Universidade Federal do Rio de Janeiro coppe engenharia Metalúrgica e de Materiais



Baixar 9.37 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho9.37 Kb.
Universidade Federal do Rio de Janeiro

COPPE - Engenharia Metalúrgica e de Materiais

COT -741 Princípios da Deformação Plástica

Apresentação

A disciplina de Princípios da Deformação Plástica, 3,0 créditos, será ministrada na sala F-204, às terças e quintas-feiras, das 15:00 às 17:00. Seus objetivos são reforçar conceitos já assimilados de defeitos cristalinos nos materiais, estudar em detalhes a teoria de discordâncias, já que as discordâncias são responsáveis por grande parte dos mecanismos de deformação plástica dos materiais cristalinos, estudar os mecanismos da deformação plástica e a sua fenomenologia em materiais mono e policristalinos.


O conteúdo da disciplina incluirá quatro partes principais:


  1. Cristalografia: revisão das estruturas cristalinas de Bravais, dos defeitos cristalinos e índices de Miller, materiais nanocristalinos e amorfos.




  1. Mecanismos de Deformação Plástica: discordâncias: origem, observação, movimentação, multiplicação; natureza cristalográfica da deformação plástica: sistemas de deslizamento, deslizamento cruzado, escalagem, contornos, reações de discordâncias com defeitos cristalinos; outros mecanismos de deformação plástica: maclagem, transformação martensítica e difusão;




  1. Cinética e Dinâmica da Deformação Plástica: arranjos de discordâncias; o ensaio de tração: curvas tensão x deformação para monocristais e policristais: estágios de deformação plástica, equações constitutivas.




  1. Resistência Mecânica e Fadiga: mecanismos de endurecimento e amolescimento, relaxação de tensões; fadiga dos materiais metálicos, iniciação de trincas e acúmulo de dano em bandas de deslizamento persistente, intrusões e extrusões.

Para cada uma das quatro partes da disciplina será fornecida uma lista de exercícios e poderá será realizado um trabalho de estudo dirigido. Como resultado do trabalho de um dos estudos dirigidos, deverá ser apresentado um seminário. Cada estudante deverá apresentar pelo menos um seminário durante o curso.

Serão ainda realizadas duas provas escritas, uma no meio do curso e outra no seu final..
O curso contará com o apoio de um monitor, Guilherme Farias Miscow (gmiscow@superig.com.br), que ajudará na compreensão das listas de exercícios e na realização dos estudos dirigidos.
A bibliografia para estudo e consulta durante o curso constará de:


  1. D. Hull, D. J. Bacon, “Introduction to Dislocations”, Butterworth Heinemann, Oxford, 1984.




  1. S. M. Allen, E. L. Thomas, “The Structure of Materials”. John Wiley & Sons, Inc., New York, 1999.




  1. W. D. Callister, Jr. “Ciência e Engenharia de Materiais: Uma Introdução”. LTC Editora, Rio de Janeiro, 2002.




  1. J. Lesage, D. Chicot, O. Bartier, M. A. Zampronio, P. E. V. de Miranda. “Influence of Hydrogen Contamination on the Tensile Behavior of a Plasma Íon Nitrided Steel”. Materials Science and Engineering, Vol. A282, pp. 203 – 212, 2000.




  1. A. S. Krausz, H. Eyring. “Deformation Kinetics“. John Wiley & Sons, Inc., New York, 1975.

Prof. Paulo Emílio V. de Miranda – pmiranda@labh2.coppe.ufrj.br




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal