Universidade federal de são joão del-rei ufsj instituída pela Lei n



Baixar 33.57 Kb.
Encontro18.07.2016
Tamanho33.57 Kb.



UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI – UFSJ

Instituída pela Lei no 10.425, de 19/04/2002 – D.O.U. DE 22/04/2002

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO – PROEN





CURSO: Comunicação Social - Jornalismo

Turno: Noturno




INFORMAÇÕES BÁSICAS

Currículo


Unidade curricular


Departamento

DELAC


Período



Carga Horária

Ano/Semestre

01/2010


Teórica

72 h/a


Prática

-


Total

72 h/a


Tipo


Habilitação / Modalidade

Bacharelado



Pré-requisito

Não tem


Co-requisito

Não tem





EMENTA

O campo de estudos da comunicação e seu objeto. Comunicação e Ciências Sociais: a natureza interdisciplinar. Comunicação como esfera de mediação social. Estudo dos conceitos, modelos, estruturas e paradigmas da comunicação. Panorama histórico-evolutivo das diferentes teorias da comunicação. Mass Communication Research ou Escola Americana (Teoria Hipodérmica, Abordagem Empírico-Experimental, Abordagem Empírica de Campo e Teoria Funcionalista). Escola Européia (Teoria Crítica, Teoria Culturológica e o Estruturalismo). A transição e as novas perspectivas. Os estudos culturais, a Escola Latino-Americana, as contribuições de Marshall Mcluhan. O novo paradigma da comunicação: a perspectiva sócio-construtivista, a recepção como um processo crítico, mídia e sociabilidade e a ciberesfera pública.


OBJETIVOS

. Estudar o campo da comunicação como uma área interdisciplinar do conhecimento no âmbito das Ciências Sociais Aplicadas;

. Compreende o papel estratégico da comunicação como instância de mediação social na era contemporânea;



. Mapear os conceitos, modelos, estruturas e paradigmas da comunicação;

. Analisar os principais modelos teóricos e pesquisas que compõem o campo da comunicação, desde as concepções clássicas do início do século XX até as versões atuais;

. Identificar os pressupostos teóricos, as premissas metodológicas e as principais contribuições bem como as críticas às principais teorias da comunicação;

. Refletir, à luz das Teorias da Comunicação, sobre os fenômenos comunicacionais e midiáticos contemporâneos a partir de uma perspectiva crítica.



CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Comunicação: definições e paradigmas

1.1 Comunicação: campo interdisciplinar de conhecimento

1.2 Comunicação: conceitos, modelos, estruturas e paradigmas

1.3 Comunicação como campo de mediação social

2. Teorias clássicas da comunicação

2.1 Mass Communication Research ou Escola Americana

2.1.1 Teoria Hipodérmica

2.1.2 Abordagem Empírico-Experimental ou “da persuasão”

2.1.3 Abordagem Empírica de Campo ou “dos efeitos limitados”

2.1.4 Teoria Funcionalista

2.2 Escola Européia

2.2.1 Teoria Crítica ou Escola de Frankfurt

2.2.2 Teoria Culturológica

2.2.3 O Estruturalismo e a Comunicação

3. A transição no campo da comunicação

3.1 Os estudos culturais

3.2 As contribuições da perspectiva midialógica de Marshall Mcluhan

3.3 A Escola Latino-Americana

4. Novo paradigma da comunicação

4.1 A perspectiva sócio-construtivista

4.2 Novo olhar sobre o receptor

4.3 Mídia e sociabilidade

4.4 Tecnologias digitais e a ciberesfera pública


METODOLOGIA E RECURSOS AUXILIARES

. Aulas expositivas, leituras obrigatórias prévias e debates: tais métodos visam a apresentar os conteúdos da disciplina, mesclando a forma tradicional com uma perspectiva dialógica de participação dos alunos;

. Trabalhos e seminários em grupos: visam promover uma maior integração do corpo discente para que se possa estabelecer o intercâmbio de informações e a produção conjunta de conhecimento, bem como estimular o espírito crítico e a convivência com a pluralidade de formas de pensar;

. Exibição de filmes, documentários e produtos midiáticos: a partir de produtos midiáticos, pretende-se estabelecer um articulação destes com os argumentos teóricos e conceituais trabalhados no decorrer da disciplina;

. Pesquisa individual e pesquisas em grupo: familiarizar o aluno à pesquisa científica.


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

. Avaliação Individual: 60 pontos

. Prova Escrita: a partir de provas dissertativas, avaliar o grau de conhecimento do aluno sobre o conteúdo da disciplina. Serão duas provas ao longo do semestre, totalizando 60 pontos (30,0 cada);
. Avaliação em grupo: 40 pontos

Ao longo do semestre, os alunos em grupo (a turma será dividida em 8 a 10 grupos de 5 a 6 alunos) vão preparar dois seminários:

Seminário 1 – Teoria Crítica e Teoria Culturológica – 20 pontos;

Seminário 2 – Estudos culturais, o novo paradigma da comunicação e a ciberesfera pública – 20 pontos.







BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BERLO, David K. O processo de comunicação: introdução à teoria e à prática. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1968.

COHN, Gabriel (Org). Comunicação e indústria cultural. São Paulo: Nacional, 1977.

FRANÇA, Vera Regina Veiga; MARTINO, Luiz (Orgs). Teorias da Comunicação. Petrópolis: Vozes, 2004.

LIMA, Luiz Costa (Org). Teorias da Cultura de Massa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

MARQUES DE MELO, José. Teorias da Comunicação: paradigmas latino-americanos. Petrópolis: Vozes, 1998.

MATTELART, Armand e MATTELART, Michele. História das Teorias da Comunicação. São Paulo: Loyola, 2000.

MORIN, Edgar. Culturas de massas no século XX. Neurose. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997

THOMPSON, J.B. A mídia e a modernidade. Petrópolis: Vozes, 1998.

WATZLAWICK, Paul; BEAVIN, J. Helmick; JACKSON, Don D. Pragmática da Comunicação Humana. São Paulo: Cultrix, 1973.

WOLF, Mauro. Teorias da Comunicação. Lisboa: Editorial Presença, 1990.




BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BAUMAN, Zigmaunt. Vida Líquida. São Paulo: Jorge Zahar Ed, 2007.
DEFLEUR, Melvin L. Teorias da Comunicação de Massa. São Paulo: Arte Ciência Vilipress, 2001.
ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. São Paulo: Perspectiva, 1975.
LIMA, Venício de. Mídia: teoria e política. São Paulo: Editoria Fundação Perseu Abramo, 2003.
MARTIN-BARBERO. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: UFRJ, 2001.
MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 2005.
MOLES, Abraham. Teoria da Informação e Perspectiva Estética. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro/Brasília: UNB, 1978.
RODRIGUES, Adriano Duarte. Estratégias da Comunicação. Lisboa: Editorial Presença, 1990.
TEMER, Ana Carolina Rocha Pessoa & NERY, Vanda Cunha Albieri. Para entender as teorias da comunicação. Uberlândia: Aspectus, 2004.
Sites

www.intercom.org.br - site da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (INTERCOM)
www.compos.or.br – site da Associação Nacional dos Cursos de Pós-Graduação em Comunicação Social (COMPÓS)
www.observatoriodaimprensa.com.br – site do Observatório da Imprensa

São João del-Rei, 14 de dezembro de 2009.



______________________________

Prof. Dr. Luiz Ademir de Oliveira

________________________________

Prof. Dr. Guilherme Jorge de Rezende

Coordenador do Curso




/



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal