V 3 Regulamento 2014 o prêmio abihpec-beleza Brasil



Baixar 131.41 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho131.41 Kb.



V.1.3

Regulamento 2014


O Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil é uma iniciativa da ABIHPEC–Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, instituição que representa globalmente as indústrias brasileiras de produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC).

A missão da ABIHPEC é apoiar, desenvolver, estimular e criar ações e instrumentos que contribuam para o progresso do setor de HPPC no Brasil e tem como objetivo fazer com que as empresas instaladas no País trabalhem com maturidade, busquem a auto-regulamentação e tenham credibilidade. A entidade baseia a sua atuação nos princípios da ética, da atitude proativa, da responsabilidade do fabricante, do respeito aos padrões de segurança e do apoio ao controle de produtos disponíveis no mercado pelo Governo, por meio de monitoramento ou inspeção. Atua em defesa dos interesses do setor e contribui diretamente para o seu fortalecimento.

Em linha com a sua missão e com os seus objetivos institucionais, a ABIHPEC coordena o PRÊMIO ABIHPEC-Beleza Brasil, que visa promover o reconhecimento de práticas empresariais e dos produtos da indústria brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos e contribuir para a projeção nacional e internacional do setor. Ao mesmo tempo, com essa iniciativa, a entidade estimula o setor para o desenvolvimento e aprimoramento contínuo de sua capacidade de inovação, para a adoção de práticas sustentáveis de produção e para a fabricação de produtos cada vez mais eficientes, atraentes e inovadores, que promovem a beleza em seu sentido mais amplo, dos cuidados com a saúde à valorização da autoestima e do bem estar, para a satisfação crescente dos consumidores.

O desenvolvimento e aprimoramento do Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil foi realizado para obter maior amplitude à premiação, criar um diferencial com a maioria das premiações realizadas por entidades de classe empresariais, além de gerar oportunidade de participação para um maior número de empresas. Essas ações foram desenvolvidas por meio de um Comitê Gestor formado por representantes da ABIHPEC e de empresas associadas. Todas as empresas associadas foram convidadas pela entidade para participar desse Comitê.

O Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil tem o apoio do Projeto Setorial Beautycare Brazil, que é coordenado pela ABIHPEC em parceria com a Apex-Brasil.

 
SUMÁRIO



1. PÚBLICO-ALVO 3

2. MODALIDADES E CATEGORIAS 3

2.1. Modalidade: EMPRESAS 3

2.2. Modalidade: PRODUTOS 4

2.3. Modalidade: O PERFUMISTA 5

4. Condições de Participação 7

4.1. EMPRESAS 7

4.2. PRODUTOS 7

A empresa poderá inscrever apenas um case por categoria e em até três categorias distintas na modalidade Produtos. 7

4.3. O PERFUMISTA 7

Para esta Modalidade, todas as empresas que se inscreverem na categoria Perfume, estarão automaticamente concorrendo a essa premiação voltada ao profissional da criação olfativa, sem custo adicional, bastando atender aos requisitos estabelecidos para essa modalidade. 7

5. Julgamento 8

6. Auditoria 9

ANEXO 1 11

ANEXO 2 13

ANEXO 3 15





1. PÚBLICO-ALVO

1.1. Poderão participar do Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil: Empresas fabricantes de produtos de HPPC, associadas ou não à ABIHPEC, com produtos fabricados no território nacional para comercialização no mercado local e/ou para exportação, e que estejam em conformidade com a legislação brasileira e com as condições expressas neste regulamento, tanto no aspecto organizacional como em relação aos seus produtos.



1.1.1. As empresas associadas terão que estar em ordem com suas obrigações junto à entidade.
1.2. Não poderão participar dessa premiação: Empresas que atuem na condição de terceiros (“terceiristas”) no desenvolvimento e fabricação de produtos de HPPC para outras empresas.

2. MODALIDADES E CATEGORIAS


ANTES DE FAZER SUA INSCRIÇÃO, VERIFICAR OS ANEXOS A ESSE DOCUMENTO QUE CONTÉM DETALHAMENTO SOBRE CADA UMA DAS CATEGORIAS.

2.1. Modalidade: EMPRESAS


Reconhecerá cases que abordem, de forma macro e institucional (não deve estar focado em produto), os seguintes aspectos da atividade empresarial:
2.1.1. CATEGORIAS:

    1. Empresa do Ano

Avaliará o modelo de negócios com cases institucionais apresentados pelas empresas e os diferenciais que farão dela a Empresa do Ano, considerando itens essenciais para o desempenho dessa companhia e para o desenvolvimento do País. 

CRITÉRIOS PARA ESTA CATEGORIA:

  1. Investimentos (P&D, Marca e Ativos)

- peso 3

  1. Estratégia Comercial

- peso 2

  1. Empregos (Diretos e Indiretos)

- peso 2

  1. Mercado* (Painel de Dados de Mercado da ABIHPEC)

- peso 3

(*) as informações sobre mercado serão extraídas do Painel de Dados de Mercado da ABIHPEC e tratadas qualitativamente pela equipe interna. Não é necessário a inserção desta informação específica no desenvolvimento do case.


    1. Empreendedorismo

Categoria voltada exclusivamente às micro, pequenas e médias empresas do setor, e que tem como objetivo avaliar as principais ações desenvolvidas pelas empresas que a tornaram um case de sucesso no mercado.
CRITÉRIOS PARA ESTA CATEGORIA:

  1. Estratégia Comercial

- peso 4

  1. Distribuição

- peso 3

  1. Promoção

- peso 2

  1. Desempenho no período

- peso 1




    1. ExportaçãoBeautycare Brazil

    2. Inovação

    3. Sustentabilidade

Estas 3 categorias avaliarão cases apresentados pelas empresas reconhecendo as melhores práticas de gestão de negócios em cada uma das vertentes acima, que tem o seu detalhamento no Anexo 2 desse regulamento.
CRITÉRIOS PARA ESTAS 3 CATEGORIAS:

  1. Metas e Objetivos

- peso 2

  1. Desafios e Soluções

- peso 2

  1. Resultados alcançados e impactos diretos e ou indiretos nos negócios

- peso 3

  1. Benefícios gerados para os públicos-alvo

- peso 3


2.2. Modalidade: PRODUTOS

2.2.1. CATEGORIAS:



  1. Cuidados com a Pele – Corporal

  2. Cuidados com a Pele – Facial

  3. Cuidados e Tratamento dos Cabelos

  4. Desodorante

  5. Higiene Oral

  6. Maquiagem

  7. Pseta para a direita 2conector reto 3
    + modalidade: O PERFUMISTA (item 2.3)
    erfumaria – Feminina


  8. Perfumaria – Masculina

  9. Produtos Infantis

  10. Produtos Masculinos

  11. Protetor Solar

  12. Transformação Capilar




  1. Mesmo produto (mesmo SKU) somente poderá ser inscrito em uma única categoria.

  2. Para concorrer à premiação a empresa poderá inscrever apenas 1 (um) produto na categoria, mesmo que a empresa tenha desenvolvido uma linha de produtos em uma determinada categoria, em até três categorias diferentes.

    1. Constituem exceção a essa regra do item B as categorias Maquiagem e Produtos Infantis para as quais a empresa poderá inscrever linha de produtos ou optar, a seu absoluto critério, em inscrever apenas um produto dessa linha.

  3. Para demonstração do case nessas duas categorias, ao definir a inscrição por linha de produto a empresa deverá encaminhar no mínimo dois produtos (o que caracteriza o kit) e no máximo dez (mesmo que a linha contemple mais itens).

  4. A criação da linha de produtos da qual o produto inscrito faça parte, não obstante, pode ser contextualizada e inserida nas etapas do case em si, desde que o desenvolvimento do case esteja de fato voltado ao produto inscrito (o que não se aplica à categoria que permite kits).

  5. Esta premiação não está aberta à participação de produtos nutricosméticos, que são suplementos que em sua formulação incluem elementos para o bom funcionamento das células e que, conforme a ANVISA, enquadram-se na categoria de alimentos funcionais.

  6. Desde a primeira edição da premiação, a ABIHPEC constitui um banco de dados com os cases de produtos inscritos e, a despeito dos períodos estipulados de desenvolvimento do produto para efeito de inscrição, evitar que determinado produto seja inscrito nas edições subsequentes.

  7. Relançamentos de produtos (e repackaging) somente serão considerados para inscrição se houver, comprovadamente, a inclusão e ou substituição por novas fórmulas e ou embalagens primárias e, quando aplicáveis, secundárias.

  8. Todos os produtos inscritos deverão estar obrigatoriamente regularizados na ANVISA e o número de registro de cada produto deverá ser informado no case apresentado ou em caso de produto sujeito a notificação apresentar o número do processo na ANVISA.

  9. A empresa que se inscrever na categoria Perfumaria (masculina e/ou feminina) estará participando automaticamente (e sem custos) da modalidade O Perfumista (ver item 2.3).


CRITÉRIOS PARA A MODALIDADE PRODUTOS:

  1. Inovação

- peso 3

  1. Conceito

- peso 3

  1. Design

- peso 2

  1. Comunicação

- peso 2



2.3. Modalidade: O PERFUMISTA


Essa categoria premiará o profissional responsável pela criação olfativa que se destacar. Para participar desta modalidade, basta a empresa inscrever seu produto na categoria: Perfume Masculino e/ou Perfume Feminino, a participação será automática e sem custo adicional à empresa, desde que enviados os materiais conforme determinado a seguir nesse regulamento.


      1. AVALIAÇÃO

Para essa categoria será adotada a “avaliação cega”, que será acompanhada pela empresa de auditoria contratada para a premiação.

O júri será formado por profissionais das áreas de marketing, avaliação olfativa e outros formadores de opinião; e serão distintos daqueles profissionais que avaliarão a categoria de produtos acabados. Importante ressaltar que em nenhum momento o júri terá acesso à informação ou visualização do produto acabado que estará avaliando.




      1. ENVIO DOS PRODUTOS

As essências deverão ser entregues à organização do Prêmio, diretamente pela empresa, em frasco âmbar 50ml com tampa rosca-lacre (padrão), evitando assim a sua identificação por marca ou empresa.

A identificação dos frascos será feita em etiqueta também padronizada (tamanho 33,9mm x 101,6mm – referência Pimaco), com o número gerado no momento de inscrição do case.


Deverá ser enviado um breve resumo (1.500 caracteres, considerando espaços) do perfumista sobre sua inspiração criativa, em papel branco, sem identificação pessoal, ou qualquer referência à empresa ou marca, além do currículo resumido do criador.
* a responsabilidade da correta identificação do produto é da empresa

** serão desconsiderados documentos enviados fora do padrão acima


      1. CRITÉRIOS OLFATIVOS

  1. Criação

- peso 4

  1. Inovação

- peso 3

  1. Qualidade Percebida

- peso 2

  1. Agradabilidade

- peso 1




      1. METODOLOGIA

Para avaliação serão utilizadas fitas olfativas, que serão umedecidas no momento da avaliação, por profissional do Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil. Serão considerados para esta avaliação olfativa dois momentos:

  • imediato, no momento que a fita for umedecida

  • 15 minutos após, para confirmação da primeira avaliação



  1. INSCRIÇÕES

As inscrições deverão ser feitas no site do Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil (www.premioabihpec.org.br), conforme instruções ali contidas.


    1. Taxa de inscrição

A participação na premiação está sujeita ao pagamento de valor de inscrição conforme quadro abaixo:

De 02 a 10 de junho de 2014

Isento de taxa de inscrição

De 11 de junho a 11 de julho de 2014

R$ 500,00 por case inscrito

3.1.1. A empresa inscrita receberá boleto bancário para pagamento das inscrições individuais, com vencimento para 10 dias da data da inscrição. As empresas com questões burocráticas deverão se organizar a fim de não perder esse prazo.

    1. Período

As inscrições estarão abertas no período de 02 de junho a 11 de julho de 2014.

    1. Entrega dos cases

Os cases deverão ser entregues desde o início das inscrições, ou seja, 02 de junho, até 10(dez) dias após o encerramento das inscrições, via site, e seguindo as orientações contidas nesse regulamento.

    1. Formato para entrega dos cases

Considerando a necessidade de manter a padronização dos cases, estes deverão ser entregues em formato ABNT. (Modelo de referência disponível no site do prêmio).

3.4.1. Alertamos para que as empresas busquem o modelo sugerido no site que contém uma primeira página com informações obrigatórias para submissão dos cases.

3.4.2. Também para manter a uniformidade, auxiliando na avaliação linear dos materiais, qualquer ilustração deverá ser feita por meio digital, anexo ao case, em no máximo 10 páginas (além das páginas com a construção do case). Não será aceito qualquer documento impresso, ou em formato de revista, livro ou catálogo, vídeos, links ou outros.


    1. Período de abrangência

Para inscrição dos cases deverá ser observada a seguinte tabela:

Modalidade

Prazos

Empresas

Projeto com resultados efetivos no período de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014

Produtos

Lançados de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014

O Perfumista

Criações lançadas de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014

    1. Validação dos cases

Todos os cases serão avaliados para verificação do atendimento aos requisitos mínimos necessários para participação no Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil.

3.5.1. Caso a empresa não atenda a esses requisitos, não estará habilitada a participar da concorrência.



    1. Envio de produtos

A inscrição dos cases de Produtos deve ser complementada pelo envio de 06 exemplares do produto ou kit de produtos inscritos (válido também para a categoria, para ser utilizado na segunda etapa da avaliação. Esses materiais poderão ser recebidos pela administração do Prêmio em até 10 dias após o encerramento das inscrições e deverão ser encaminhados com uma cópia do comprovante de inscrição a ser obtido no site.

3.7.1. Os materiais referidos neste item deverão ser entregues pessoalmente ou enviados por correio, mediante correspondência registrada (Sedex), para Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil, aos cuidados do Departamento de Comunicação – Carla Camporini, à Avenida Paulista, 1313 – 10º andar – Cj. 1080 – CEP: 01311-923.

3.7.2. Importante ressaltar a importância do cumprimento dos prazos aqui estabelecidos, que devem ser considerados principalmente para envio via correio, ou seja, os produtos devem chegar à administração da premiação em até 10 dias do encerramento das inscrições.

3.7.3. Os materiais enviados para participação no processo não serão devolvidos às empresas.

3.8. Material de divulgação

Durante o evento será distribuída uma brochura com informações sobre a premiação, júri e seus finalistas, portanto todas as empresas deverão encaminhar juntamente com os cases o seguinte material:



  • Texto descritivo do case com até 700 caracteres (considerando espaços)

  • Duas fotos em alta resolução (300 DPIs) relacionadas ao case

  • Logotipo da empresa em alta resolução com fundo transparente ou em vetor


4. Condições de Participação


Para que a empresa possa concorrer em determinada modalidade e/ou categoria, é imprescindível que se tenha no mínimo duas inscrições em conformidade com o Regulamento. Caso a modalidade e/ou categoria não atinja esse número mínimo, será desconsiderada.

4.1. EMPRESAS


Empresa do Ano: todas as empresas poderão participar, independente da inscrição nas demais categorias, respeitando-se os critérios estabelecidos para essa categoria. Lembrete: a empresa tem que ser participante do Painel de Dados de Mercado ABIHPEC.

Empreendedorismo: categoria voltada somente às micro, pequenas e médias empresas, participantes ou não das demais categorias, respeitando-se os critérios estabelecidos para essa categoria.

Exportação-Beautycare-Brazil: categoria voltada às empresas do projeto Beautycare Brazil, participantes ou não das demais categorias, respeitando-se os critérios estabelecidos para essa categoria.

Inovação e Sustentabilidade: todas as empresas poderão se inscrever em apenas uma dessas duas categorias.

4.2. PRODUTOS

A empresa poderá inscrever apenas um case por categoria e em até três categorias distintas na modalidade Produtos.

4.3. O PERFUMISTA

Para esta Modalidade, todas as empresas que se inscreverem na categoria Perfume, estarão automaticamente concorrendo a essa premiação voltada ao profissional da criação olfativa, sem custo adicional, bastando atender aos requisitos estabelecidos para essa modalidade.




5. Julgamento


5.1. O julgamento dos cases será realizado por um júri multidisciplinar, nacional e internacional, formado por no mínimo três executivos representantes do meio acadêmico, jornalistas especializados, representantes de instituições relacionadas aos temas do setor, especialistas, profissionais liberais e consultores das áreas de economia, sustentabilidade, consumo, embalagens, perfumaria e saúde, todos de reconhecido saber e competência em suas áreas de atuação.

5.2. Os cases serão julgados de acordo com os critérios estabelecidos nesse regulamento, sendo que os jurados atribuirão notas de 1 a 10, que depois serão consolidados pela auditoria conforme o seu peso.

5.3. O julgamento acontecerá em duas etapas, levando em consideração os mesmos critérios para as duas fases, conforme descrição a seguir:

Etapa 1


  • Viabilizar o acesso dos cases pelos jurados, por meio de senha para posterior download dos cases a serem avaliados por cada um deles.

  • Preenchimento pelos jurados da planilha de avaliação de cada case recebido.

  • Encaminhamento da cédula preenchida por meios eletrônicos diretamente à auditoria contratada para acompanhar o processo.

  • Nessa etapa não teremos a avaliação da modalidade O Perfumista que é apenas olfativa, não tendo material a ser avaliado.

  • A categoria Exportação – Beautycare Brazil será avaliada pela Apex-Brasil.

Etapa 2

Modalidade EMPRESAS

Para essa modalidade será realizada uma reunião presencial (para cada uma das categorias) entre o corpo de jurados com mediação do representante da ABIHPEC, ou quem esta determinar, isento de qualquer parcialidade, sobre aspectos referentes às avaliações prévias de cada case, de modo a possibilitar a conclusão da avaliação por parte dos jurados. Após essa mediação, o júri preencherá um segundo formulário individual que será entregue à auditoria presente no local, finalizando assim o processo.

Se necessário para boa condução e agilidade do processo de julgamento, essa reunião poderá ser realizada por meio de vídeo/áudio conferência, a critério da ABIHPEC e da comissão julgadora.

A categoria Exportação – Beautycare Brazil será avaliada pela Apex-Brasil.


5.3.1. Em caso de empate, o processo de escolha do finalista se dará conforme o seguinte processo:

  • Na modalidade Empresas será considerado vencedor o case que tenha obtido a maior nota no quesito: benefícios gerados para os públicos-alvo e para a sociedade, seguido, pela ordem dos quesitos: resultados alcançados e impactos diretos e ou indiretos nos negócios, desafios e soluções e metas e objetivos.

  • Na modalidade Produtos será considerado vencedor o case que tenha obtido a maior nota no quesito: inovação, seguido, pela ordem dos quesitos: conceito, design e comunicação.

  • Na modalidade O Perfumista será considerado vencedor aquele que tenha obtido a maior nota no quesito criação, seguido pela ordem dos quesitos: inovação, qualidade percebida e agradabilidade.

Caso o empate persista:

  • Para todas as Modalidades será realizada uma nova rodada de votação dos cases entre os jurados para validação da nota final.

Modalidade PRODUTOS

O júri terá pleno acesso aos produtos relativos aos cases apresentados, que ficarão expostos em local previamente definido pela organização do Prêmio, em dia e horário a serem divulgados diretamente ao corpo de jurados, para que possam avaliar presencialmente cada um dos cases participantes, finalizando assim, em uma segunda planilha de preenchimento, a sua avaliação que será entregue à auditoria, presente no local.


Modalidade O PERFUMISTA

Verificar item 3.2.


5.4. Durante o processo de julgamento, o júri poderá solicitar informações complementares sobre cada projeto, assim como documentos comprobatórios.

5.5. O júri é soberano e de seu julgamento não caberá nenhum tipo de recurso.

5.6. Após a finalização do processo de julgamento, será feita divulgação ampla do corpo de jurados.

5.7. Todos os jurados serão convidados a participar da cerimônia de premiação.

5.8. Importante ressaltar que o júri que avaliará a categoria de Perfumes (produto acabado) será distinto daqueles que avaliará a categoria O Perfumista.

6. Auditoria


6.1. Todas as etapas de julgamento serão acompanhadas e validadas por empresa de auditoria especialmente contratada para essa finalidade.



  1. Cerimônia de Premiação

    1. A Cerimônia de Premiação será realizada em evento específico promovido pela ABIHPEC, na cidade de São Paulo, no dia 03 de novembro de 2014. Local: Sala São Paulo.

    2. Na cerimônia de premiação serão comunicados os finalistas em cada modalidade e categoria e anunciados os vencedores em primeiro lugar de cada uma.

    3. Para o evento de premiação, cada empresa finalista terá direito a 1(um) convite, não cumulativo, ou seja, mesmo que a empresa seja finalista em mais de uma modalidade / categoria, receberá 1(um) convite apenas.

      1. A participação dos demais convidados à premiação será feita por meio de aquisição de convites.

    4. Aos vencedores serão entregues troféus (não haverá premiação em valores).

    5. As empresas vencedoras em cada modalidade e categoria terão direito de utilizar o selo de sua premiação em todas as formas de divulgação institucional, inclusive nas embalagens de seus produtos, por período indeterminado, conforme orientação a ser passada pela ABIHPEC.



  1. Divulgação

8.1. A ABIHPEC fará a divulgação da premiação nas etapas pré, durante e após a cerimônia por diversos meios, entre os quais o site da entidade, o hot site do Prêmio, ações de assessoria de imprensa e newsletters.

8.2. A ABIHPEC editará uma publicação que será distribuída antes da cerimônia de premiação contendo informações pertinentes ao evento, ao setor, ao júri e aos finalistas de cada modalidade/categoria.

8.3. Os finalistas declaram, por este regulamento, que cedem e transferem para a ABIHPEC os direitos de uso das imagens ilustrativas aos seus cases e materiais recebidos dos próprios participantes para efeito único e exclusivo de divulgação do Prêmio.

8.4. A empresa também autoriza, no momento da inscrição, a divulgação do nome de sua empresa como participante do Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil, independente do resultado final, caso a entidade venha a divulgar essa informação.





  1. Disposições finais

    1. As datas não definidas neste regulamento serão divulgadas em tempo hábil pela ABIHPEC.

    2. Questões omissas neste regulamento serão julgadas pela ABIHPEC e pela comissão julgadora.

    3. Informações adicionais poderão ser obtidas pelo e-mail: premioabihpec@abihpec.org.br.

    4. Este Regulamento entrará em vigor na data da sua primeira divulgação.

    5. A ABIHPEC e o Comitê Gestor se reservam no direito de fazer alterações e ajustes a esse Regulamento, desde que tais alterações sejam necessárias para manter as condições originalmente previstas para o Prêmio ABIHPEC-Beleza Brasil.

 ================================================================================

ANEXO 1


(pág 1/2)

Modalidade: PRODUTOS
Detalhamento dos PRODUTOS que participam de cada categoria:
(01) Cuidados com a Pele – Corporal. Produtos destinados aos cuidados da pele do corpo e à higiene pessoal, com finalidade de limpeza, hidratante e de base evanescente, nutrientes: hidratantes, tratamentos cosméticos, óleos para gestantes, óleos de massagem, óleos para banho, pós-sol, esfoliante, massagem, tratamentos cosméticos, mãos e pés, produtos voltados aos cuidados da pele corporal, além de sabonetes sólido ou líquido, podendo ser hidratante, glicerinado, antibacteriano.

(02) Cuidados com a Pele – Facial. Produtos destinados aos cuidados da pele da face e à higiene pessoal, com finalidade de limpeza, hidratante e de base evanescente, nutrientes: hidratante, limpeza, demaquilante, antirrugas, tônico, olhos, anti-idade, nutritivo, máscara, antiacne, serum, cuidados especiais, esfoliante, entre outros produtos voltados aos cuidados da pele facial, além de sabonetes sólido ou líquido, podendo ser hidratante, glicerinado, antibacteriano.

(03) Cuidados e Tratamento dos Cabelos. Produtos que atuam na limpeza, proteção e revitalização dos cabelos: xampu, condicionador, creme para pentear, desembaraçar, ativador de cachos, tônicos e loções, reparador de pontas, máscaras, óleos, banho de creme, com ou sem filtro solar.

(04) Desodorante. Produtos destinados a combater os odores da transpiração, podendo ser antiperspirantes, perfumados, apresentados em formas e veículos apropriados: spray, aerosol, roll-on, bastão, creme; masculino, feminino e unissex.

(05) Higiene Oral. Produtos destinados à higiene momentânea da boca ou à sua aromatização: creme dental, fio dental, enxaguatório bucal.

(06) Maquiagem. (rosto, olhos, lábios e unhas) Produto ou linha de produtos destinados a modificar temporariamente a tonalidade da pele do rosto e a uniformizar o seu aspecto, colorir, sombrear ou delinear a região dos olhos ou colorir os lábios: batons, brilho, contorno, lápis, delineador, gloss, base (lábios); blush, base, primer, corretivo, pancake, pó compacto, pó facial, bb cream, cc cream (face); sombra, lápis, delineador, máscara para cílios, primer (olhos). Esmaltes para uso nas unhas das mãos ou dos pés, com cor cremosa ou transparente, incolor, cintilantes: bases, esmaltes, coberturas, secantes, colts.



(07) Perfumaria – Feminina. Composição aromática à base de substâncias naturais e/ou sintéticas que, em concentração e veículos apropriados, tenha como principal finalidade a perfumação de pessoas: splashes, deo-colônias, desodorantes-colônias, colônias, perfumes, eau de parfum, parfum, eau de toilette, perfume sólido, spray corporal.

(08) Perfumaria – Masculina. Composição aromática à base de substâncias naturais e ou sintéticas que, em concentração e veículos apropriados, tenha como principal finalidade a perfumação de pessoas: splashes, deo-colônias, desodorantes-colônias, colônias, perfumes, eau de parfum, parfum, eau de toilette, perfume sólido, spray corporal.

(09) Produtos Infantis. Produto ou linha de produtos composta por produtos voltados ao uso de crianças (0 a 12 anos incompletos). Produtos destinados ao público jovem não entram nessa categoria e a participação poderá ser feita nas categorias a que melhor se adeque, a critério da empresa.

(10) Produtos Masculinos. Produto ou linha composta de dois ou mais produtos, todos voltados ao uso dos homens.

(11) Protetor Solar. Produto típico que ajuda a proteger a pele da radiação ultravioleta do sol, o que reduz as queimaduras solares e outros danos à pele: creme, óleo, spray, aerosol, para lábios, entre outros formatos.

(12) Transformação Capilar. Produtos que atuam alterando a coloração e estrutura dos cabelos: tinturas, tonalizantes, alisantes e escova progressiva.


ANEXO 1

(pág 2/2)



Modalidade: PRODUTOS
Detalhamento dos critérios para a Modalidade de PRODUTOS


Inovação

Avaliação dos aspectos relativos à inovação na concepção e desenvolvimento e ou melhoria do produto em si como dos processos que permitiram tais inovações ao produto. Pesquisa e desenvolvimento de novos materiais e até mesmo a concepção de um produto na abertura de uma categoria nova no mercado. Valorização principalmente dos diferenciais do produto em relação aos seus concorrentes.



Peso 3

Conceito

Avaliação da ideia e dos aspectos criativos na concepção e no desenvolvimento do produto, valorizando os processos realizados para a geração de ideia e testes de conceito e definição da marca (nome) do produto e sua pertinência aos objetivos de sua criação para satisfação das necessidades do consumidor.

Obs.: Categorias com presença de perfumes estarão sujeitas à avaliação olfativa por profissionais especializados participantes do júri.


Peso 3

Design

Avaliação geral do estilo e dos aspectos visuais do produto e de sua parte estrutural e funcionamento, especialmente no que se refere ao atendimento das necessidades do consumidor. Serão avaliados os materiais utilizados, clareza e pertinência das informações das embalagens, rotulagem, praticidade, adequação do formato, cores e demais informações visuais relativas aos produtos e embalagem.



Peso 2

Comunicação

Avaliação geral do planejamento e das estratégias de comunicação definidas para a divulgação do produto ao mercado, seu lançamento e ou fases de sustentação, observando-se o conteúdo da informação, definição dos planos de ação, formas e meios de comunicação utilizados. Valorização dos resultados quantitativos e qualitativos obtidos no processo de comunicação e impacto da comunicação na contribuição aos objetivos mercadológicos, comerciais e de marca.



Peso 2


ANEXO 2


(pág 1/2)

MODALIDADE: EMPRESAS
Descrição do que será avaliado em cada categoria da Modalidade EMPRESAS:
(01) Empresa do Ano. Avaliará os cases institucionais apresentados pelas empresas e os diferenciais que farão dela a Empresa do Ano, considerando itens essenciais para o desempenho dessa companhia e para o desenvolvimento do País, como geração de emprego, parque industrial, investimentos (P&D, Marca e Ativos), estratégia comercial, desenvolvimento de canais de distribuição e mercado. As informações sobre mercado serão extraídas do Painel de Dados de Mercado da ABIHPEC e tratada qualitativamente pela equipe interna e de forma estritamente confidencial. Não é necessário a inserção desta informação específica no desenvolvimento do case. Vale ressaltar que trata-se de categoria empresarial, portanto o case não deve ser construído voltado a produtos específicos da empresa.

(02) Empreendedorismo. Categoria voltada exclusivamente às micro, pequenas e médias empresas do setor, e que tem como objetivo avaliar as principais ações desenvolvidas pelas empresas que a tornaram um case de sucesso no mercado. Para essa avaliação serão considerados: estratégia comercial, investimentos, distribuição, promoção e desempenho. A análise será realizada a partir dos cases institucionais enviados por cada companhia. Vale ressaltar que trata-se de categoria empresarial, portanto o case não deve ser construído voltado a produtos específicos da empresa.
(03) ExportaçãoBeautycare Brazil. Avaliará cases apresentados pelas empresas participantes do projeto Beautycare Brazil, reconhecendo as melhores práticas de gestão de negócios internacionais combinando critérios quantitativos (participação no mercado internacional e crescimento do volume de exportações) e qualitativos (case de gestão internacional de marca). A análise será realizada a partir do descritivo dos cases enviados, que deverão cumprir um conteúdo mínimo, avaliando-se o alinhamento da estratégia diante dos resultados desejados/alcançados. Vale ressaltar que trata-se de categoria empresarial, portanto o case não deve ser construído voltado a produtos específicos da empresa.
(04) Inovação. Reconhecerá as empresas pelo desenvolvimento e aplicação prática de programas e ações com base no quesito inovação (exceto inovações dos produtos em si), considerando a inovação no sentido amplo: em processos produtivos, em métodos de gestão, nas políticas de relacionamento com funcionários e outros stakeholders, ações de relacionamento com o consumidor final e em projetos mercadológicos. Vale ressaltar que trata-se de categoria empresarial, portanto o case não deve ser construído voltado a produtos específicos da empresa.
(05) Sustentabilidade. Reconhecerá os cases praticados pela empresa na área da sustentabilidade (dimensões social, ambiental e econômica), tendo como referências (a) o conceito amplo do desenvolvimento sustentável conforme o Relatório Brundtland que diz “desenvolvimento sustentável é aquele que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades” (esse conceito alerta para os cuidados com a exploração irracional dos recursos naturais, com os direitos humanos, com o resgate da cidadania e com o acesso ao consumo de bens e serviços) e (b) indicadores Ethos de Responsabilidade Social Empresarial GRI e ou (Global Reporting Initiative). A título de exemplo, podem ser considerados entre outros projetos na área de reciclagem de embalagens, de tratamento de efluentes, de consumo consciente, de ações de cidadania de largo alcance social, de programas sociais de envolvimento e que promovam benefícios às comunidades do entorno das operações da empresa, programas voltados à educação. Vale ressaltar que trata-se de categoria empresarial, portanto o case não deve ser construído voltado a produtos específicos da empresa.

ANEXO 2

(pág 2/2)



MODALIDADE: EMPRESAS
Detalhamento dos critérios para a Modalidade de Empresas
EMPRESA DO ANO
CRITÉRIOS PARA ESTA CATEGORIA:

(1) Investimentos (P&D, Marca e Ativos)

- peso 3

(2) Estratégia Comercial

- peso 2

(3) Empregos (Diretos e Indiretos)

- peso 2

(4) Mercado* (Painel de Dados de Mercado da ABIHPEC)

- peso 3


(*) as informações sobre mercado serão extraídas do Painel de Dados de Mercado e tratadas qualitativamente pela equipe interna, e de forma estritamente confidencial
EMPREENDEDORISMO

CRITÉRIOS PARA ESTA CATEGORIA:

(1) Estratégia Comercial

- peso 4

(2) Distribuição

- peso 3

(3) Promoção

- peso 2

(4) Desempenho no período

- peso 1


EXPORTAÇÃO – BEAUTYCARE BRAZIL, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

Metas e objetivos

Avaliação das metas e objetivos quantitativas e qualitativas estabelecidos para o projeto (case) quanto à sua pertinência e adequação. Valorização da clareza e objetividade de dados concretos que permitam estabelecer comparação com os resultados obtidos no projeto.

Obs.: Item adicional que será avaliado especificamente para Categoria Exportação-Beautycare Brazil: Todos os quesitos gestão serão avaliados. Incluir objetivo e posicionamento no mercado internacional


Peso 2

Desafios e soluções

Avaliação dos desafios apresentados e das soluções encontradas para superá-los, considerando iniciativas diferenciadas, estratégias e ações criativas e inovadoras. Serão valorizados os planos detalhados estabelecidos para a busca de soluções, tanto quanto à efetividade das ações empreendidas quanto ao cumprimento dos prazos em cronogramas pré-estabelecidos.



Peso 2

Resultados alcançados e impactos diretos e ou indiretos nos negócios

Avaliação de dados concretos (numéricos e/ou percentuais) que comprovem o resultado da iniciativa e suas contribuições para impactar favoravelmente os negócios da empresa. Tais dados serão valorizados se acompanhados de referências qualitativas que permitam avaliar o crescimento dos negócios em razão do projeto objeto do case. A avaliação considerará comparativos desses resultados com as metas e objetivos traçados para o projeto apresentado, em relação a período anterior.



Peso 3

Benefícios gerados para os públicos-alvo e para a sociedade

A avaliação priorizará a apresentação de dados concretos quantitativos e qualitativos, valorizando resultados de pesquisa desenvolvidas junto aos públicos-alvo do projeto, bem como eventuais depoimentos dos beneficiários.



Peso 3


ANEXO 3


CRONOGRAMA RESUMIDO

As datas aqui estipuladas são estimadas, sendo possível que durante o processo se torne necessário algum ajuste a fim de se manter as condições previstas para o bom andamento do Prêmio ABHPEC-Beleza Brasil.

=============================================================================
Taxas de Inscrição

De 02 a 10 de junho de 2014

Isento de taxa de inscrição

De 11 de junho a 11 de julho de 2014

R$ 500,00 por case inscrito


Período de abrangência

Modalidade

Prazos

Empresas

Projeto com resultados efetivos no período de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014

Produtos

Lançados de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014

O Perfumista

Criações lançadas de 01 de outubro de 2012 a 30 de abril de 2014



ANTES DE FAZER SUA INSCRIÇÃO, VERIFICAR OS ANEXOS A ESSE DOCUMENTO QUE CONTÉM DETALHAMENTO SOBRE CADA UMA DAS CATEGORIAS.



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal