser salva a pessoa precisa “pagar um preço”.



1º. Ser salvo significa participar do Reino de Deus. (v. 27)

Jesus veio implantar o Reino de Deus entre a humanidade. Esta era a mensagem que Ele anunciava e que mandou Seus apóstolos propagar: é chegado o Reino de Deus (veja Lc 9.2). Você já deve ter observado que o título preferido do Messias ao se referir a Ele mesmo era “o Filho do homem”.1 Esta expressão foi cunhada pelo profeta Daniel, que registrou tremendas revelações acerca do Ungido (exemplo, Dn 9.25). Em Dn 7.18, temos: Mas os santos do Altíssimo receberão o reino e o possuirão para sempre; sim, para todo sempre.2 Quando Jesus foi crucificado, foi pregada uma tábua com a acusação que pesava sobre Ele – “rei dos judeus”. Na verdade, Ele não veio para ser somente Rei dos judeus, mas para ser o Rei de um Reino Eterno.

Salvo é todo aquele que recebe a mensagem do Reino e se coloca sob o Poder e a Autoridade do Rei Jesus.

2º. Ser salvo significa seguir o Caminho de Jesus. (v. 23)

No início da era cristã, os discípulos de Jesus receberam alguns nomes, como “nazarenos”. Uma forma muito interessante de se referir aos seguidores de Cristo era “o Caminho”.3 Em Lc 9.23, Jesus explica que para ser salvo é preciso “querer segui-lo” e que neste Caminho há dois requisitos: negar-se a si mesmo e tomar a sua cruz. Este é o custo que nos cabe para sermos salvos. Jesus negou-se a si mesmo e tomou a cruz. De nossa parte, precisamos morrer para o mundo e viver para Ele.

Salvo é quem pode declarar o que está escrito em Gálatas 2.20: Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim...

3o. Ser salvo significa não ser mais dono da sua vida. (vs. 24 e 25).

Se você deseja salvar a sua vida, é preciso perdê-la para Jesus. É isso que o Senhor afirma no verso 24. Qual o grande obstáculo que as pessoas têm para se entregarem a Jesus e serem salvas? O mundo e sua ilusão. Por isso o Senhor disse que na ânsia de “ganhar o mundo” o homem acaba por perder-se ou destruir-se (v. 25).

Ontem vi uma reportagem sobre dois jovens criminosos que foram mortos pela polícia. Infelizmente, isso é comum na sociedade. Muitas vidas são envolvidas na ilusão do mundo e acabam sendo ceifadas. Quanto vale uma vida no mundo? Geralmente, muito pouco. Mas a pessoa é salva quando rompe com o mundo e toda a sua ilusão e se entrega ao Senhor.

4o. Ser salvo significa assumir sua fé sem envergonhar-se dEle e da Palavra. (v. 26).

Certamente você tem consciência do tanto de vergonha que Jesus precisou suportar até morrer na cruz. Antes da crucificação ele sofreu muita violência e humilhação por parte das autoridades romanas e judaicas. De acordo com Marcos 15.25 e 34, o Senhor permaneceu por seis horas pregado à cruz até que entregou o espírito. Ali Ele ficou nu e ferido.

Por isso o salvo não pode envergonhar-se de testemunhar do seu Senhor e da Palavra de Deus.

Ore com os discípulos de sua célula e dê a eles a oportunidade de à luz destas quatro prerrogativas da salvação, se entregarem a Jesus como Senhor e Salvador pessoal. Leve-os a declarar que são súditos do Rei Jesus. Que seguirão pelo Caminho da Salvação. Que não mais se iludirão com o mundo, mas que se entregam ao Senhor. Também dê a eles oportunidade de declarar que nunca se envergonharão de Jesus e de Sua Palavra.

Na unção da colheita abundante,

Seu pastor.



1 Exemplo do uso da expressão Filho do homem em Daniel 7.13.

2 O texto mais tremendo em Daniel que anuncia a vinda do Reino de Deus, pelo menos 500 anos antes do nascimento do Messias, é o capítulo 2. Ele narra o sonho que o rei Nabucodonozor teve e que o deixou muito intrigado. Foi a primeira vez que Daniel teve oportunidade de mostrar quão grandiosa era a unção profética que estava sobre sua vida. O sonho que Deus deu ao rei da Babilônia anunciava o surgimento do Reino Eterno, o Reino de Deus trazido por Jesus (Dn 2.44).

3 Um exemplo está em Atos 19.9. A origem deste “nome” está no ensino de Jesus sobre o “caminho largo” e o “caminho estreito” (Mt 7.13 e 14) e também na revelação de Jesus: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida...” (Jo 14.6).


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal