Universidade federal de sergipe



Baixar 48.27 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho48.27 Kb.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE


CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

DISCIPLINA: Teorias e Sistemas em Psicologia III – (Matriz Fenomenológica)

CÓDIGO: 406217 Pré-Requisito: 406213

CRÉDITOS: 04 CH 60 PEL: 4.00.2

PROF: Shirley Santos Teles Rocha Período: 2009.1




  • EMENTA:

O projeto fenomenológico. Histórico e evolução da matriz fenomenológica e existencial em Psicologia. O encontro da fenomenologia e do existencialismo filosófico com as ciências humanas. Características do método fenomenológico e princípios básicos existencialistas presentes na Psicologia. Semelhanças e diferenças entre Psicologia Humanista e a abordagem Fenomenológica Existencial.


  • JUSTIFICATIVA

A matriz fenomenológica representa para a psicologia uma resposta à predominância de saberes de natureza estritamente empírica e/ou determinista. A exemplo do feito à filosofia, a psicologia, a partir de Husserl e outros, refere à percepção, à consciência e à ontologia uma perspectiva diferenciada e de grande repercussão, fazendo com que esta matriz seja reconhecida como uma terceira força representativa no âmbito do conhecimento psicológico do Homem.


  • OBJETIVO:

Geral:

Conhecer a matriz fenomenológica em Psicologia nas suas diferentes correntes, princípios básicos e métodos.


Específicos:

- Abordar a problemática da metafísica no percurso do conhecimento filosófico e científico;

- Abordar os antecedentes da Fenomenologia;

- Conhecer o projeto fenomenológico husserliano no âmbito da Filosofia;

- Abordar o Existencialismo na Filosofia e Psicologia a partir de seus respectivos pressupostos;

- Abordar a Psicologia da Gestalt no âmbito da corrente fenomenológica.




  • CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:


Unidade I – A metafísica e os antecedentes da Fenomenologia:

  • A metafísica no percurso da Filosofia;

  • A problemática do empirismo filosófico e científico;

  • Antecedentes husserlianos: Kant e Hegel


Unidade II – A Filosofia Fenomenológica e o Existencialismo:

  • Husserl e a intuição das essências – a reflexão ontológica;

  • A intencionalidade e a redução fenomenológica – o eidos;

  • Kierkegaard e a escolha existencial;

  • O Dasein de Heidegger;


Unidade III – A trajetória existencial-fenomenológica da Filosofia para a Psicologia:

  • Da Filosofia para a Psicologia – o existencialismo de Sartre;

  • Morte, Angústia, Liberdade, e outros conceitos do Existencialismo;

  • A percepção na perspectiva da Gestalt;

  • Conceitos fundamentais da Gestalt.




  • METODOLOGIA:

Aulas expositivas dialogadas e exercícios.


  • AVALIAÇÃO:

Serão conferidas duas notas que serão obtidas a partir de exercícios na forma de testes.


  • BIBLIOGRAFIA:

DARTIGUES, André. O que é a Fenomenologia, 3ª edição, São Paulo: Editora Moraes,1992


ALES BELLO, A. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004.
STRENGER, I. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998.
GILES, T. R. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo: EPU, 1975.
ABBAGNANO, N. História da filosofia. Lisboa: Editorial Presença, 1993.



Data

Conteúdo

Bibliografia

11/08/2009

Apresentação da disciplina, objetivos e formas de avaliação




13/08/2009

Pressupostos históricos

Ales Bello, A. Pressupostos históricos. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.13-47.

18/08/2009

René Descartes e o pensamento cartesiano

Strenger, I. Descartes. In: _____. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998, p. 131 –150.

27/08/2009

Kant e Hegel

Strenger, I. Kant. In: _____. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998, p. 237-252.

Strenger, I. Hegel. In: _____. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998, p. 253-264.



01/09/2009

A fenomenologia

Ales Bello, A. A fenomenologia. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.49-80.
Dartigues, A. Uma filosofia crítica das ciências. In: ____. O que é a fenomenologia?Rio de Janeiro: Eldorado, 1973, p. 71-92

03/09/2009

A fenomenologia

Ales Bello, A. A fenomenologia. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.49-80.
Dartigues, A. Uma filosofia crítica das ciências. In: ____. O que é a fenomenologia?Rio de Janeiro: Eldorado, 1973, p. 71-92

08/09/2009

Intencionalidade, redução e intersubjetividade

Ales Bello, A. A fenomenologia. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.80-101.
Dartigues, A. Um positivismo superior. In: ____. O que é a fenomenologia?Rio de Janeiro: Eldorado, 1973, p. 7-27

10/09/2009

Intencionalidade, redução e intersubjetividade

Ales Bello, A. A fenomenologia. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.80-101.
Dartigues, A. Um positivismo superior. In: ____. O que é a fenomenologia?Rio de Janeiro: Eldorado, 1973, p. 7-27.
Giles, T. R. Edmund Husserl. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975, p. 129-184.

15/09/2009

Hurssel e a psicologia

Ales Bello, A. Husserl e a psicologia. In: _____. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004, p.103-133.


17/09/2009

Filme




29/09/2009

I avaliação




01/10/2009

Subjetividade – objetividade: fenomenologia como possibilidade de superar esse impasse.

Bruns, M. A. T. A reduçãp fenomenológica em Husserl e a possibilidade de superar impasses da dicotomia subjetividade – objetividade. In: BRUNS, M. A.T.; HOLANDA, A . F.(orgs.) Psicologia e fenomenologia: reflexões e perspectivas. Campinas, SP: Editora Alínea, 2003. p. 65-75.


06/10/2009

Kierkegaard


Strenger, I. Kierkegaard. In: _____. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998, p. 299-335.
Abbagnano, N. Kierkegaard. In: ____. História da filosofia. Lisboa: Editorial Presença, 1993, p. 7-30.

15/10/2009

Kierkegaard


Strenger, I. Kierkegaard. In: _____. História da filosofia. São Paulo: LTr, 1998, p. 299-335.
Abbagnano, N. Kierkegaard. In: ____. História da filosofia. Lisboa: Editorial Presença, 1993, p. 7-30.

20/10/2009

Heidegger : questionamento do ser

NUNES, B. Heidegger & Ser e tempo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed, 2004.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Parte 1. 15 ed. Petropólis, RJ: Editora Vozes, 2005.

PASQUA, H. Introdução à leitura de ser e tempo de Martin Heidegger. Lisboa: Instituto Piaget, 1993.

Giles, T. R. Heidegger. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975, p. 129-184.




27/10/2009

Heidegger: Existência

NUNES, B. Heidegger & Ser e tempo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed, 2004.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Parte 1. 15 ed. Petropólis, RJ: Editora Vozes, 2005.

PASQUA, H. Introdução à leitura de ser e tempo de Martin Heidegger. Lisboa: Instituto Piaget, 1993.
Giles, T. R. Heidegger. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975.


29/10/2009

Heidegger

NUNES, B. Heidegger & Ser e tempo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed, 2004.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Parte 1. 15 ed. Petropólis, RJ: Editora Vozes, 2005.

PASQUA, H. Introdução à leitura de ser e tempo de Martin Heidegger. Lisboa: Instituto Piaget, 1993.
Giles, T. R. Heidegger. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975.


03/11/2009

Fenomenologia e existencialismo e humanismo

Piccimo, J. D. O que é existencialismo – fenomenologia – humanismo. In: In: CASTRO, D. S. P., ÁZAR, F, P., PICCINO, J. D., JOSGRILBERG, R. S. Fenomenologia e Análise do existir. São Paulo: Universidade Metodista de São Paulo, 2000, p. 65-74.

Romero, E. Humanismo e psicologia. In: CASTRO, D. S. P., ÁZAR, F, P., PICCINO, J. D., JOSGRILBERG, R. S. Fenomenologia e Análise do existir. São Paulo: Universidade Metodista de São Paulo, 2000, p. 179-190.




05/11/2009

Sartre

Giles, T. R. Sartre. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975.

10/11/2009

Sartre

Giles, T. R. Sartre. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975.

12/11/2009

Sartre

Giles, T. R. Sartre. In: _____. História do Existencialismo e da Fenomenologia. São Paulo, EPU: EPU, 1975.

17/11/2009

Gestalt e Fenomenologia

Müller-Granzotto, M. J. M., Müller-Granzotto, R. L. Fenomenologia e gestalt-terapia. São Paulo: Summus, 2007.

19/11/2009

Gestalt e Fenomenologia

Müller-Granzotto, M. J. M., Müller-Granzotto, R. L. Fenomenologia e gestalt-terapia. São Paulo: Summus, 2007.

24/11/2009

Gestalt e Fenomenologia

Müller-Granzotto, M. J. M., Müller-Granzotto, R. L. Fenomenologia e gestalt-terapia. São Paulo: Summus, 2007.

26/11/2009

Fenomenologia e pesquisa




01/12/2009

II avaliação




03/12/2009

Entrega das notas e fechamento da disciplina







Atividade de campo







Atividade de campo







Atividade de campo





©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal