Temas: política portugal turquia ue parlamento ar: Mota Amaral na Turquia para estreitar relações entre Lisboa e Ancara



Baixar 10.22 Kb.
Encontro25.07.2016
Tamanho10.22 Kb.
26-10-2004 8:44:00.  Fonte LUSA.    Notícia SIR-6461012
Temas:  política portugal turquia ue parlamento

AR: Mota Amaral na Turquia para estreitar relações entre Lisboa e Ancara




Lisboa, 26 Out (Lusa) - O "estreitamento de relações" entre Lisboa e Ancara, que espera "luz verde" no final do ano para iniciar negociações de adesão à UE, é o principal objectivo da visita oficial do Presidente da Assembleia da República à Turquia.

"As relações entre Portugal e a Turquia têm vindo a estreitar- se e esta será uma oportunidade para uma aproximação com os principais responsáveis turcos", disse Mota Amaral, que visita o país entre hoje e sábado, acompanhado por uma comitiva de deputados dos quatro principais partidos com assento parlamentar.

A aproximação do dia 17 de Dezembro - data em que os chefes de Estado e de governo dos 25 irão pronunciar-se sobre a abertura ou não de negociações de adesão com a Turquia - confere também especial simbolismo à visita, a convite do seu homólogo turco, reconheceu o presidente do Parlamento.

"Da parte portuguesa entendemos que faz todo o sentido corresponder ao desejo (da Turquia) de aderir à União", afirmou Mota Amaral, que transmitirá aos principais responsáveis políticos turcos a posição de Lisboa relativamente ao processo de adesão de Ancara.

Para o presidente da AR, a Turquia "tem feito grandes progressos" no sentido do cumprimento dos critérios à luz dos quais será aferida a capacidade de Ancara se tornar membro de pleno direito da União.

Numa resposta aos que apontam as especificidades da Turquia para se oporem à adesão do país à União, o presidente da Assembleia da República defende que "a Europa pós-alargamento a 25 é já muito diferente do que era no início".

A presença da Turquia permitiria, além disso, à União Europeia "ampliar as suas fronteiras e a sua população", passar a contar com "o arsenal militar turco, que é apreciável" e "ter no seu seio um grande Estado cuja população é quase inteiramente muçulmana, mas segundo padrões ocidentais", acrescentou.

A comitiva da Assembleia da República chega hoje a Ancara, mas só no na quarta-feira têm início os contactos ao mais alto nível.

Após a deposição de flores no mausoléu de Ataturk, Mota Amaral será recebido pelo seu homólogo turco, Bulent Arinc.

O presidente da Assembleia da República segue depois, ao final da manhã, para o palácio presidencial, onde será recebido pelo chefe de Estado turdo, Ahmet Necdet Sezer.

à tarde, depois de um almoço com o embaixador de Portugal em Ancara, Jorge Alberto Nogueira, a comitiva regressa à Grande Assembleia Nacional para encontros com o presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Turquia-Portugal, Faruk Koca, e com o presidente da Comissão para a Integração na União Europeia, Yasar Yakis.

Para o final da tarde está previsto outro dos momentos altos da visita, a audiência com o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, que no início de Dezembro receberá o seu homólogo português, Pedro Santana Lopes.

O primeiro dia de visita termina com um jantar oferecido pelo presidente do Parlamento turco.

Quinta-feira, o presidente do Parlamento segue para Istambul, onde almoça com membros da Associação de Industriais e Empresários da Turquia (TUSIAD), visitando em seguida o palácio de Dolmabahce.

Um jantar de trabalho com o presidente da Fundação para os Estudos Sociais do Grupo de Estratégia de Marmara, Akkam Suver, encerra mais um dia de visita oficial.

A agenda de sexta-feira, que inclui a visita a pontos históricos da cidade como o Museu de Santa Sofia e a Mesquita Azul, termina com um encontro com jornalistas de política internacional, seguido de um jantar com o presidente do Conselho de Administração do Banco Europa, Tezcan Yaramanci.



PGF.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal