Vale a pena ser fiel



Baixar 24.17 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho24.17 Kb.


5518
F IEL À TODA PROVA


VALE A PENA SER FIEL

Areli Barbosa

Texto Base: Mateus 19: 27-29
Essa é mais uma das muitas conversas de Pedro com Jesus. Impulsivo como sempre, ele estava intrigado. Havia acompanhado o encontro do jovem rico com Jesus e viu o momento quando Ele orientou a vender o que tinha, para ter um tesouro no céu.

A pergunta de Pedro, foi direta, diante daquilo que havia visto e ouvido: “Senhor, nós deixamos tudo e te seguimos, o que receberemos?” (Mateus 19:27). Se o jovem rico precisava vender seus bens e dar aos pobres, para ter um tesouro no céu, a preocupação de Pedro era com a situação dele e dos demais discípulos. Eles havia deixado tudo para trás. Será que iriam receber alguma recompensa por isso?

Pedro foi corajoso em expressar um questionamento que muita gente guarda no coração: “Será que compensa deixar tantas coisas que são populares, ou mesmo interessantes, para seguir a Jesus?” É bem possível que algumas pessoas tenham vontade de olhar para Jesus e perguntar: “Senhor nós deixamos amigos, hábitos, lugares, roupas, alimentos, músicas para te seguir, e o que nós vamos receber em troca?”

VALE A PENA SER FIEL

Alguns têm questionado a vontade de Deus, dizendo que suas proibições são tantas, que se forem segui-Lo do jeito que Ele pede a vida vai perder a graça e a liberdade. Em outras palavras, não ganham nada com isso. Mas, será que essa é a realidade?

Quero lhe convidar a mudar o foco da sua visão, e pensar naquilo que você ganha quando é fiel, e não no que você deixa de lado.

Apesar de muitos nos identificarem como o povo do “Não”, na realidade somos o povo do sim, porque ganhamos muito mais do que deixamos quando seguimos a Jesus. Foi isso que Cristo confirmou a Pedro, quando respondeu sua pergunta. Aquele que lhe segue recebe cem vezes mais do que aquilo que deixa, e tem ainda a maior de todas as recompensas, a vida eterna. É só uma confirmação de que vale a pena ser fiel.

Mas, como podemos provar esta realidade hoje? Quem sabe, a gente poderia fazer uma lista daquilo que perdemos e ganhamos quando decidimos ser fiéis a Cristo. Mas, acredito que você mesmo possa fazer isso. É um ótimo exercício de fortalecimento espiritual. Para começar esta lista, separei três grandes recompensas que recebemos, quando abandonamos alguma coisa para ser fiéis a Cristo. Só por estas três recompensas já é possível entender que não temos uma visão negativa da vida cristã. Recebemos muito mais do que deixamos. Isso é visão positiva.

III. AS RECOMPENSAS

A primeira recompensa é a liberdade

É possível até que alguém questione: “Mas é exatamente isso o que eu perco. Estou preso a tantas proibições!” Será que esta é a verdade? Foi Cristo quem disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32). A verdade liberta, e não prende ninguém!

Você quer uma prova de que isso é real? Imagine dois jovens, com 18 anos. Um Adventista fiel e o outro sem religião, e conseqüentemente sem ter que deixar nada. O jovem que não tem religião bebe, fuma, usa drogas e é ligado em ouvir bandas de “heavy metal”. É livre para fazer tudo isso, e gosta do que faz. Já o jovem Adventista, foi educado dentro dos princípios da Bíblia, não bebe, não fuma, não usa drogas e ouve músicas saudáveis. Parece proibido de experimentar o que o outro faz. Vamos resolver a questão, avaliando o que aconteceria se os dois resolvessem trocar de lugar. O garoto que não tem religião decide se tornar um cristão fiel. O Adventista resolve abandonar sua fé e seus princípios.

Qual dos dois teria maior facilidade para mudar de lado? Qual dos dois é realmente dono de suas decisões, e está livre para tomá-las? É fácil para o garoto sem religião deixar de beber? Fumar? Usar drogas? Ouvir heavy metal? Sim, ele vai conseguir, pelo poder de Deus, mas vai pagar um preço muito alto para isso.

E o garoto Adventista fiel? É fácil começar a fumar? A beber? A usar drogas? A ouvir música pauleira? Claro, você sabe que é muito fácil.

É fácil a gente concluir que aquele que segue o caminho de Deus é livre de verdade. É dono de suas próprias decisões! Aquele que segue um caminho sem Deus e parece livre, descobre que as coisas não são bem assim, quando resolve mudar de vida. Quem deixa tudo para ser fiel a Cristo sempre recebe a verdadeira liberdade como recompensa. É dono de sua vida e suas escolhas.

O segundo benefício é a felicidade.

Você já parou para pensar no que é felicidade? Felicidade é viver bem! Ter equilíbrio nas horas fáceis e difíceis.

Imagine quando você compra um eletrodoméstico. Ele vem com o manual do fabricante, que sempre está cheio de nãos. “Não ligue na voltagem errada, não exponha ao sol, não use determinado produto para sua limpeza”. Enfim, vários nãos. Eles são colocados porque o fabricante, que conhece o produto nos mínimos detalhes, sabe exatamente como ele deve ser usado para funcionar bem. Seus nãos foram apresentados visando evitar desconforto ao usuário, e não atrapalhar sua vida.

Nossa realidade é muito parecida. Deus, que nos criou, sabe o que devemos fazer para funcionar bem. Por isso Ele nos deu o Seu manual do fabricante, que é a Bíblia. Ela apresenta todos os caminhos para nossa felicidade. Você vai encontrar vários nãos, mas sempre procurando evitar problemas ao nosso “funcionamento”. Se escolher fazer diferente do que é apresentado em seu “manual do fabricante”, o resultado vai ser o desconforto dos problemas. Sempre que você deixa tudo para seguir as orientações de Deus, vai viver em harmonia e equilíbrio. Isso é felicidade!

O terceiro benefício é a proteção que vem como resultado da escolha certa. Esse é um tremendo benefício! Para tudo o que você deixa quando é fiel a Jesus existe uma conseqüência positiva, como resultado da proteção divina.

Não vou apresentar muitas destas conseqüências positivas, mas quero me deter apenas em uma pesquisa apresentada pela revista VEJA, no dia 09/09/98. Já faz algum tempo, mas ainda é uma das pesquisas mais amplas feitas no mundo sobre os jovens. Segundo ela existem três problemas que crescem assustadoramente e parecem sem solução. Eles vem da década de 60 e foram muito badalados pelo Beatles e Hippies. O resultado está aparecendo hoje. Os três são: Sexo, Drogas e Rock´n Roll. O Rock acabou gerando o que é tido como o terceiro problema real, a violência.

Quando trata da situação do sexo entre os jovens, a pesquisa apresenta muitas estatísticas. Mostra que anualmente, a cada grupo de 1.000 mulheres, 32 jovens entre 15-19 anos são submetidas a um aborto. Mostra, também, que a cada ano um milhão de meninas, entre 15 e 19 anos ficam grávidas. Ai vem os problemas da mãe adolescente com os estudos, com o pai da criança, com seus próprios pais e com suas emoções. Li as estatísticas e pensei: O jovem que deixa tudo e segue as orientações de Deus, não tem este problema. A pergunta que surge, então, é obvia: nós perdemos ou ganhamos? Com certeza, estamos protegidos destas conseqüências. Existem garotas e rapazes, Adventistas, que enfrentam o drama de serem pais na adolescência, mas isso aconteceu porque seguiram um caminho diferente daquele que Deus orientou. Deus os ama, mas eles vão ter um preço a pagar.

O segundo problema dos jovens, segundo a pesquisa, são as Drogas. Ela diz que, seis em cada 10 jovens no Brasil usam ou já usaram drogas ilegais. Mostra os efeitos da droga nos estudos, na família, no corpo, e tantos outros efeitos negativos que ela causa. Li esta estatística e fiquei pensando: é duro enfrentar este problema! O jovem que deixa tudo para seguir as orientações de Deus, porém, está livre disso. Está livre dele. Responda de novo: nós perdemos ou ganhamos? Mais uma vez fica claro de que estamos protegidos deste problema.

O terceiro problema apresentado foi a violência. A revista mostrou que nos últimos cinco anos, no Brasil, 60 mil jovens morreram envolvidos voluntariamente em atos de violência, como: brigas, assaltos, rixa de gangues ou torcidas, ou até mesmo rachas de carro. É duro ver um jovem antecipando a própria morte. Todos vamos morrer (se Jesus não voltar em nossos dias), e estamos vulneráveis a qualquer momento. Porém, quando seguimos as orientações de Deus quanto aos amigos que temos, às músicas que ouvimos, aos lugares que freqüentamos, estamos livres de antecipar a própria morte, se envolvendo em atos de violência. Novamente temos que responder: perdemos ou ganhamos? A resposta é imediata: ganhamos! Quem segue a Jesus está protegido de mais este problema.

Talvez você tenha dúvidas, como Pedro, sobre sua escolha. Quem sabe, esteja preocupado por ter deixado tantas coisas para ficar com Jesus. Lembre sempre de que ser fiel a Jesus vale a pena. Você ganha hoje, durante todos os outros dias de sua vida, e ainda vai receber a vida eterna.

Como um jovem Cristão, ande de cabeça erguida, não tenha medo de assumir suas decisões. Você fez a melhor escolha. Através do tempo e da eternidade Deus vai lhe mostrar os resultados, porque vale a pena ser fiel!

É possível que haja alguém que ainda tenha dúvidas se realmente compensa deixar tudo para ser fiel a Jesus. Ele oferece para você todos os benefícios de andar com ele. Garante que você vai viver muito melhor nesta terra, e ainda vai fazer parte do Seu povo no céu. Você não gostaria de reconhecer que compensa seguir a Jesus, fazendo sua decisão de entregar a vida a Ele agora?



www.4tons.com



Pr. Marcelo Augusto de Carvalho


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal