Unisalesiano



Baixar 74.57 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho74.57 Kb.




O PROGRAMA 5S: UM ESTUDO DE CASO NA CANON JAPAN
THE 5S PROGRAM: A CASE STUDY IN CANON JAPAN

Cristiane Uehara – cris_uehara@hotmail.com

Luiz Miller Martinho – lmsm-@hotmail.com

Bacharéis em Administração

Prof.ª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame – maris@unisalesiano.edu.br

UNISALESIANO


RESUMO
Após a devastação da Segunda guerra mundial, o Japão, um país com poucos recursos naturais e praticamente arrasado, teve que buscar alternativas para produzir com eficiência e qualidade utilizando o mínimo de recursos possíveis a fim de conseguir a condição de competir com as grandes potências industriais. Com o passar dos anos, muitas empresas japonesas alcançaram o sucesso e conseguiram oferecer produtos com qualidade elevada utilizando-se do Programa 5S, o qual originou-se de cinco palavras japonesas: seiri, seiton, seiso, seiketsu e shitsuke que viabiliza a implantação de um processo de gestão que prima pela otimização dos recursos, redução dos desperdícios e alavancagem da qualidade total. Com o objetivo de verificar a importância do Programa 5S foi realizada uma pesquisa de campo descritiva com abordagem qualitativa e quantitativa com ex-funcionários brasileiros de oito filiais da empresa Canon Japan os quais trabalharam na linha de produção de lentes de scanners e em outros setores da empresa e afirmaram que a empresa busca melhorias contínuas através do Programa 5S.
Palavras-chave: Programa 5S. Alavancagem. Qualidade total.

ABSTRACT
After the devastation of World War II, Japan, a country with few natural resources and virtually crushed, had to seek alternatives to efficiently produce and quality using the minimum possible resources in order to achieve the status of competing with the big industrial powers . Over the years, many Japanese companies have achieved success and were able to offer products with high quality if using the 5S Program, which originated from five Japanese words: seiri, seiton, seiso, seiketsu and shitsuke that enables the deployment of a management process that excels in optimizing resources, reducing waste and leverage total quality. In order to verify the importance of 5S a search field with a descriptive qualitative and quantitative approach with Brazilian ex-employees at eight branch offices Canon Japan was performed which worked in lens production line scanners and other sectors of company and stated that the company seeks continuous improvements through the 5S Program.
Keywords: 5S Program. Leverage. Total quality.

INTRODUÇÃO
O Japão, país que fora arrasado pela Segunda Guerra Mundial, tinha que implementar ações urgentes para a reestruturação de um país arrasado pela guerra.O país empobreceu em virtude da guerra e a concorrência norte-americana era sufocante, pobre em recursos naturais e com um mercado pequeno. Diante disso, precisou ser mais competitivo no mercado internacional e produzir em pequena escala e com qualidade.

Pela necessidade de qualidade surgiu em meados de 1950 o Programa 5S que tem como objetivo o desenvolvimento de hábitos saudáveis. (GODOY, 2004).

Significado do nome 5S’s que se originou-se das iniciais de cinco palavras japonesas de acordo com Osada (2004):


  1. Seiri = Senso de Organização: na linguagem do 5S’s, significa identificar o necessário do desnecessário, tomar decisões difíceis e implementar o gerenciamento pela estratificação, para livrar-se do desnecessário;

  2. Seiton = Senso de Arrumação: arrumar significa colocar as coisas nos lugares certos ou dispostas de forma correta, para que possam ser usadas prontamente, é uma forma de acabar com a procura de objetos;

  3. Seiso = Senso de Limpeza: em geral, essa palavra significa limpar para que tudo fique limpo como: acabar com o lixo, a sujeira e tudo que for estranho, até tudo ficar limpo;

  4. Seiketsu = Senso de Padronização: padronizar significa manter a organização, a arrumação e a limpeza contínua e constantemente. Abrange tanto a limpeza pessoal quanto a limpeza do ambiente;

  5. Shitsuke = Senso de Disciplina: significa treinamento e capacidade de fazer o que deseja, mesmo quando é difícil, na linguagem dos 5S’s significa ter capacidade de fazer as coisas como deveriam ser feitas. Dar ênfase na criação de um local de trabalho com bons hábitos e disciplina.

Com o objetivo de verificar a importância do Programa 5S foi realizada uma pesquisa de campo descritiva com abordagem qualitativa e quantitativa com ex-funcionários brasileiros de oito filiais da empresa Canon Japan, fundada em 1937 em Tóquio pelo Dr. Takeshi Mitarai.

Para a realização da pesquisa utilizou-se dos métodos: de revisão bibliográfica, histórico e de estudo de caso.


1 A EMPRESA
A fundação da Canon data de 1937, em Tóquio, Japão, por iniciativa do Dr. Takeshi Mitarai, reunindo a equipe de uma pequena empresa, o Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos, por sua vez constituída em 1933 com objetivo de desenvolver e produzir câmeras fotográficas de qualidade, até então, exclusivamente importadas e muito caras. O primeiro produto carregou a marca Kwanon, o nome da antiga deusa asiática, que deu origem em seguida à moderna denominação Cânon, traduzido como "padrão de comparações", em linha com os ambiciosos objetivos de desenvolvimento de alta tecnologia.

De acordo com Dr. Takeshi Mitarai (2014), a Canon atua visando um controle de qualidade rigoroso com iniciativas ambientais que promove o cumprimento e o desenvolvimento de recursos humanos para a sociedade. Através destas atividades, procura crescer e prosperar ao longo dos próximos 100 e até 200 anos, com o objetivo de ser uma empresa global verdadeiramente excelente que é admirada e respeitada em todo o mundo.




    1. Conselhos de administração, fiscal e diretoria


Origem: Japão.
Fundação:
 10 de agosto de 1937.
Fundador: Takeshi Mitarai, Goro Yoshida e Saburo Uchida.
Sede mundial: Tóquio, Japão.
Proprietário da marca: Canon Incorporated.
Capital aberto: Sim (1949).
CEO:
 Fujio Mitarai.
Presidente: Tsuneji Uchida.
Presença global:
 200 países.
Segmento: Fotografia e Imagem.
Principais produtos: Câmeras, fax, copiadoras, scanners e impressoras.
Principais concorrentes: Kodak, Panasonic, Nikon, Olympus, Xerox e HP.

1.2 A filosofia corporativa da Canon Kyosei
A filosofia corporativa da Canon é o Kyosei (espírito de cooperação), o qual transmite a dedicação em enxergar a todos, independente da cultura, costumes, língua ou raça, vivendo e trabalhando juntos de forma harmoniosa e felizes rumo ao futuro. Infelizmente, fatores atuais relacionados à economia, recursos e meio ambiente tornam mais difícil a realização do Kyosei.

A Canon esforça-se para eliminar esses fatores através de atividades sociais enraizadas no Kyosei. Empresas verdadeiramente global devem promover boas relações com os clientes e comunidade bem como com os governos, regiões e meio ambiente como parte do cumprimento de suas responsabilidades sociais.

Por esta razão, o objetivo da Canon é contribuir para a prosperidade global e o bem-estar da humanidade, enquanto continuam seus esforços para trazer o mundo mais perto de alcançar o Kyosei.



    1. O dna corporativo da Canon

Há mais de 70 anos de história está o DNA corporativo da Canon: o respeito pela humanidade, a ênfase em tecnologia e um espírito empreendedor.

O espírito empreendedor em que a Canon foi iniciada diferencia-se pela tecnologia que permanece na empresa e continua a prover novas tecnologias à sociedade.

A Canon está empenhada em passar seu DNA corporativo às futuras gerações para garantir o crescimento contínuo da empresa.




    1. Logotipo

O logotipo da Canon, com a sua cor vermelha viva, é familiar para as pessoas ao redor do mundo. No entanto, o logotipo sofreu uma série de alterações antes de chegar a sua forma atual.

Em 1933, quando a Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos foi estabelecida, o nome dado para as câmeras fabricadas em caráter experimental na época era Kwanon. Este título reflete a benevolência de Kwanon, a deusa budista da misericórdia e incorpora a visão de criar as melhores câmeras do mundo da empresa. O logotipo incluía a palavra com uma imagem de "Kwanon com 1.000 braços" e chamas. (CANON, 2014).
Figura 1: Evolução logotipo da Canon

Fonte: Elaborado pelos autores, 2014.


1.4.1 Evolução do logotipo
A designer especializada em publicidade criou o logotipo original da Canon em 1935. O "C" com sua extremidade superior curvada para dentro terminando com uma ponta afiada. Este estilo de tipo de letra não existia na Europa nem na América do Norte.

O nome e o logotipo da Canon foram criados para refletir as perspectivas globais que a Companhia adotou desde o início de sua história.

O Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos passou por diversas mudanças de nome antes da aprovação da Canon Câmera Co. Inc., em 1947. Esta mudança foi significativa na medida em que a marca Canon e os nomes das empresas foram unificadas pela primeira vez em sua história. Várias versões do logotipo também foram utilizadas, até que uma versão unificada foi criada em 1953. 

Depois de refinamentos, o logotipo utilizado hoje foi aperfeiçoado em 1956 e manteve-se inalterado durante quase meio século.




    1. A Canon no mundo

Com marca registrada em mais de 200 países e faturamento na ordem dos US$ 45 bilhões, e com cerca de 400 mil funcionários em todo o mundo, a Canon destaca-se pelo desenvolvimento de tecnologias de gerenciamento de documentos e de imagem e pela fabricação de uma ampla variedade de produtos que vão desde câmeras, copiadoras e impressoras, até equipamentos ópticos para a indústria de semicondutores e lentes profissionais.

A empresa é a terceira maior dos Estados Unidos em número de patentes e sustenta um investimento diário de US$ 6 milhões em pesquisa e desenvolvimento. (CANON, 2013).

Hoje, mais de 67% do faturamento mundial da companhia provém de soluções destinadas ao mercado corporativo. (CANON, 2014).

Em cada linha de produtos que participa, a Canon considera como desafio próprio nada menos que atingir seu padrão de excelência de tecnologia em todo o mundo, quase sempre resultando em destacadas posições de liderança nos mercados.

Quadro 1: A Canon em números 2013




Canon

Vendas líquidas

Funcionários

Global

$ 35.537 milhões

194.151

Europa

$ 10.714 milhões

22.577

Américas

$ 10.090 milhões

18.744

Japão

$ 8.279 milhões

83.005

Ásia e Oceania

$ 7.915 milhões

84.487

Fonte: Canon, 2013
As vendas líquidas e o número de empregados são baseados nas demonstrações financeiras consolidadas para o exercício encerrado em 31 de dezembro de 2013. Os valores em dólares americanos foram convertidos em ienes à alíquota de EUA $1 = JP ¥ 105, taxa de câmbio aproximada no Mercado Tokyo Foreign Exchange (Mercado de cambio) em 30 de dezembro de 2013. (CANON, 2013).


    1. Canon no Brasil

Desde 1974 no país, a Canon do Brasil atua no fornecimento de equipamentos e soluções de tecnologia de imagem, visando atender o público nacional com competência de uma marca líder mundial no segmento em que atua. 

A Canon do Brasil atualmente é responsável pela distribuição de equipamentos e soluções na linha de impressão, controle e gerenciamento de documentos com equipes especializadas para atendimento de pequenas, médias e grandes empresas e revendedores autorizados espalhados por todo o território nacional.

Com equipamentos e soluções especializadas para cada área, a Canon do Brasil possui estrutura técnico-operacional própria, tendo como desafio estabelecer o padrão de excelência em tecnologia a serviço da sociedade global. 

Atualmente, a distribuição das linhas de consumo como: câmeras digitais, filmadoras e impressoras de uso pessoal são comercializadas por distribuidores exclusivos da marca Canon como a Opeco e Elgin S/A.

Com mais de 450 funcionários diretos, a Canon do Brasil têm sérios objetivos de crescimento e penetração no mercado, atuando de forma transparente, contribuindo seriamente para o avanço social e tecnológico do país. 
São esses os fatores que fazem da Canon uma empresa sólida, responsável e transparente, que garante a confiança de quem fez e faz a marca, uma das 100 mais poderosas e lembradas no mundo.
2 O PROGRAMA 5S
O Programa 5S originou-se das iniciais de cinco palavras japonesas de acordo com Osada (2004):


  1. Seiri = Senso de Organização: na linguagem do 5S’s, significa identificar o necessário do desnecessário, tomar decisões difíceis e implementar o gerenciamento pela estratificação, para livrar-se do desnecessário;

  2. Seiton = Senso de Arrumação: arrumar significa colocar as coisas nos lugares certos ou dispostas de forma correta para que possam ser usadas prontamente, é uma forma de acabar com a procura de objetos;

  3. Seiso = Senso de Limpeza: em geral, essa palavra significa limpar para que tudo fique limpo como: acabar com o lixo, a sujeira e tudo que for estranho, até tudo ficar limpo;

  4. Seiketsu = Senso de Padronização: padronizar significa manter a organização, a arrumação e a limpeza contínua e constantemente. Abrange tanto a limpeza pessoal quanto a limpeza do ambiente;

  5. Shitsuke = Senso de Disciplina: significa treinamento e capacidade de fazer o que deseja, mesmo quando é difícil, na linguagem dos 5S’s significa ter capacidade de fazer as coisas como deveriam ser feitas. Dar ênfase na criação de um local de trabalho com bons hábitos e disciplina.

Figura 2: 5S



Fonte: Elaborado pelos autores, 2014.


2.1 O programa 5S como base para a qualidade total
Para Moraes (2010), o Programa 5S foi a base da implantação do Sistema de Qualidade Total nas empresas.

Martins (2005) enaltece que um dos aspectos que mais chamam a atenção de qualquer pessoa quando visita uma fábrica ou qualquer ambiente de trabalho é o seu estado de limpeza, organização, ordem e asseio. “A limpeza, ordem, organização, por si só, não garantem a qualidade e produtividade, mas sua falta certamente garante a falta de qualidade e baixa produtividade.” (MARTINS, 2005, p. 463).


2.2 Qualidade
Segundo Lucinda (2010), a qualidade significa diferentes coisas para diferentes pessoas, contudo, grande parte das pessoas concorda quanto a alguns aspectos tais como:

  1. qualidade é aquilo que me satisfaz;

  2. está relacionada a um preço justo;

  3. está reacionada a um produto que funciona corretamente;

  4. está relacionada a um serviço prestado de forma a superar as expectativas de quem dele faz uso.

Lucinda (2010) exalta que no fim das contas, percebe-se que a qualidade é aquilo que se faz bem, aquilo que agrada.

Já para Campos (2004, p.2) “um produto ou serviço de qualidade é aquele que atende perfeitamente, de forma confiável, de forma acessível, de forma segura e no tempo certo às necessidades do cliente”.


2.3 Qualidade total
A administração da qualidade total está difundida em todas as economias desenvolvidas, sendo muito difícil encontrar gestores que não conhecem esse conceito. (SLACK; CHAMBERS; JOHNSTON, 2009).

Essa abordagem sobre qualidade total passa a significar muito mais do que prevenção de erros, abrangendo assim, como as operações e os processos deve ser administrada, e consequentemente, torná-los mais eficientes. Isso acontece pelo fato do enfoque dado na administração da qualidade total nos fundamentos da administração de operações e processos, onde produzir, entregar ou prestar serviços, seja no curto ou no longo prazo, requer controle, sendo importante a aplicação dos fundamentos da administração da qualidade total em qualquer atividade para buscar melhoria e maior eficiência. (SLACK; CHAMBERS; JOHNSTON, 2009).


2.4 A importância da qualidade nas empresas
Conforme Ferreira (2011), a qualidade tornou-se um instrumento primordial para o sucesso das organizações em ambientes competitivos. A importância da qualidade em qualquer ramo de atividade não pode ser apenas vista como um diferencial, mas sim, como uma das únicas formas de manter-se competitiva buscando a cada dia novas maneiras de melhorias na cadeia produtiva bem como a satisfação do cliente.

Diante de um mundo globalizado onde as barreiras socioeconômicas estão diminuindo, cada vez mais os clientes estão buscando produtos e serviços com qualidade e as empresas têm que se adequar a este cenário eliminando atividades que não agregam valor, oferecendo produtos com qualidade e valor reduzido.


2.5 Como implantar o programa 5S
Segundo Ribeiro (1994), o programa 5S na empresa pode ser implantado como um plano estratégico que, ao decorrer do tempo da utilização, passa a ser rotineiro trazendo como vantagens mudanças comportamentais em todos os níveis hierárquicos.

Para implantar esse programa, embora composto de técnicas simples, deve-se seguir alguns passos fundamentais conforme Ribeiro (1994):



  1. sensibilização: para maior comprometimento na execução do 5S é necessário sensibilizar e explicar a alta administração todos os processos e benefícios dessa ferramenta;

  2. escolha do Gestor ou comitê: quando a direção da empresa, ou alta administração, adota o programa 5S, deve-se definir quem irá promovê-lo. O gestor deverá ter capacidade de liderança e conhecimento dos conceitos que fazem parte do programa 5S;

  3. anúncio oficial: após a decisão de implantar o programa 5S todos os colaboradores da organização devem ser informados, onde o anuncio poderá ser feito através de carta aberta ou de uma cerimônia, sempre deixando bem claro a importância da adoção dos conceitos do 5S;

  4. capacitação do gestor ou do comitê: a capacitação poderá ser realizada através de literatura específica, visitas em outros locais que já estejam implantando o programa 5S, cursos elaborados na empresa, cursos de Ensino à Distância (EAD), dentre outras alternativas de ensino;

  5. elaboração do plano de ação: o plano deve definir os objetivos a serem atingidos, as estratégias para atingi-los e os meios de verificação dos processos;

  6. treinamento da média gerência e facilitadores: esse treinamento deve buscar um comprometimento da media gerência em relação à execução do 5S, assim como, treinar pessoas habilitadas a dar continuidade ao programa;

  7. formação de comitês locais: esses comitês tem a função de promover e fiscalizar o funcionamento do 5S;

  8. treinamento de comitês para o inicio da implantação do 5S: para que os objetivos e metas sejam alcançados, é necessário que os comitês através do conhecimento adquirido sobre o 5S orientem e acompanhem os colaboradores durante o processo de implantação do programa.

Antes do lançamento do programa 5S deverão ser elaborados formulários, check list (lista de verificações) para avaliação de cada etapa do programa. Através desses formulários serão visualizadas se todas as etapas estão sendo cumpridas e onde ocorrem as falhas. (RIBEIRO, 1994).

Martins (2005), afirma que a ferramenta 5S têm aplicações não somente em grandes organizações, mas também nas pequenas empresas, nos trabalhos de escritórios, em canteiro de obras, em fundições ou em qualquer lugar, mesmo naqueles considerados sujos por natureza.




  1. A PESQUISA

Com o objetivo de verificar a importância do Programa 5S foi realizada uma pesquisa de campo descritiva com abordagem qualitativa e quantitativa com ex-funcionários brasileiros de oito filiais da empresa Canon Japan, fundada em 1937 em Tóquio pelo Dr. Takeshi Mitarai.

Os ex-funcionários entrevistados trabalharam na linha de produção de lentes de scanners e também em outros setores da empresa e afirmaram que a empresa busca melhorias contínuas através do Programa 5S o qual é uma ferramenta relativamente fácil de ser adotada, mas demanda treinamento e dedicação da comissão 5S e dos líderes para transmitir os ensinamentos de maneira objetiva, concisa e eficaz.A Canon Japan referente à pesquisa tem a seguinte localização:
Figura 3: Localizações das empresas Canon referente à pesquisa

Fonte: Adaptado Dreamstime, 2014.


Os dez entrevistados brasileiros que trabalharam na Canon Japan responderam aos seguintes questionamentos:

a) Você conhece o Programa 5s?

Todos os ex-funcionários que trabalharam na empresa Canon Japan conhecem o programa 5S. O programa 5S foi desenvolvido no Japão e pode ser aplicado em qualquer tipo de empresa, ambiente e em qualquer lugar do mundo, tanto dentro, quanto fora do ambiente de trabalho, de forma simples melhora a qualidade de vida. (FREITAS, 2010).



b) Se sim, esse conhecimento sobre o Programa 5S foi adquirido antes de trabalhar na empresa Canon do Japão?

60% dos entrevistados afirmaram que já conheciam o Programa 5S antes de trabalharem na empresa Canon. Contudo, 40% dos entrevistados desconheciam o Programa. A maioria dos entrevistados já tinha conhecimento sobre 5S por já terem trabalhado em outras empresas do Japão, entretanto, no Brasil essa ferramenta não é muito difundida.



c) A maneira com que a empresa Canon do Japão explicou o conceito e os objetivos do Programa 5S foi de fácil entendimento?

70% dos entrevistados afirmaram que a Canon explicou claramente os objetivos do Programa 5S facilitando a compreensão e aplicação.

No entanto, 30% compreenderam parcialmente as explicações dadas pela Canon sobre o Programa 5S, dificultando seu entendimento e aplicação.

O 5S é um programa educacional e de treinamento que busca qualidade total de maneira simples e revolucionária, através de constante aperfeiçoamento dos detalhes que fazem parte da rotina do dia a dia de trabalho. (ALMEIDA, 2006).



d) Você acredita que o Programa 5S facilitou a sua rotina de serviço?

100% dos entrevistados, após conhecerem e compreenderem o Programa 5S, afirmaram que o mesmo facilita a rotina do serviço alavancando maior produtividade. O 5S é um programa de gerenciamento que objetiva criar condições de trabalho a todas as pessoas em todos os níveis hierárquicos da organização e auxilia a rotina do trabalho. (FUGENCIO, 2007).



e) Você considera que o Programa 5S melhora o aproveitamento do ambiente e dos itens utilizados no trabalho?

100% dos entrevistados afirmam que o Programa 5S proporciona melhorias no ambiente de trabalho, pois elimina desperdícios, organiza o ambiente, reduz custos e alavanca à produtividade. Existem muitos itens desnecessários em todas as fábricas, entende-se como desnecessário tudo o que não é preciso para a produção atual. (HIRANO,1994).



f) O Programa 5S facilita a movimentação e a velocidade das atividades diárias?

100% dos entrevistados afirmaram que o Programa 5S facilita a movimentação e a velocidade das atividades diárias, pois com a organização e disciplinas o processo produtivo fica mais enxuto e eficaz.

“Programa 5S proporciona melhor organização, arrumação, limpeza, asseio e disciplina, eliminando os desperdícios, aumentando a produtividade e criando um excelente ambiente de trabalho.” (PALUDO, p.207, 2012).

g) O conceito de limpeza do Programa 5S trouxe benefícios a sua saúde?

70% dos entrevistados afirmaram que o senso de limpeza do programa 5S trouxe benefícios à saúde e a qualidade de vida no trabalho. No entanto, 30% afirmaram que parcialmente, talvez em virtude de falta de disciplina para a aplicação e manutenção dos sensos.



h) O seu aprendizado sobre o Programa 5S trouxe bons hábitos para sua vida particular?

90% dos entrevistados afirmaram que o programa 5S trouxe bons hábitos para sua vida particular, tais como: descarte do que não seja necessário, organização, limpeza, padronização, disciplina e educação. Contudo, 10% dos entrevistados afirmaram que parcialmente em virtude de não ter adotado os ensinamentos dessa ferramenta para seu dia a dia.

O entusiasmo pelo o 5S leva o programa para dentro de suas próprias casas, onde o gosto pelas coisas organizadas, pela limpeza e por um ambiente saudável é passado para família, num efeito multiplicador de extremo valor e altamente necessário ao nosso país. (ARAUJO, p.184, 2010).
i) Quais foram esses hábitos?

70% dos entrevistados afirmaram que o Programa 5S trouxe bons hábitos à sua vida particular em relação à disciplina e educação, 20% dos entrevistados em relação à organização e 10% dos entrevistados em relação ao descarte do que não seja necessário. A minoria conseguiu adquirir o hábito de descartar o que não seja mais necessário, é muito difícil descartar objetos pessoais, a maioria das pessoas

guarda pertences por anos ao invés de doar a uma instituição ou à pessoas necessitadas.

j) Qual foi seu cargo na empresa Canon do Japão?

50% dos ex-funcionários entrevistados trabalharam na linha de montagem, 30% trabalharam no controle de qualidade e 20% foram líderes.

- Quantos anos você trabalhou na empresa Canon do Japão?

50% dos entrevistados trabalharam 5 anos ou mais na empresa Canon, 30% trabalharam 4 anos, 10% 2 anos e 10% 1 ano. Percebe-se que a maioria tinha experiência.


CONCLUSÃO

A busca por melhorias no processo produtivo exige que as empresas empenhem grande esforço para otimização do tempo e maximização dos resultados, onde diante da pesquisa pode-se concluir que o Programa 5S auxilia e fornece suporte para a implantação da qualidade e de muitos princípios indispensáveis a qualquer organização.

Mesmo sendo uma ferramenta relativamente fácil de ser adotada, mas demanda treinamento e muita dedicação da comissão 5S e dos líderes para transmitir os ensinamentos da maneira objetiva, concisa e eficaz.

Nota-se diante dos depoimentos que a utilização do Programa 5S facilitou a rotina de serviço no dia a dia melhorando o ambiente, layout, trouxe benefícios à saúde e bons hábitos até mesmo para vida particular.

Segundo os entrevistados, manter a casa limpa e organizada é a base para desenvolver qualquer atividade, pois todo sistema eficiente necessita fundamentalmente de um ambiente estruturado para aplicar conceitos e princípios como eliminação de desperdícios e otimização da produção.

Atingir parâmetros de alta qualidade leva tempo e exige muito mais do que altos investimentos tecnológicos, uma vez que o Programa 5S precisa de colaboradores que vistam a camisa da empresa, e que realmente se comprometam em buscar sempre o melhor.


REFERÊNCIAS
ALMEIDA, M. G. Pedagogia empresarial: saberes, práticas e referências. Rio de Janeiro: Brasport, 2006.
ARAUJO, G.M. Elementos do sistema de gestão de SMSQRS: sistema de gestão integrada. 2 ed. Rio de Janeiro: Gerenciamento Verde, 2010.
CANON. Canon Info Corporate. Canon, Disponível em: . Acesso em: 15 dez.2013.
CANON. Canon Histórico. Canon, Disponível: . Acesso em: 10 jan. 2014.
CAMPOS, V. F. Tqc Controle da Qualidade Total: no estilo japonês. 8 ed. Minas Gerais: INDG, 2004.
DREAMSTIME. Imagem de Stock: Japão - mapa. Dreamstime, Disponível em:

http://pt.dreamstime.com/imagem-de-stock-jap%C3%A3o-mapa-image34806751. Acesso em: 20 de outubro de 2014.


FERREIRA, J. E. et. al. Núcleo básico: segurança e qualidade. São Paulo: Fundação Padre Anchieta, 2011.
FREITAS, R. A revolução do marketing de serviços para empresas contábeis incluindo a internet. Belo Horizonte: Promeve Artes Gráficas, 2010.
FUGENCIO, P.C. Glossário vade mecum: administração pública, ciências contábeis, direito, economia e meio ambiente. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.
GODOY, M. H. P. C; Mattos, K. K. O que é 5S? Nova Lima- MG: INDG Tecnologia e Serviços, 2004.
HIRANO, H. 5S na prática. São Paulo: Iman, 1994.
LUCINDA, M. A. Qualidade: fundamentos e práticas para cursos de graduação. Rio de Janeiro: Brasport, 2010.
MARTINS, P. G. Administração da produção. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005.
MORAES, V. 5S Em busca da qualidade total. Administradores, 28 de dezembro de 2010. Disponível em:< http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/5s-em-busca-da-qualidade-total/50893/>. Acesso em 15 de fevereiro de 2014.
OSADA, T. House 5S’s: seiri, seiton, seiso, seiketsu e shitsuke. 3 ed. São Paulo: Iman, 2004.
PALUDO. A. V. Administração pública: para auditor fiscal da receita federa e auditor fiscal do trabalho. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
RIBEIRO, H. 5S A Base para a Qualidade Total: um roteiro para uma implantação bem sucedida. Salvador: Casa da Qualidade, 1994.
SLACK, N; CHAMBERS, S; JOHNSTON, R. Administração da produção. 3. ed. São Paulo:

Atlas, 2009.



Universitári@ - Revista Científica do Unisalesiano – Lins – SP, ano 6., n.12, jan/jun de 2015



Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal