Wilson, Thomas Woodrow



Baixar 8.75 Kb.
Encontro21.07.2016
Tamanho8.75 Kb.

Wilson, Thomas Woodrow (1856-1924) Considera que o poder é algo de positivo, contrariamente ao carácter negativo da fiscalização, distinguindo o poder de agir do direito ao controlo dos órgãos de iniciativa. Escola Histórica, 98, 662 -Estado(povo organizado legalmente num território), 75, 502

O Estado é o órgão da humanidade menos sujeito a cair na injustiça

Tudo parecia conformar-se com os desejos de Thomas Woodrow Wilson (1856-1924), o democrata presidente norte-americano desde 1913 que, de forma doutrinária idealista, queria acabar com o velho hábito das diplomacias de guerra que, segundo as suas próprias palavras, fazia dos povos e das províncias mercadorias de troca ou peões do tabuleiro de xadrez.


Wilson que, na campanha presidencial de 1912, se opusera à política intervencionista dos anteriores presidentes republicanos, desde o big stick de Theodore Roosevelt à dollar diplomacy de William Howard Taft, voltou a vencer as eleições de 1916, agora em nome da não intervenção norte-americana na Grande Guerra. Contudo, logo em 2 de Abril de 1917, já declara guerra à Alemanha, proclamando a necessidade do mundo ser safe for dmocracy. Depois da vitória dos republicanos nas eleições para o Congresso e apesar de Wilson ter sido nomeado prémio Nobel da paz em 1919, eisa que o presidente norte-americano não conseguiu que o Senado ratificasse os acordos de paz.
Nestes termos, endereçou uma mensagem pessoal às duas Câmaras do Congresso em 8 de Janeiro de 1918, os famosos Catorze Pontos:
Tratados de paz após negociações à luz do dia, a fim de acabar com a diplomacia secreta;

Livre navegação em todos os oceanos, em tempo de paz e em tempo de guerra;

Tanto quanto possível, supressão de todas as barreiras alfandegárias (isto é, o livre acesso das mercadorias americanas aos mercados até então protegidos);

Desarmamento, sempre que possível, sem ameaçar a ordem interna;

Resolução dos problemas coloniais, respeitando o bem-estar dos colonizados tanto como as exigências dos colonizadores;

Evacuação dos territórios russos ocupados, direito das populações a disporem de si próprias, com a assistência de outras nações;

Evacuação e restabelecimento da Bélgica;

Evacuação e restabelecimento dos territórios franceses da Alsácia-Lorena à França;

Rectificação das fronteiras italianas numa base nacionalista;

10ºAutonomia dos povo que compõem o Império Austro-Húngaro;

11ºEvacuação e restabelecimento da Roménia, da Sérvia e do Montenegro; livre acesso ao mar pela Sérvia; revisão das fronteiras nos Balcãs para satisfazer as aspirações nacionais históricas;

12ºAutonomia para os povos não turcos do Império Otomano; independência da Turquia; garantias para a livre passagem do Bósforo e pelos Dardanelos;

13ºFundação de um Estado polaco independente, com livre acesso ao mar;

14ºCriação de uma Sociedade das Nações que assegure a independência política e a integridade dos Estados grandes e pequenos

Congressional Government. A Study in American Politics

1885.


The State

1889.


An Old Master and Other Essays

1893.


The New Freedom

1913.


The Reconciliation of Government with Liberty,

1915.


Recents Changes in American Constitutional Theory

1923.
Knock, Thomas J., To End All Wars. Woodrow Wilson and the Quest for a New World Order, Princeton, Princeton University Press, 1994.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal