Teatro de sombras na Sala de Ensaios, dia 26 de Maio Catabrisa no último dia do ovni



Baixar 10.62 Kb.
Encontro22.07.2016
Tamanho10.62 Kb.

Nota à Imprensa | Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Teatro de sombras na Sala de Ensaios, dia 26 de Maio
Catabrisa no último dia do OVNI

Catabrisa” é o espectáculo com que encerra a quarta edição do OVNI - Festival Internacional de Objectos Vivos que o TMG promove ao longo do mês de Maio. A actividade decorrerá no próximo dia 26 (Sábado), integrado na iniciativa Famílias ao Teatro! Trata-se de um belíssimo espectáculo de teatro de sombras, construído a partir do livro "Catavento" (edições Eterogémeas) de Gémeo Luís e Eugénio Roda e com encenação de Joana Providência, música de Manuel Cruz e interpretação de Filipe Caldeira. "Catabrisa" é apresentado na Sala de Ensaios do TMG em duas sessões: às 11h e às 15h.


Na história: «um menino, em tudo igual a todos os meninos, vive as maiores aventuras de sempre: a aventura da curiosidade, do desejo, da descoberta, do espanto, da invenção, a aventura de quem nasce e cresce com o corpo e a mente aos rodopios… Um espaço de ideias em forma de sensação, um lugar de sensações em forma de gesto, um sítio de gestos em forma de som, um mapa de sons em forma de sombra, um mundo de sombras em forma de história para todos. Para todos verem, ouvirem, sentirem e pensarem com a forma de ver, ouvir, sentir e pensar de cada um», explica o texto de apresentação do espectáculo.
“Catabrisa” é uma co-produção Centro Cultural de Vila Flor, Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, Comédias do Minho, Companhia Instável, Fundação Casa da Música, Fundação Lapa do Lobo, Maria Matos Teatro Municipal
Teatro no Pequeno Auditório, dias 23 e 24

Grupo de Teatro Causa Honoris estreia "O Meu Caso"

O Grupo de Teatro Causa Honoris, recentemente formado pela Academia Sénior da Guarda, vai estrear no TMG a peça "O meu caso", de José Régio, no dia 23 de Maio, no Pequeno Auditório, às 21h30, ficando em cena até 24 de Maio.

Recorde-se que esta acção surgiu no seguimento de um pedido da referida Academia ao TMG para que dinamizasse com alguns dos seus alunos uma iniciativa no âmbito do teatro. Foi então que o TMG convidou o professor e encenador Fernando Marques a trabalhar com o grupo. E pouco tempo depois surgia o Grupo de Teatro e o desejo de levar a cena a primeira peça. Trabalham há seis meses neste projecto.
Sobre a peça que vão estrear, “O Meu Caso” foi escrita e publicada por José Régio no início dos anos 30 do século passado na revista Presença que, com outros, o autor dirigia. Numa perspectiva vanguardista, fiel ao espírito de oposição à literatura então reinante, uma boa parte dos textos que aí se publicavam pretendia denunciar o vazio e o corriqueiro que para os presencistas era apanágio da literatura e do teatro português da época.
Música no Café Concerto, dia 25

O Festival Y no TMG com “Abztraqt Sr Q”

No próximo dia 25 de Maio (sexta), a Quarta Parede – Associação de Artes Performativas da Covilhã e o TMG apresentam no Café Concerto o espectáculo de música “Abztraqt Cir Q”.

“Abztraqt Cir Q” são um grupo de músicos cujos destinos se cruzaram no Extremo Oriente. Auto intitulam-se: «Andy Newman, o baterista pedante. Egon Crippa, o baixista esquivo. Dichma Rahma, a vocalista inconstante. Peter Shuy, o guitarrista neurótico». Fechados no seu próprio mundo, o Xing Palace Place e o seu magnífico jardim, desconstroem canções e deixam-se embalar pela cacofonia. Inventam-se dialectos, reinventa-se a ortografia, subverte-se a fonética, recusam-se as convenções. Não procuram o óbvio mas acabam por encontrá-lo.

O concerto está marcado para as 22h00 e tem entrada livre. Esta actividade integra a 10ª edição do Festival Y, levado a cabo pela Quarta Parede.


Instalação no Café Concerto de 29 de Maio a 17 de Junho
“Passe” de Ana Couto

A partir do próximo dia 29 de Maio, o Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda terá patente a instalação de fotografia “Passe”, de Ana Couto.

Trata-se de uma exposição fotográfica com cerca de 1500 rostos, a preto e branco, maioritariamente das décadas de 60 e 70 do século XX, da região da Guarda. Fotos tipo “Passe” que remetem para as memórias de homens e mulheres, numa lógica documental e histórica que as imagens transportam.

A instalação ficará patente até 17 de Junho e poderá ser visitada no horário de funcionamento do Café Concerto. A entrada é livre.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Para mais informações, contactar:

Gabinete de Comunicação e Imagem

Culturguarda E.M. / Teatro Municipal da Guarda

Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL



Tel. 00351 271 205 240 • Fax. 00351 271 205 248

gci@tmg.com.pt

www.tmg.com.pt
Catálogo: Images -> file
file -> Estado de mato grosso
file -> Teatro no Grande Auditório, dia 1 de Junho Companhia João Garcia Miguel traz “Romeu e Julieta” ao tmg
file -> No Pequeno Auditório, dia 15 de Julho Música electrónica e vídeo com Phill Niblock e Katherine Liberovskaya
file -> Música no Grande Auditório, dia 23 Março
file -> Espectáculo que comemora os 812 anos da Guarda, dias 26 e 27 de Novembro no tmg a guarda e o seu universo poético revisitados por guardenses em dia de aniversário!
file -> Música no Pequeno Auditório, dia 27 de Setembro Ensemble Vortex abre o ciclo Síntese no tmg
file -> Musical em Patins, dia 14, no Grande Auditório “Cinderela” no Famílias ao Teatro
file -> Teatro no Pequeno Auditório, dia 27 “Não se brinca com o amor” pelos Artistas Unidos
file -> Dança no Grande Auditório, dia 26 de Outubro Companhia Nacional de Bailado apresenta coreografias de Anne Teresa De Keersmaeker
file -> No Pequeno Auditório, dia 13 de Julho


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal