Universidade Federal do Ceará Seminário Racismo e Ações Afirmativas no Ceará



Baixar 13.49 Kb.
Encontro04.08.2016
Tamanho13.49 Kb.


Universidade Federal do Ceará
Seminário

Racismo e Ações Afirmativas no Ceará

O Seminário Racismo e Ações Afirmativas no Ceará, organizado pelo Eixo de Pesquisa Filosofias da Diferença, Antropologia e Educação, da Linha de Pesquisa Filosofia e Sociologia da Educação (FILOS), do Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira da UFC vê como importante e urgente a retomada da discussão de tema tão pertinente nesse momento em que tramita no Senado o projeto de lei que destina 50% das vagas em escolas técnicas e universidades federais a alunos da rede pública. No texto aprovado na Câmara dos Deputados no dia 20 de novembro do ano passado (2008), 25% das vagas reservadas deverão ser preenchidas por estudantes de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, e as 25% restantes por auto-declarados negros, pardos e indígenas.

Tal discussão é particularmente crítica no Ceará, em consequência da negação corrente da participação do negro na composição étnica do cearense. Mas, para além da necessidade de um repensar da cearensidade, é essencial também do ponto de vista das consequências da reserva de vagas para o ensino na Universidade Federal do Ceará.
Coordenação:

Profª Bernadete Beserra (FACED – UFC)

Prof. Sylvio Gadelha (FACED – UFC)
Promoção

Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira – UFC

Linha de Pesquisa: Filosofia e Sociologia da Educação – FILOS

Eixo de Pesquisa: Filosofias da Diferença, Antropologia e Educação.
Apoio

Associação dos Docentes da UFC – ADUFC

OAB-CE – Comissão de Comabate à Discriminação Racial e de Defesa das Minorias

Instituto Afirmação de Direitos – Igualdade e Justiça
Data/Local

26 e 27 de maio de 2009

Auditório da ADUFC – Av. da Universidade, nº 2346
Inscrições e Informações:

E-mail: cearensidadenegritude@hotmail.com

Fone: (85)8783-4529
Programação
26/05 (Terça-feira)

Manhã: 9:30h – 12h

Abertura: Bernadete Beserra, Sylvio Gadelha

Conferência de abertura: Crítica à noção de identidade nas Ciências Sociais.

Prof. Eduardo Diatahy B. de Menezes (Sociologia - UFC)


Tarde: 14:30h

Mesa-Redonda 1: Cearensidade e Negritude

Abertura e Coordenação: Bernadete Beserra (Educação – UFC)

Participantes da mesa:

Eurípedes Antônio Funes (História – UFC)

Ruy Vasconcelos (Comunicação Social - Unifor)

Frank Ribard (História - UFC)

Antônio Vilamarque de Sousa (Prefeitura Municipal de Fortaleza)
27/05 (quarta-feira)

Manhã: 9h

Mesa-redonda 1: Minorias, política e ações afirmativas.

Abertura e Coordenação: Sylvio Gadelha (Educação – UFC)

Isabelle Braz Peixoto da Silva (Sociologia – UFC)

Maria Auxiliadora de Paula Holanda (Educação – UFC)

José Hilário Ferreira Sobrinho (Faculdade Ateneu)

Mirtes Amorim (Filosofia – UFC)


Tarde: 14:30h

Mesa-redonda 2: O debate sobre cotas na UFC

Abertura e Coordenação: Sandra Petit (Educação – UFC)

Henrique Cunha Jr. (Educação - UFC)

Bernadete Beserra (Educação – UFC)

Pedro Vítor Gadelha Mendes (Sociologia – UFC)

André Costa (OAB-CE) Presidente da Comissão de Combate à Discriminação Racial e de Defesa das Minorias da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)



Rui Martinho Rodrigues (Educação – UFC) (Debatedor)


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal