Trabalho 1º ano/ 2º bimestre – história e português proposta



Baixar 23.18 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho23.18 Kb.
TRABALHO 1º ANO/ 2º bimestre – HISTÓRIA E PORTUGUÊS

Proposta: A descoberta da América no cinema – História e Narrativa

Os estudantes deverão assistir ao filme “1492 – A Conquista do Paraíso” (disponível na integra em: http://www.youtube.com/watch?v=nn7qyNVhNwI) e, a partir da análise do filme e de pesquisa sobre o processo das grandes navegações, elaborar uma nova versão do filme, contando de forma resumida a viagem de Colombo até a América.



Especificações do Trabalho:

  • O grupo (de 8 integrantes) deverá apresentar um roteiro por escrito do filme a ser produzido.

  • O filme feito pelo grupo deve ter de 3 (três) até 7 (sete) minutos de duração, não devendo exceder esse tempo.

  • O trabalho deve apresentar, nos créditos finais: o nome de todos os integrantes do grupo e sua respectiva colaboração no filme; as disciplinas solicitantes da atividade (História e Português) e o nome do Colégio Energia Barreiros.

  • O filme deve salvo em formato que seja executável no Windows Media Player e entregue em DVD, que precisa ter capa (produzida pelo grupo) devidamente identificada com a turma e o nome dos integrantes do grupo.

Critérios de avaliação:

  • Qualidade artística do trabalho (capa, atuação, edição e organização);

  • Observação a todas as instruções;

  • Abordagem do contexto histórico;

  • Criatividade da adaptação e originalidade do texto;

  • Roteiro (conteúdo, coerência, coesão, correção gramatical).

 

Entrega:

1A – 17/06

1B – 17/06

1C – 19/06


ATENÇÃO!!!

  • Trabalhos entregues após o prazo não serão aceitos e o grupo terá nota zero.

  • Plágios e outras atitudes em desacordo com a ética também poderão resultar na desqualificação do trabalho. 

MODELO DE ROTEIRO

O modelo de roteiro que segue diz respeito a algumas cenas do filme “A matadeira”, de Jorge Furtado. No total, o referido filme tem 21 cenas, já que se trata de um longa metragem. Abaixo, seguem apenas 4 delas, para que os grupos tenham uma noção de como se elabora um roteiro.

O grupo do trabalho deve elaborar tantas cenas quantas forem necessárias para que fique clara a proposta de sua filmagem.

A MATADEIRA
 
                   Roteiro de Jorge Furtado
                   Versão de 23/11/1993
 
                   Produção: Casa de Cinema de Porto Alegre
 
*******************************************************************
 
CENA 0 - CARTÃO
 
                  "Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda
                   a história, resistiu até o esgotamento
                   completo. Expugnado palmo a palmo, na precisão
                   exata do termo, caiu no dia cinco de outubro
                   de 1897, ao entardecer, quando caíram os seus
                   últimos defensores, que todos morreram. Eram
                   quatro apenas: um velho, dois homens feitos
                   e uma criança, na frente dos quais rugiam
                   raivosamente cinco mil soldados".
 
                   Euclides da Cunha, "Os Sertões".
 
 
CENA 1 - QUARTEL / ESTÚDIO
 
Um jovem OFICIAL INGLÊS mostra uma pequena peça metálica.
Fora de quadro, um INTÉRPRETE vai traduzindo o que ele diz. O
intérprete fala muito alto, quase gritando, enquanto o oficial
inglês fala em tom bem baixo. O som ambiente sugere um grande
espaço e um grande público, que não é mostrado.
 
                  

OFICIAL INGLÊS


                   And this... is the fuse.
 
                   INTÉRPRETE (FQ)
                   Esta é a espoleta.
 
                   OFICIAL INGLÊS
                   The fuse is the main piece of the trigger.
 
                   INTÉRPRETE (FQ)
                   A espoleta é a peça principal do gatilho.
 
                   OFICIAL INGLÊS
                   The trigger is the main piece of the gun.
 
                   INTÉRPRETE (FQ)
                   O gatilho é a parte principal do canhão.
 
                   OFICIAL INGLÊS
                   So, if you have no fuse, you have no gun.
 
                   INTÉRPRETE (FQ)
                   Logo, se vocês não tiverem espoleta, vocês não
                   tem canhão.
 
                   OFICIAL INGLÊS
                   (olhando para os dois lados) Do you have some
                   question?
 
O oficial inglês, o intérprete e vários OFICIAIS BRASILEIROS
estão sobre um palanque.
 
                   INTÉRPRETE (FQ)
                   Alguma pergunta?
 
Os oficiais brasileiros se entreolham. Sem perguntas.
 
                   OFICIAL INGLÊS
                   (pausa) So, here it is. (volta-se para o
                   fundo) The Withworth 32.
 
O fundo do palanque, uma imensa porta metálica, se abre revelando
o canhão "Withworth 32", a "Matadeira".
 
 
CENA 2 - PÁTIO DO QUARTEL / ESTÚDIO
 
Detalhes do canhão em movimento, puxado por várias juntas de de
bois. Os planos iniciais são bastante fechados. No final da
sequência revela-se o conjunto: o imenso canhão sobre rodas,
puxado por vinte juntas de bois e acompanhado por cerca de cem
soldados da infantaria e da cavalaria.
 
                   LOCUÇÃO
                   "Vi a grande máquina avançando,
                   escurecendo o sol.
                   Todos se deitavam em seu caminho,
                   ninguém fugia.
                   Meu amor e eu olhamos, sem compreender,
                   este mistério sangrento.
                   "Deitem-se, deitem-se!" gritavam todos.
                   "A grande máquina é a história!"
 
 
CENA 3 - ESCRITÓRIO / ESTÚDIO
 
Um PROFESSOR sentado num escritório. O fundo é uma grande estante
coberta de livros. Ele fala diretamente para a câmera.
 
                   PROFESSOR
                   O massacre de Canudos tem uma causa bastante
                   simples.
 
 
CENA 4 - TABLE-TOP
 
Animação. O texto iniciado na CENA 3 é didaticamente ilustrado
numa animação.
 
                   LOCUÇÃO DO PROFESSOR
                   Com o fim do ciclo da mineração no Brasil, a
                   economia do nordeste, que era baseada
                   especialmente no gado e seus derivados, entra
                   em colapso. O sertão se transforma num imenso
                   sistema de economia de subsistência.  Neste
                   momento estoura, nos Estados Unidos, a guerra
                   da Secessão. Acontece que a Europa,
                   principalmente a Inglaterra, dependia do
                   algodão americano para sua indústria. E o
                   nordeste brasileiro poderia suprir esta
                   necessidade. Estradas de ferro são construídas
                   e linhas de vapor ligam o nordeste a
                   Liverpool. Os sertanejos passam a ser
                   aliciados numa ampla rede de favores onde os
                   coronéis doam pequenos bens materiais e o
                   direito temporário sobre o uso da terra. Um
                   dia, a guerra acabou. A Inglaterra normaliza
                   sua relações com os Estados Unidos e a
                   economia do nordeste entra em colapso.
 
Os coronéis, sem recursos, não conseguem manter os laços de
dependência com a antiga clientela. Este quadro caótico favorece
o surgimento de bandos de cangaceiros e de ajuntamentos em torno
de líderes religiosos, como foi o caso de Canudos.



 
 

Catálogo: imagens -> uploads
imagens -> Cria o Fundo Garantia-Safra e institui o Benefício Garantia-Safra, destinado a agricultores familiares vitimados pelo fenômeno da estiagem, nas regiões que especifica
imagens -> FatosHistSobreCalculo (Aula01-Top. 1-Link 2)
imagens -> 1. Ente da Federação uf
imagens -> Ives gandra da silva martins
imagens -> Edital de processo de seleçÃo interna nº 001/epsi/cfs/coei/2009
uploads -> Unidade Barreiros Professor(a)
uploads -> Disciplina: Língua Portuguesa
uploads -> Disciplina: Língua Portuguesa
uploads -> Na história do pensamento grego houve uma fase muito particular que foi extremamente importante, mas de duração relativamente curta: o período dos sofistas. Esse período compreendeu os séculos IV e V a. C
uploads -> Egito antigo períodos da história do Egito antigo


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal