Ufv / VIII simpos / outubro de 2008 / economia rural



Baixar 4.75 Kb.
Encontro18.07.2016
Tamanho4.75 Kb.






UFV / VIII SIMPOS / OUTUBRO DE 2008 / ECONOMIA RURAL



O CAMPO DAS ORGANIZAÇÕES DE EDUCAÇÃO COOPERATIVISTA E SUAS TRANSFORMAÇÕES COM A CRIAÇÃO DO SESCOOP

PALLOMA ROSA FERREIRA (Bolsista CAPES/UFV), NORA BEATRIZ PRESNO AMODEO (Orientador/UFV)

A educação cooperativista sempre foi uma ação relevante para as cooperativas e por isso merecedora da atenção dos seus estudiosos, sendo reconhecidamente um dos pilares de sustentação do desenvolvimento cooperativo, formando parte tanto dos princípios, como das necessidades explícitas destas organizações. Diante desta realidade, o trabalho em questão, pretende entender como está estruturado o campo das organizações de educação cooperativista, principalmente a partir da chegada do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) em 1999, como um importante ator a compor este campo. Assim, tem por objetivo aprofundar nos aspectos relativos à história, estrutura e o funcionamento do campo das organizações de educação cooperativista que atuam junto às cooperativas agrárias no Estado de Minas Gerais e analisar as posições, disposições e tomada de posição dos agentes engajados nesse campo. Para tanto, será realizado um relevamento das organizações que compõem esse campo, onde será possível também aproveitar as discussões teóricas empreendidas por alguns acadêmicos e cooperativistas que dedicam seus estudos à educação cooperativista, permitindo através de suas concepções entender as implicações desta educação para os empreendimentos cooperativos e para o sistema cooperativista como um todo. Destaca-se que uma importante contribuição advém também da Teoria de Campo de Pierre Bourdieu, para o desenvolvimento deste trabalho, pois dá significativos elementos para entender este campo específico, qual seja, o das organizações de educação cooperativista.

 

 



 

 



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal