Tema: Cansados, mas ainda perseguindo



Baixar 14.2 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho14.2 Kb.
Texto: Jz 8.4

Tema: Cansados, mas ainda perseguindo


Introdução

I – A história de Gideão.



  • Desafiado por um exército inimigo com milhares de guerreiros;

    • Teoricamente um exército mais poderoso;

    • Um exército mais preparado.




  • Montou, de acordo com as instruções de Deus um exército de trezentos homens;

  • Gideão vai até o templo midianita e destrói o altar de Baal;

    • Há pessoas que precisam destruir alguns altares;

      • Altares da idolatria;

      • Altares do medo e da insegurança;

      • Altares de pecados;

      • Altares de crenças erradas quanto a vontade de Deus;

      • Altares da displicência quanto a uma vida com Deus;

  • Após isso Gideão e seu exército vencem os midianitas;




  • Com essa vitória, a tribo de Efraim começa a ficar amedrontada, pois um pequeno exército de trezentos soldados destruíram milhares de outros soldados.



I Parte – O que nos deixa cansados.



  1. Muitas lutas surgem em nossas vidas;

  1. Lutas físicas

    1. São enfermidades;

    2. É o próprio esgotamento que parece nunca ter fim;

    3. São nossas limitações.




  1. Lutas sentimentais;

    1. Desanimo é o primeiro;

    2. Mágoas vem logo em seguida;

    3. Descrédito em nós mesmos e no poder que há em nós.



  1. Lutas espirituais;

    1. Afronta de forças malignas;

    2. Tentações pata que sedamos e sejamos destruídos;

    3. Desanimo em buscar a Deus;

II Parte – O que nos motiva




  1. Na naturalidade de nosso cansaço, lembramos dos feitos de Deus;

  1. Quantas vitórias já recebemos;

  2. A última benção que testemunhamos;

  3. A Palavra de Deus.




  1. Imagine Gideão:

    1. Havia acabado de sair de uma luta e vem logo outra em seguida;

      1. Talvez os soldados reclamavam;

      2. Talvez os soldados o afrontavam;

      3. Talvez alguns de seus soldados estivesse com algum ferimento;

      4. Quem sabe, Gideão estivesse com algum ferimento, mesmo que leve, mas incomodava.




    1. Diante disso, a única coisa que martela na cabeça de Gideão é a Palavra;

      1. “...O Senhor é contigo, ó homem valoroso.” (Jz 6.12b)

      2. “...Vai nesta tua força, e livra a Israel da mão de Midiã; porventura não te envio eu?” (Jz 6.14b);

      3. “... Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como a um só homem.” (Jz 6.16b)

      4. “...Paz seja contigo, não temas; não morrerás.” (Jz 6.23b)




    1. Era o que motivava Gideão;

      1. Ele estava cansado, mas Deus prometeu;

      2. Suas forças estavam acabando, mas a Palavra de Deus em suas promessas fortaleciam-no;

      3. A cada buraco, a cada dor, a cada gota de suor que escorria de seu rosto, uma certeza era latente: EU VENCEREI!!! DEUS PROMETEU!!!

III Parte – A atitude de Gideão



    1. Gideão já estava cansado, mas ainda perseguindo;

          1. É natural que o crente se canse de algumas lutas;

          2. Mas não é natural que os crentes parem de perseguir a vitória;

            1. Não é natural por que o servo de Deus é o único que tem certeza da vitória.

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8.31)


          1. Talvez você tenha acabado de sair de uma luta vitorioso, mas logo apareceu outra. NÃO PARE!!! Mesmo cansado continue perseguindo em busca da vitória.

          2. O inimigo tem se levantado a muito e sua luta não acaba, mesmo cansado, continua perseguindo a sua vitória.

          3. Quem nos dá a vitória é ao Senhor!

“Mas graça a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.” (I Co 15.57)
“ porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” (I Jo 5.4)

            1. Nós temos pela fé a vitória;

            2. Ainda cansado estamos perseguindo a vitória;

            3. Em qualquer semana da campanha estamos perseguindo, pois a dará.

CONCLUSÃO




  • Deus deu a vitória a Gideão como promotera

“... Levantando-se, pois, Gideão, matou Zebá e Zalmuna, e tomou os crescentes que estavam aos pescoços dos seus camelos.” (Jz 8.21b)


  • A nós também Deus vai dar a vitória, somente uma coisa:

MESMO CANSADO,



CONTINUE PERSEGUINDO A SUA BENÇÃO!!!!


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal